segunda-feira, 31 de maio de 2021

Em São José de Ribamar, Julinho decreta " lei seca "


O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL), por meio de decreto estabeleceu que fica proibido a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, praias, praças de alimentação e outros. O decreto permite retirada no local e pedido por delivery.

O decreto também proíbe a realização de eventos culturais na cidade balneária.

As medidas do decreto, publicado nesta segunda-feira (31), fica em vigor do primeiro dia de junho até o dia 15/06.

Fonte: A Carta Política

Segundo testes, remédios são desenvolvidos pelos cientistas de Israel com 100% de eficácia contra a Covid-19

A empresa de biotecnologia israelense Bonus BioGroup disse ter tido 100% de sucesso na recuperação de pacientes graves internados com covid-19 que receberam seu medicamento, chamado de MesenCure. Segundo o grupo, 10 pessoas que desenvolveram a versão grave da doença deixaram o hospital, em média, um dia depois de iniciarem o tratamento com o remédio.


Os resultados preliminares do ensaio clínico de fase I/II foram apresentados na última semana em uma conferência internacional em Nova Orleans, nos Estados Unidos.

O CEO e diretor da empresa, Shai Meretzki, disse ao jornal Jerusalém Post que sua equipe está trabalhando na publicação desses resultados em um jornal especializado, para ser revisado por pares.

O MesenCure usa células estromais mesenquimais (MSCs) isoladas do tecido adiposo de doadores saudáveis. Essas células são capazes de reduzir inflamações e aliviar sintomas respiratórios em pacientes infectados com o Sars-CoV-2, coronavírus responsável pela covid-19.

Meretzki explicou que muitas das mortes de pacientes com covid-19 são em decorrência do aumento na produção de moléculas inflamatórias, que resultam na chamada “tempestade de citocinas”. Esse fenômeno é uma resposta imunológica excessiva do organismo humano e pode causar, entre outras coisas, a falência múltipla de órgãos.

As células estromais mesenquimal presentes no MesenCure atuariam para neutralizar essa “tempestade de citocinas”. O medicamento pode ainda ser usado em outros tipos de doenças que resultam em inflamações semelhantes.

“Até agora, os resultados do tratamento com o medicamento MesenCure são extremamente impressionantes”, disse Shadi Hamoud, principal investigador do ensaio clínico e vice-diretor do Departamento de Medicina Interna do Rambam Health Care Campus, em Haifa, onde os testes estão sendo feitos.

Segundo ele, os 10 pacientes que receberam o medicamento têm entre 45 e 75 anos, a maioria (90%) tinha comorbidades e todos estavam internados com sintomas graves da doença.

Os pesquisadores acompanharam os pacientes por 30 dias depois do início do tratamento. Um deles morreu, mas não em decorrência da covid-19. Segundo o CEO da empresa, esse paciente tinha uma doença grave preexistente.

Os dados mostram que, nos 5 primeiros dias de tratamento, houve redução de 40% na inflamação pulmonar –de 55% para 15%. Um mês depois, a inflamação pulmonar atingiu 1%.

Os pacientes ainda apresentaram melhora significativa da função respiratória. A saturação de oxigênio no sangue aumentou para 95%.

Na próxima fase de testes clínicos, o medicamento será administrado em 50 pacientes. Devido ao baixo nível de novos casos de covid-19 em Israel, a empresa solicitou a aprovação para realizar o teste na Europa.

A empresa divulgou uma imagem comparando um pulmão saudável, um de de um paciente com pneumonia e um de uma pessoa tratada com o MesenCure para mostrar que o medicamento é eficaz em diminuir a inflamação no órgão.

Fonte: Poder 360

Maranhão é o 3° estado com maior alta de óbitos por Covid-19

Com as 197 mortes registradas na última semana, o Maranhão é agora o terceiro estado com a maior média de óbitos por Covid-19 no Brasil.

Só na última semana, a média móvel de óbitos pela doença no estado subiu 28%, o que está atrás apenas do Roraima (32%) e Mato Grosso do Sul (48%). Já a média móvel de casos se mantém estável, após um período de queda, há duas semanas.

O crescimento no número de óbitos pela doença acontece há duas semanas, após um período de queda, e coincide com a chegada do navio indiano Shandong Da Zhi, onde seis tripulantes testaram positivo para a variante indiana do coronavírus, que é mais transmissível.

No entanto, apesar do aumento dos óbitos e da interrupção na queda dos casos, o governo do Maranhão diz que ainda não foi verificada a transmissão local da variante indiana no estado.

Do G1MA

Allan Garcês e Lahésio Bonfim convidam toda direita a se unir para 2022


Em uma Live realizada na noite desta sexta-feira (28) entre o Prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim e o médico gestor do Ministério da Saúde, Allan Garcês, teve como ponto mais alto a convocação para a união de toda Direita Maranhense em uma ampla coalizão, para se darem as mãos e caminharem juntos em 2022. Esta convocação foi feita por Garcês, que também é o fundador da UDM – União da Direita Maranhense.


Lahesio Bonfim, vem a cada dia crescendo na sua pré-campanha para o Governo do Estado, conquistando muitos simpatizantes. Com baixíssima rejeição e uma excelente avaliação de sua gestão municipal, o prefeito vem ganhando aliados importantes do conservadorismo no estado, como o Dr. Allan Garcês, que é um fortíssimo líder de Direita que Lahesio conquista para somar aos seus trabalhos.


Dr. Allan, que também é pré-candidato a Deputado Federal, acredita que somente através da união de todas as forças de Direita, será capaz de eleger um Governo Conservador, que irá transformar o Maranhão em um estado mais digno.

Fonte: Ilha Rebelde

Eduardo Braide se torna a principal figura política na Pandemia

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) é, hoje, a principal figura pública maranhense no combate à pandemia de coronavírus.

Focado unicamente nas ações contra a CoVID-19 – e sem confrontos desnecessários com o presidente Jair Bolsonaro e com o governo Flávio Dino (PCdoB) – ele vai fazendo o que precisa ser feito.

Resultado: São Luís é um dos destaques na vacinação no país e Braide já é visto como liderança por todos os setores sociais, inclusive como opção para o governo em 2022.

Briade é quase unanimidade nas redes sociais, com aparições diárias e ações assertivas contra a pandemia.

São Luís já iniciou o cadastramento de pessoas com 40 anos para receber a vacina, que a partir desta segunda-feira, 31, será em grupo de duas idades por dia.

O que o próprio prefeito está chamando de “mutirão da vacina” pode transformar a capital maranhense em um exemplo nacional, com toda sua população ativa vacinada antes do fim de 2021.

Para quem foi obrigado a conviver todo o ano passado com o prefeito escondido das ações contra a CovID-19, como era o ex-prefeito Edivaldo Júnior (Sem partido), ter Braide no comando de São Luís é um alento nestes tempos difíceis.

E a certeza de um acerto na escolha de 2020…

Por Marco Aurélio D’Eça

Por Abuso do Procon, Procuradoria Eleitoral pede cassação de Duarte Jr.

A Procuradoria-Geral Eleitoral, órgão do Ministério Público Federal (MPF) com atuação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pediu neste mês a cassação do diploma de deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), por abuso de poder político e de autoridade durante as eleições de 2018.

No parecer aos ministros da corte, o vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes, que assina a peça, pede, ainda, que seja declarada a inelegibilidade do parlamentar. A informação é do Atual 7, confirmada pelo Blog do Gilberto Léda.

Na manifestação, opina-se pelo provimento a um recurso da Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão, contra acórdão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que absolveu o deputado, em 2020 (saiba mais).

Duarte ainda é alvo de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) segundo a qual ele teria usado a estrutura do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon-MA), órgão que dirigiu até antes do pleito de 2018, para obter a vitória nas urnas.

No processo, o então procurador eleitoral no estado, Pedro Henrique Castelo Branco, apontou abuso da promoção pessoal do comunista via Procon-MA.

Por Gilberto Léda

Zeca Belo, ex-presidente da Associação Comercial do Maranhão morre nesta segunda-feira, 31

Morreu nesta segunda-feira (31), em São Luís, o empresário José de Ribamar Barbosa Belo, mais conhecido como Zeca Belo. Ele tinha 79 anos e lutava contra um câncer e também a covid-19. A notícia deixa enlutada o setor empresarial do Maranhão.

A família optou por não fazer velório. O corpo será cremado entre 10h30 e 11h no cemitério Pax União.

José de Ribamar Barbosa Belo era presidente da Termac – Terraplenagem, Mecanização Agrícola e Comércio Limitada; da JB – Distribuidora de Combustíveis Limitada e da JBM – Empreendimentos Turísticos S.A. e militou no associativismo empresarial quando ocupou a Presidência da Associação Comercial do Maranhão em várias gestões.

Também se destacou quando foi Presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE/MA em duas gestões e Vice-Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão em vários mandatos consecutivos.

Foi representante da Federação das Indústrias no Conselho de Infraestrutura da Confederação Nacional da Indústria em Brasília e São Paulo. Fundador e Presidente do Sindicato da Indústria de Construção Pesada do Estado do Maranhão-SINCOPEM. Membro do Conselho do Instituto de Cidadania Empresarial- MA, do Conselho do Educandário Santo Antônio, do Conselho Estadual do Meio Ambiente, do Conselho Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do Conselho do Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos e Membro da Comissão Gestora para o Plano de Preservação do Centro Histórico de São Luís – IPHAN. Foi também Coordenador Geral da 18ª RPU – Reunião de Pavimentação Urbana da ABPV.

Iniciou a carreira profissional enquanto gestor público no Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Maranhão-DER/MA, acumulando vasta experiência no setor construtivo rodoviário, participando no órgão da implantação de muitas das estradas maranhenses, o que lhe conferiu um status de referência no setor. Na iniciativa privada participou da construção e manutenção das malhas rodoviárias importantes do estado e de São Luís. Na área metropolitana, destacam-se as rodovias MA-201, 202,203 e 204.

José de Ribamar Barbosa Belo realizou a duplicação da Avenida dos Holandeses, a pavimentação da rua General Artur Carvalho e do acesso ao Parque do Folclore da Vila Palmeira. E ainda, da recuperação e melhoramento das principais rodovias do estado e de muitas estradas vicinais.

Na sua carteira de clientes constam o Governo do Estado, prefeituras municipais e empresas como Alumar, Frigotil, Cervamar, Centro Elétrico, Hospital UDI, Dalcar Veículos, Bunge Fertilizantes e Aluminex, entre outras.

Por Diego Emir 

Atividades presenciais na Câmara Municipal de São Luís são suspensas nesta segunda-feira, 31

As atividades presenciais estão suspensas até o dia 4 de junho em virtude do aumento de casos de Covid-19. Sessões ordinárias e atividades administrativas serão realizadas remotamente

Atividades na Câmara de São Luís serão retomadas na segunda-feira

A Câmara Municipal de São Luís suspenderá as atividades presenciais a partir desta segunda-feira, dia 31. A medida foi tomada em virtude do aumento da quantidade de casos de Covid-19 na capital maranhense.

O anúncio da medida está presente na Resolução Administrativa nº 11/2021, datada da última sexta-feira, dia 28, e assinada pelo presidente do legislativo municipal, vereador Osmar Filho (PDT). A suspensão seguirá até o dia 4 de junho.

A decisão por suspender as atividades presencial no Palácio Pedro Neiva de Santana visa acima de tudo preservar a saúde dos servidores da Casa, tendo em vista que a elevação da quantidade de casos de Covid-19 em São Luís já foi o responsável pelo aumento da ocupação dos leitos hospitalares da cidade.

Home office – Com a suspensão das atividades presenciais, a Câmara manterá o seu funcionamento por meio do home office. A realização das sessões ordinárias, por exemplo, ocorrerá por meio do Sistema de Deliberação Remota.

Já as outras atividades administrativas do parlamento municipal deverão ser realizadas remotamente, de acordo com determinação de cada setor, exceto os serviços considerados essenciais para o funcionamento e manutenção da Câmara Municipal, que poderão funcionar na forma presencial, assim disciplinados pela Secretaria Administrativa da Casa. Consta ainda na Resolução Administrativa nº 11/2021 que a Secretaria Administrativa definirá os setores essenciais e o horário excepcional de seu funcionamento, bem como a garantia do controle do distanciamento social. Entre os dias 31 de maio e 4 de junho, período de suspensão das atividades, somente terão acesso às dependências da Câmara Municipal os servidores que constem das escalas definidas pelos setores essenciais.

Fonte: Câmara Municipal de São Luís 

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Aluísio Mendes e Júnior Vieira articularam uma agenda positiva com Marcello Linhares, o Diretor Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural

O secretário Júnior Vieira, titular da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SEMSA) junto com o deputado federal, Aluísio Mendes, articularam uma agenda positiva com o Diretor Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Marcello Linhares. Em pauta, ações para aumentar os beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o Programa do Leite e a distribuição de cestas básicas em São Luís. 

Na sede da Semsa, também participaram da reunião: o vice - presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Dr. Gutemberg; o secretário Liviomar Macatrão, titular da SEMAPA;
Karina Teixeira, ICMBIO-SLZ; Diogo Gomes, COMSEA; Marcelo Falcão, SEDES; Louvirdia Caldas, SEDES.


Ao longo deste ano, a Semsa tem se destacado com ações estratégicas para combater a fome em São Luís, fator que se agravou devido ao aumento da crise financeira provocada pela pandemia da Covid-19. 

E uma das metas do secretário Júnior Vieira é ampliar o número de  beneficiados do PAA, programa que tem a ajuda do Governo Federal.  Além disso, o secretário Júnior prioriza o fomento do 'Programa do Leite' e a distribuição de cestas básicas. 

"Atualmente, o PAA beneficia 93 pessoas. Queremos chegar a  500 pessoas beneficiadas. Todas as nossas ações tem o apoio do prefeito Eduardo Braide, o qual agradeço a confiança. Desde o primeiro dia de gestão, nosso prefeito  faz da saúde uma de suas prioridades. E segurança alimentar também é saúde, principalmente na casa de quem mais precisa. Quero agradecer, também, o total apoio do Deputado Aluísio Mendes, que mais uma vez fez a interlocução com o Governo Federal para buscar benefícios para os nossos agricultores e nossas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade", destacou o secretário Junior Vieira.

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Osmar Filho participa de articulação em Brasília para debater a importância da vacinação e o fortalecimento do SUS

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), participou nesta terça-feira (25), em Brasília, de um encontro para debater a importância da vacinação em massa e o fortalecimento do SUS. “Com a confirmação de uma nova cepa do vírus no estado e na iminência de uma terceira onda da pandemia, que deve ocasionar aumento da pressão sobre o sistema de saúde, é preciso investir na vacinação em massa e em ações que fortaleçam o SUS”, destacou o vereador.

Além do vereador, a reunião organizada pelo senador Weverton Rocha (PDT) também teve a participação de diversas lideranças políticas das esferas municipal, estadual e federal, e de representantes do judiciário e do empresariado maranhense. “Conversamos sobre as ações possíveis para colaborar com o enfrentamento à Covid e o fortalecimento do SUS, que tem sido fundamental nessa batalha contra o vírus”, ressaltou Weverton.

Esta não é a primeira vez que Osmar Filho vai à Capital Federal com este objetivo. Em março deste ano o pedetista participou de outra reunião, que teve como pauta a adoção de ações mais enérgicas, capazes de combater a pandemia do novo coronavírus no Maranhão.

Vale destacar, que, desde o início da pandemia, o vereador tem desenvolvido inúmeras ações neste sentido.  As mais recentes foram na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE), com a qual tem contribuído com a destinação de recursos de emendas parlamentares e de cestas básicas e outros itens para a manutenção do trabalho desenvolvido pela instituição, e nas comunidades mais carentes da capital maranhense, onde, junto à outras lideranças políticas, segue com doações de cestas básicas para amenizar impactos da pandemia.  

Por Daniel Matos 

Representantes dos Conselhos Tutelares ganham apoio do Vereador Dr. Gutemberg

Em reunião com os representantes dos Conselhos Tutelares, o vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Dr.Gutemberg (PSC), manifestou apoio às solicitações da categoria, que pede o reajuste do piso salarial e a inclusão imediata dos conselheiros no Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19.

“Destaco todo o meu apoio à categoria dos Conselheiros Tutelares. Vamos solicitar o reajuste salarial que não acontece há várias gestões municipais. E em relação ao pedido para a vacinação contra a Covid-19, essa também é uma justa reivindicação, pois são profissionais que não pararam seus trabalhos e estão na linha de frente do enfrentamento da violência às nossas crianças e adolescentes”, afirma Dr. Gutemberg.

Participaram da reunião: a conselheira Danielle Bucele, da região Itaqui-Bacanga, Sandra Silva, que atende na região Centro e Alemanha e também é vice-presidente; José de Ribamar Barros, da região São Raimundo e São Cristóvão, e Richardson César Figueiredo, da região Cohab e Cohatrac.

Foto: Letícya Gama

Dr. Gutemberg lembrou ainda que é essencial a inclusão dos conselheiros tutelares na lista de prioridades para vacinação porque esses profissionais estão exercendo suas atividades com normalidade, inclusive em plantão de 24 horas, onde atendem denúncias e reivindicações realizadas na proteção de crianças, adolescentes, familiares e a comunidade em geral.

Médico e vereador, Dr. Gutemberg – que tem se destacado pela sensibilidade em solicitar à Prefeitura de São Luís, a vacinação contra a Covid-19 para grupos específicos – têm obtido êxito nos seus pedidos feitos ao prefeito Eduardo Braide. Foi ele que pediu a vacinação para os profissionais da limpeza pública (garis); taxistas; rodoviários; bancários; funcionários dos correios; pessoas com comorbidades (diabético, hipertensos e outros); pessoas com Síndrome de Down e pessoas com Autismo.

Fonte: Câmara Municipal de São Luís 

Na Câmara de São Luís, Alienação Parental é tema de discussão

É de autoria do vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC) o projeto de lei que cria a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental

Tramita na Câmara Municipal de São Luís Projeto de Lei número 018/2021, de autoria do vice-presidente Dr. Gutemberg Araújo (PSC), que prevê a criação da Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental.

Segundo a proposição – que já foi aprovada em plenário e está sendo encaminhada ao prefeito Eduardo Braide, a Semana deverá ocorrer no período em que estiver inserido o Dia Internacional da Conscientização sobre Alienação Parental, dia 25 de abril.

Ao afirmar que a proposição tem uma importância muito grande no que diz respeito ao relacionamento entre filhos e genitores, sejam estes pais, mães, avós ou responsáveis pela criança ou adolescente, o vereador ressalta que o mesmo visa conscientizar a sociedade e a família para evitar a alienação parental.

“Alienação parental é quando um genitor procura desqualificar o outro genitor diante do filho, ou seja, cria intriga nesse relacionamento e, assim, prejudica a formação psicológica da criança ou do adolescente. Então, eu tenho certeza de que, primeiro, é um projeto de grande utilidade; e, segundo, eu não tenho dúvida, conhecendo o prefeito Eduardo Braide como eu conheço, de que ele irá fazer a sanção desse projeto de lei”, declarou o vereador Dr. Gutemberg Araújo.

Atividades

Durante a Semana, que deverá integrar o calendário oficial do Município, poderão ser realizadas atividades voltadas à conscientização e à prevenção à alienação parental para comunidade em geral, nos terminais de integração, em órgãos públicos, nas escolas municipais, em blitz educativa e em outros locais a serem escolhidos pelo poder Executivo.

O projeto também sugere que nas escolas públicas de São Luís poderão ser realizados seminários de conscientização dos pais e responsáveis, palestras e rodas de conversas com os alunos sobre o tema, bem como poderão ser executados outros eventos a critério da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Lei Federal

A Lei Federal nº 12.318/2010 que dispõe sobre a alienação parental, a conceitua como sendo a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este.

A lei também apresenta um rol exemplificativo de formas de alienação parental, como dificultar contato de criança ou adolescente com genitor, realizar campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade, omitir deliberadamente a genitor informações pessoais relevantes sobre a criança ou adolescente, inclusive escolares, médicas e alterações de endereço.

“É sabido que muitas crianças e adolescente são diariamente submetidos a essa violência moral e psicológica. A prática é comum, principalmente quando há o rompimento do vínculo conjugal de forma litigiosa, pois os filhos são influenciados a rejeitar a convivência com genitor e, muitas vezes, lhe é retirado arbitrariamente esse direito ou há o convívio embaraçado. Como consequências, isso pode gerar rompimento do vínculo familiar, sentimento de rejeição, mágoa, dificuldade de relacionamento com pessoas ao redor e depressão. São sequelas que podem perdurar por toda a vida. Diante disso, visando informar e conscientizar a população da nocividade desse tipo de violência e a fim de prevenir e coibir a prática dessas condutas no seio das relações domésticas, familiar e social, com o objetivo principal de proteger a criança e o adolescente contra todos os tipos de abusos psicológicos, bem como e oportunizar e facilitar a convivência familiar, foi elaborado este Projeto de Lei”, justificou o vereador Gutemberg Araújo na proposição.

Alienação Parental – De acordo com o site https://www.politize.com.br/alienacao-parental, a síndrome de Alienação Parental (SAP), também conhecida pela sigla em inglês PAS, é o termo proposto por Richard Gardner, psiquiatra estadunidense, em 1985, para classificar uma grave situação que ocorre dentro das relações de família em que a criança ou adolescente é induzido, mediante diferentes formas e estratégias de atuação, a destruir os vínculos com um dos genitores.
Por isso, em agosto de 2010, foi sancionada no Brasil a Lei nº 12.318, que dispõe sobre o assunto.

Também há outros mecanismos presentes na Constituição Federal/88, no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código Civil que têm por objetivo proteger crianças ou adolescentes daquele tipo de violência e ainda preservar, dentre vários direitos, o do convívio familiar.

O que caracteriza a prática de alienação parental é toda interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos pais, por avós ou por qualquer adulto que tenha a criança ou o adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância e objetive criar imagem desvirtuada em relação ao genitor ou genitora que busque prejudicar o vínculo paterno-filial da criança ou do adolescente com a figura mencionada.

Conforme o parágrafo único do Art 2º da Lei 12.318, são formas exemplificativas de alienação parental:

  • Realizar campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade;
  • Dificultar o exercício da autoridade parental;
  • Dificultar o contato da criança ou do adolescente com o genitor (a);
  • Dificultar o exercício do direito regulamentado à convivência familiar;
  • Omitir deliberadamente ao genitor informações pessoais relevantes sobre a criança ou o adolescente, inclusive escolares, médicas e alterações de endereço;
  • Apresentar falsa denúncia contra o genitor, contra familiares deste ou contra os avós, para obstar ou dificultar a convivência deles com a criança ou o adolescente;
  • Mudar o domicílio para local distante, sem justificativa, visando dificultar a convivência da criança ou do adolescente com o outro genitor, com familiares deste ou com os avós.
Fonte: Câmara Municipal de São Luís 

Edivaldo Jr. pode ter sua imagem arranhada ou confirma-lo político sem mácula ética pela CPI da Covid

Cinco meses após deixar o comando da Prefeitura de São Luís montado numa confortável sela de prestígio, resultado dos oito anos que passou dando as cartas no Palácio de la Ravardière, o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr. corre o risco de ter a imagem de correção da sua gestão gravemente arranhada pela CPI da Covid. Politicamente isolado, sem partido- saiu recentemente do PDT -, causando a impressão de que enfrenta sérias dificuldades para se reinserir na aliança comandada pelo governador Flávio Dino, o ex-prefeito será convocado para depor no rumoroso caso da compra de máscaras superfaturadas pela Secretaria Municipal de Saúde, na fase inicial da chegada do novo coronavírus na Capital do Maranhão. A encrenca – que uns avaliam como grave e outros que não irá além do constrangimento dos depoimentos – atinge em cheio o ex-secretário municipal de Saúde, Lula Filho, que na época foi exonerado, causando forte mal-estar na Prefeitura de São Luís.

Até prova em contrário, o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr. não teve participação na rumorosa e, ao que parece, desastrada, compra de 20 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde, cuja investigação foi batizada pela Polícia Federal como “Operação Tempo Real”. De acordo com a PF, a compra de máscaras com superfaturamento teria envolvido o secretário Lula Fylho e um grupo de servidores da pasta, que teriam agido como “uma quadrilha”, impondo prejuízo de quase R$ 500 mil aos cofres da Capital. Diante da denúncia, Edivaldo Holanda Jr. exonerou Lula Fylho em meio a um forte mal-estar dentro e fora do governo municipal. Meses depois, a PF fez buscas na residência de Lula Fylho e outros envolvidos na denúncia, apreendendo joias e mais de R$ 200 mil em espécie.

O então prefeito Edivaldo Holanda Jr. praticamente não se manifestou sobre o caso, como que calculando que o silêncio seria a sua melhor postura. Afinal, nos seis anos de gestão vencidos até aquele momento nenhuma denúncia grave de desvio tinha vindo à tona, o que dava ao prefeito Edivaldo Jr. a justa estatura de governante correto na liderança de um governo sem mácula. Tal imagem, além de atrair o reconhecimento público a uma administração limpa e eficiente, carimbou Edivaldo Holanda Jr. como um gestor de excelência, um exemplo a ser seguido. Afinal, gestões de capitais importantes, como a do Rio de Janeiro, por exemplo, foram marcadas pela chaga da corrupção escandalosa, que levou o prefeito Marcelo Crivella a ser trucidado nas urnas ao tentar a reeleição, correndo agora o risco de parar na cadeia.

Edivaldo Holanda Jr. deixou a Prefeitura de São Luís com os méritos de bom gestor, tanto no campo administrativo, com resultados surpreendentes em todas as regiões da cidade, a começar pelo Centro, quanto na delicada seara ética, na qual parece ter enveredado rigorosamente dentro da linha.

O seu desempenho administrativo lhe deu estatura política para ser apontado como um quadro destinado a ter participação destacada nas eleições do ano que vem. Foi lembrado como um bom candidato a vice, nome forte para o Senado, e até mesmo como candidato a governador, dependendo das circunstâncias. Politicamente, Edivaldo Holanda Jr., que fora fortemente apoiado pelo grupo dinista na eleição em 2012 e na reeleição em 2016, se omitiu ostensivamente em 2020, dando as costas para o candidato apoiado pelo seu partido, o PDT, e para o candidato do Palácio dos Leões, construindo assim os muros do isolamento em que vive, quando as forças começam a se articular para a guerra eleitoral do ano que vem.

A convocação para a CPI da Covid, se aprovada, poderá criar-lhe embaraços de elevado custo político, ou poderá lhe dar a oportunidade de eliminar suspeitas e se reafirmar como um político de estatura.

Fonte: Repórter Tempo

terça-feira, 25 de maio de 2021

Após registro de cepa indiana, São Luís terá barreiras de testagem

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou ontem um plano de testagem em massa nos principais pontos de entrada e saída da capital maranhense como forma de ampliar a possibilidade de identificação de novos casos da variante indiana da Covid-19.

Os seis primeiros casos da nova cepa foram registrados na semana passada, todos em tripulantes do navio chinês MV Shandong Da Zhi, fundeado na costa maranhense. Um dos infectados segue internado, em estado grave, em hospital da rede privada da cidade

O novo esforço de testagem começa após a entrega, pela Ministério da Saúde, de 600 mil novos testes rápidos para não coronavírus.

“A testagem vai acontecer nos pontos de saída da cidade: portos, aeroportos, ferrovias, rodovias. Mas, também, nos nossos centros de síndromes gripais leves e nas nossas unidades básicas de saúde. Por isso estamos anunciando uma testagem em massa”, disse.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve pessoalmente em São Luís, para acompanhar a entrega dos testes, ainda no domingo, 23. O ministro disse que o aumento será de 5% em relação ao montante já previsto. Essas doses serão distribuídas às cidades de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar.

“Teremos 5% a mais de vacinas, isso soma aproximadamente 300 mil doses nesse primeiro momento. Além disso, o Ministério da Saúde vai entregar aos secretários 600 mil unidades do teste rápido para que consigamos diagnosticar esses casos e, eventualmente, identificar essa variante indiana”, afirmou.

Além disso, a capital e cidades vizinhas receberão cerca de 300 mil doses a mais de vacinas contra a Covid-19.

“Ontem eu conversei com o prefeito Eduardo e ele fez um pleito muito justo que era ampliar a cobertura de vacinas na capital e cidades da ilha e isso foi acatado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, disse Queiroga.

Fonte: O Estado

Com apoio do Governo Federal, Base Institucional de Alcântara da UFMA será inaugurada amanhã

Dia 26 de maio será inaugurada a Base Institucional de Alcântara (BIA), um espaço da Universidade Federal do Maranhão no município de ALCÂNTARA e que abriga as ações do Núcleo Interdisciplinar, Científico e Tecnológico de Alcântara (NICTA).

O NICTA foi criado como uma proposta inovadora que pudesse atender as demandas sociais, ambientais, econômicas e tecnológicas da cidade de Alcântara, local que abriga o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) e que está se transformando no Centro Espacial de Alcântara (CEA).

Em relação à concepção e execução dos projetos, o Núcleo possui importância estratégica para promover encontros entre a academia, os representantes das comunidades (regional, nacional e internacional) e empresas, interessados no desenvolvimento e crescimento econômico e sustentável de Alcântara. Ainda, o NICTA é perfeitamente adequado para alocar laboratórios de ensino, pesquisa e extensão para docentes e discentes. 

O NICTA contribui para apoiar e fortalecer outras áreas estratégicas (como robótica, internet das coisas “IoT”, inteligência artificial, manufatura digital, sistemas espaciais entre outras). Portanto, o referido Núcleo torna-se o elo entre a comunidade, o CEA e as demais instituições que venham a se instalar no município. Com a perspectiva de Portos e Linhas férreas, formando um blockchain em quatro dimensões, permitindo a realização de projetos tecnológicos e a captação de recursos direcionados a consolidação do PDI-CEA e o desenvolvimento da população.

Cestas básicas são distribuídas na Vila Cristalina por Dr. Gutemberg

O Vice-Presidente da Câmara Municipal, Dr.Gutemberg, organizou uma ação de entrega de cestas básicas que ocorreu na manhã deste sábado, 22, na Vila Cristalina, na região do Ipase de Baixo.

Esta ação, que beneficiou a comunidade, aconteceu com a colaboração do Enfermeiro Fernando Carvalho e servidores do Hospital São Luiz (HSLZ) e também o Pastor Moura, da Igreja Pentecostal Semeando em Lágrimas, representante do Projeto Semeando Amor. Além do apoio do vereador e também médico, Dr. Gutemberg.

O vereador frisou que já estamos no século XXI e não podemos permitir que as pessoas vivam em situações precárias. “Estamos aqui na Vila Cristalina, fazendo uma ação social, ajudando as pessoas nesse momento de dificuldade. Trazendo aquilo que eles mais necessitam nesse momento, que é o alimento. Mas além desta ação social, nós queremos mostrar o contraste que é aqui na Vila Cristalina, você olha aqui ao lado o Shopping da Ilha, ao fundo você vê grandes prédios. Significa o quê, que o poder público tem que fazer alguma coisa.”, disse o vereador.

O Projeto Semeando Amor com a ajuda de seus parceiros, como o médico Dr. Fernando Carvalho, do Hospital São Luiz, e do parlamentar Dr.Gutemberg, conseguiu beneficiar mais de 100 famílias necessitadas neste período de pandemia.

Por fim, Dr. Gutemberg pediu o apoio do Prefeito de São Luís, para que possam mudar a realidade destes moradores.

“Prefeito Eduardo Braide, nós somos parceiros, nós somos amigos, nós estamos lutando para a melhoria de vida da cidade e do nosso povo. Você chegou agora, já está fazendo um belíssimo trabalho. E vou mandar a vossa excelência esse vídeo, para que juntos nós possamos mudar a realidade dessa população aqui, da Vila Cristalina”, finalizou o vereador.

Ações como estas são fundamentais neste período de pandemia, onde muitas pessoas perderam seus empregos e também passam por dificuldades, e muitas vezes não tem como se alimentarem.

Por Blog do Ligeiro 

domingo, 23 de maio de 2021

José Sarney: A verdade e a mentira

Da Coluna do Sarney

Vivemos num mundo em transformação. A sociedade digital mudou tanta coisa que isso atingiu o nosso modo de pensar. O aspecto mais discutido é o que se chama de “a morte da verdade”. São tantas versões sobre um fato que não se sabe qual é a verdade.

Este problema não é novo. Sempre foi uma questão fundamental e está no centro do Evangelho. Pilatos pergunta a Cristo: “Tu és rei?” Jesus diz que veio para dar “testemunho da verdade”, e Pilatos retruca: “O que é a verdade?” O que acontecia era que falavam “línguas” diferentes: Jesus, a de Deus; Pilatos, a do poder.

Agora nos deparamos com o problema do testemunho, ou melhor, das testemunhas. Querem que elas digam a verdade, mas a verdade é que, para elas, já não existe a verdade. A verdade é uma abstração, algo que lhes querem impor com nomes que lhes são alheios, como fatos, ciência, até mesmo mostrando-lhes gravações com uma imagem em que não se reconhecem. Ora é uma coisa que não foi dita para valer, foi dita para dizer o que querem ouvir.

Além da mentira, há o caso do mentiroso: mente quem diz a mentira ou quem construiu a mentira? Pelo menos é o que está lá no Montaigne: “Eu sei que os gramáticos distinguem dizer mentira de mentir; e dizem que dizer mentira é dizer coisa falsa, mas que se pensa que é verdadeira.” Como a definição da palavra em latim quer dizer ir contra sua consciência “isso só toca àqueles que dizem o contrário do que sabem”.

Mas acrescenta que mentir é “um vício maldito, pois somos homens e só temos uns aos outros pela palavra”; e que depois que se começa a mentir é difícil parar. “Se, como a verdade, a mentira só tivesse uma face, estaríamos em melhores termos. Porque tomaríamos por certo o contrário do que diria o mentiroso. Mas o contrário da verdade tem cem mil rostos e um campo indefinido.”

Assim vai andando a verdade, quer dizer, a mentira. Pois o mentiroso diz o que sabe que é falso, mas quando acha que o que é verdadeiro é falso, não sabe o que dizer, se a falsa verdade ou a verdadeira mentira. E eu podia terminar com o Padre Vieira: “Finalmente, reduzindo todo o discurso, ou discursos: mentem as línguas, porque mentem as imaginações; mentem as línguas, porque mentem os ouvidos; mentem as línguas, porque mentem os olhos; e mentem as línguas, porque tudo mente, e todos mentem.

Mas, hoje, quando a sociedade se pauta pela rede social e admite várias versões da verdade, pode parecer que não se sabe mais onde está a verdade; no entanto a verdade, aquela que não é versão, mas fato, existe.

Eu mesmo sei uma verdade incontestável: o Brasil precisa vacinar toda a sua população, seguir as recomendações dos cientistas e salvar vidas. Pois há vidas a serem salvas, e com elas o País tem obrigações.

Não é especulação filosófica ou um jogo de palavras. É a realidade que estamos vivendo.

SLZ recebe 300 mil doses extras de vacinas contra cepa indiana

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, desembarcou hoje, 23, em São Luís onde veio acompanhar a chegada de 600 mil de testes rápidos para identificar possíveis casos da variante indiana de Covid-19 na cidade.

Na ocasião, ele anunciou que a capital maranhense – e cidades vizinhas – receberão um lote extra de vacinas com aproximadamente 300 mil novas doses.

O objetivo é garantir a ampliação da imunização como forma de combater a disseminação de novas cepas.

“O Programa Nacional de Imunização irá ampliar a cobertura de vacinas em cidades do Maranhão. Isso corresponde a aproximadamente 300 mil doses a mais, para que possamos evitar a disseminação de novas variantes”, destacou Queiroga em seu perfil nas redes sociais.

Por Gilberto Léda 

sábado, 22 de maio de 2021

Hospital Universitário da UFMA realiza neurocirurgia inédita no serviço público do Maranhão

O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA/Ebserh/MEC) vem ao longo dos anos investindo em equipamentos de alta tecnologia, visando oferecer o melhor aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), além de servir como um dos maiores campos de prática para o ensino na área da saúde, que é sua maior missão. Nessa perspectiva, o hospital adquiriu recentemente um moderno microscópio neurocirúrgico e realizou hoje, 21, a primeira neurocirurgia com uso de técnica complementar de angiografia intraoperatória para tratamento de malformação arteriovenosa cerebral no serviço público do estado do Maranhão.

