quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Painel da Câmara Municipal discutirá a importância dos conselhos tutelares

O evento é fruto do requerimento do vereador e presidente da Casa, Osmar Filho (PDT)


Nesta sexta-feira (26), a Câmara Municipal de São Luís vai promover um painel destacando a atuação e a importância dos conselheiros tutelares. O tema é fruto de requerimento do vereador e presidente da Casa, Osmar Filho (PDT), em referência ao Dia do Conselheiro Tutelar, celebrado anualmente em 18 de novembro. A proposta foi aprovada por unanimidade. 

 O Conselho Tutelar é regulado pela Lei nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – e se encarrega de zelar pelo cumprimento dos direitos deste público, sendo de máxima importância no contexto social moderno. “Esses profissionais são essenciais na proteção da criança e do adolescente e merecem o nosso reconhecimento”, defendeu Osmar Filho. 

O presidente da Casa contabiliza diversas iniciativas em benefício desta categoria. Tem como marca de sua atividade parlamentar, a atuação parceira com os conselheiros e forte apoio às suas atividades. Já garantiu veículos a conselhos tutelares da capital, contemplando instituições nos bairros Anil, Bequimão e São Francisco.  

Defesa de direitos 

Segundo o ECA, cada município deve ter pelo menos um Conselho Tutelar. O conselheiro tem funções importantes, como prestar atendimento a crianças, adolescentes, pais e responsáveis, requisitar serviços públicos em todas as áreas, além de encaminhar casos ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. Pode ainda, recomendar que o Estado afaste do convívio familiar qualquer criança e adolescente que esteja sofrendo violações. 

Para dar anda mais legitimidade ao conselheiro tutelar, este deve ser escolhido pela população. Candidatos precisam ter pelo menos 21 anos e morar na cidade onde vão atuar. Essa presença junto à comunidade garante que ele conheça a realidade do local e sua população, podendo servir com mais eficiência. O Brasil conta com mais de 30 mil conselheiros tutelares. 

Fonte: Câmara Municipal de São Luís

Nenhum comentário:

Postar um comentário