terça-feira, 27 de julho de 2021

“Em vez de aprovar Fundo Eleitoral bilionário, o Congresso deveria aprovar o PL 2564”, diz o deputado Wellington ao defender aprovação do piso salarial para enfermeiros

 

Na manhã desta terça-feira  (27), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou as redes sociais para se posicionar, publicamente, contra o Fundo Eleitoral de R$ 5,7 bilhões que foi aprovado pelo Congresso Nacional. Para o parlamentar, a recente aprovação demonstra uma grande inversão de prioridades, já que esse mesmo Congresso tem se recusado a aprovar o PL n° 2.564/2020, que institui o piso salarial salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de parteiras da rede pública e privada.

Ao abordar a temática, o deputado Wellington fez um apelo aos deputados federais e senadores para que votem a favor do Piso Salarial para os enfermeiros e destacou que não adianta agradecer a tais profissionais se, na realidade, o que predomina é a desvalorização da categoria. 

“O Congresso Nacional que aprovou R$ 5,7 bilhões para o Fundo Eleitoral é o mesmo que se recusa a aprovar o PL do Piso porque considera R$ 7 mil um valor muito alto a ser pago para os enfermeiros. Qual a lógica? Como deputado estadual, defendo o Piso Salarial para Enfermeiros. Na Assembleia Legislativa, defendo a valorização dos profissionais da enfermagem. Essa valorização,certamente, passa por um piso salarial ético. Não adianta agradecer aos profissionais da saúde e, na realidade, votar contra o PL do Piso. Em vez de aprovar o Fundo Eleitoral bilionário, o Congresso deveria aprovar o PL para garantir o Piso Salarial dos enfermeiros. Faço um apelo aos deputados federais e senadores para que votem a favor do Projeto de Lei que institui o piso salarial desses profissionais que tanto fazem pela sociedade”, disse o deputado Wellington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário