sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Para a campanha do vice-governador, irmãos Brandão entram em ação

Vivem em São Luís, desde o início de 2021, os irmãos Marcus Brandão e José Henrique Brandão, ambos irmãos do vice-governador Carlos Brandão (PSDB). Eles sentaram praça no escritório de campanha já com vistas ao futuro governo tampão, a partir de abril de 2022. Mas já fazem estragos nos bastidores da política.

Mais polido e politizado, José Henrique é o mais velho e foi prefeito de Colinas. É ele quem está cuidando das finanças da futura campanha arrecadando “doações” (e diga-se de passagem, muitas “doações”), entre os empresários que participam do governo. 

Mas, o ex-prefeito de Colinas não é flor que se cheire. Tanto que já foi condenado por enriquecimento ilícito e está recorrendo da decisão junto ao Tribunal de Justiça. Os bochichos dos bastidores relatam que, nas horas vagas, ele solicita doações a empresários em troca de favores do governo que o irmão assumirá em abril. 

Marcus Brandão tem o estilo, digamos assim, “de não levar desaforo para casa”. “Grosseiro”, na linguagem de outros. Mesmo assim, decidiu assumir o comando do marketing e comunicação do irmão vice-governador. Foi Marcus Brandão quem arrancou, a peso de ouro, o jornalista Sérgio Macedo da Secretaria de Comunicação de Imperatriz, e o alocou em um escritório de pré-campanha. Objetivo: construir maldades contra os adversários do tucano.

Ex-presidente da TV Mirante, ex-marqueteiro e ex-secretário de Comunicação de Roseana Sarney, Sérgio Macedo é conhecido por não ter escrúpulos para construir narrativas – mentirosas ou não – contra adversários de seus clientes. É dele a famigerada estória do caso Reis Pacheco, que tentou destruir a campanha de Epitácio Cafeteira, contra Roseana, em 1994; ele também inventou a história do presidiário que tentou apontar Flávio Dino como negociador de crimes em Pedrinhas, nas eleições de 2014.

Na atual pré-campanha, banners, flyers e fake news contra adversários de Brandão têm sido produzidos na produtora Canal Comunicação, que Sérgio Macedo mantém em sociedade com o também jornalista Chafi Braide, outro de Imperatriz.

A presença de Macedo na campanha de Brandão incomoda alguns dos seus aliados – e sobretudo o próprio governador Flávio Dino. Mas Marcus Brandão, o irmão do vice-governador, decidiu bancá-lo. E paga o ex-marqueteiro com o dinheiro arrecadado pelo outro irmão Brandão, Zé Henrique.

Em tempos: O editor do blog em conversa com alguns aliados palacianos, constatou que existe realmente uma insatisfação muito grande, e uma grande preocupação em relação aos irmãos, mas isso é assunto para outra matéria, bem como detalhes de algumas ações que não detalhamos aqui ainda. Deixamos o espaço aberto, caso alguma parte interessada quiser se manifestar.

Fonte: Ilha Rebelde 

Nenhum comentário:

Postar um comentário