O novo equipamento tem um grande diferencial por utilizar um sistema de fluorescência que utiliza um contraste administrado na veia e que possui afinidades com proteínas do sangue e propriedade fluorescente. Tal propriedade associada ao sistema de aquisição de imagem do microscópio, com sistema de filtros integrados, permite aquisição de múltiplos vídeos que são analisados durante a realização da angiografia cerebral intraoperatória.

Toda essa tecnologia possibilita ao neurocirurgião maior eficiência e segurança na condução das cirurgias neurológicas. Para Alan Hass, neurocirurgião que realizou o procedimento, “a nova técnica traz grandes benefícios ao paciente: como a redução da taxa de complicações, a exemplo isquemias e hemorragias cerebrais no pós-operatório, pois ela permite a avaliação em tempo real das estruturas vasculares durante a cirurgia” destacou.

A técnica, que tem o nome de videoangiografia intraoperatória com indocianina verde (ICG), proporciona a avaliação em tempo real por meio da aquisição de múltiplas imagens das estruturas vasculares durante a cirurgia. Sendo possível saber sobre a perviedade (termo médico que significa permeabilidade) dos vasos arteriais e venosos de todos os diâmetros relevantes, incluindo artérias pequenas e perfurantes. Segundo o chefe da Unidade do Sistema Neuromuscular, o neurocirurgião Gelson Soeira, o uso da nova técnica permite que o profissional possa identificar com maior brevidade hemorragias, distinguir o tecido tumoral do tecido saudável, visualizar microvasos sanguíneos, entre outras possibilidades que garantirão uma tomada de decisão mais rápida e assertiva.

O gerente de Atenção à Saúde, Dyego Brito, destacou a relevância do emprego dessa nova técnica. “O HU-UFMA vem buscando a melhoria contínua dos seus processos assistenciais, através da incorporação de novas tecnologias na área da saúde que proporcionem qualidade e segurança aos usuários do SUS, além de garantir aos profissionais da área da saúde em formação um melhor aprendizado no campo de prática, utilizando equipamentos de ponta. O emprego dessa nova técnica é um ganho tanto para a assistência quanto para o ensino dentro de nossa Instituição.”.

O paciente submetido ao tratamento pela nova técnica foi um homem de 44 anos que tinha uma malformação arteriovenosa cerebral em topografia cerebelar. A cirurgia foi tranquila, sem complicações e intercorrências, sendo considerada um sucesso pela equipe do HU-UFMA. Ela foi conduzida pelo especialista em neurocirurgia vascular, Alan Hass, juntamente com os neurocirurgiões Kassandra Nunes e Sabback Tomé; os anestesistas Paulo Cortez e Carlos Eduardo Leite; a enfermeira Tássia Cuba; os técnicos de enfermagem Albanice Nojosa, Lucas Chagas, Rosimary Correia e Fabiana Bezerra; e o técnico especialista do equipamento Leandro Sartori.

Por Diego Emir 

O bom combate dos ‘300’ na Educação

Recentemente, meditei na história de Gideão, da Bíblia, uma das mais surpreendentes e encorajadoras que já descobri nas Escrituras Sagradas. Um juiz a quem Deus confiou liderar um exército de 300 homens que pelejou, vitoriosamente, contra os midianitas. A princípio, eram 32 mil, desses, 22 mil desistiram após o Senhor apregoar que: “Quem for medroso e tímido volte, e retire-se do monte Gileade”. Apenas dez mil ficaram. Mas, para Deus, ainda eram muitos. Então, o Senhor disse: “Faze-os descer às águas, e ali os provarei; […] Qualquer que lamber as águas com a língua, como faz o cão, a esse porás de um lado; e a todo aquele que se ajoelhar para beber, porás do outro. E foi o número dos que lamberam a água, levando a mão à boca, trezentos homens; mas todo o restante do povo se ajoelhou para beber. Disse ainda o Senhor a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam a água vos livrarei, e entregarei os midianitas na tua mão; mas, quanto ao resto do povo, volte cada um ao seu lugar.”

A narrativa bíblica, registrada no livro de Juízes, capítulo 7, trouxe à minha memória a batalha de Termópilas, combate heroico, no qual o rei Leônidas e seus 300 bravos guerreiros espartanos lutaram contra o numeroso exército persa (estima-se 300 mil homens), liderado pelo rei Xerxes. Uma guerra aparentemente desleal, em quantidade, mas que desmoralizou o poderoso império persa pelo sacrifício, total devoção e unidade daqueles homens em defesa de um único propósito, seu território.

Os 300 de Gideão e os 300 de Esparta nos ensinam fabulosas lições de como ser vitorioso, com muitos ou poucos; o importante é estar imbuídos da mesma convicção de que é possível alcançar o alvo. Semelhante às lutas travadas por esses dois exércitos, os dias atuais requerem de nós bravura e união, diante da batalha contra a pandemia da Covid-19, marcada por perdas irreparáveis de vidas e do direito à aprendizagem adequada de uma geração, em idade escolar, que está, há mais de um ano, longe dos espaços educacionais.

Chegou o momento de convocação dos “300” educadores e educadoras do Maranhão – profissionais que, até meados de julho e agosto, estarão imunizados – para uma batalha cívica contra o obscurantismo, o “terraplanismo”, os ataques à educação pública e tantas outras intempéries enfrentadas por todos nós, nesse terrível cenário pandêmico.

É como esse exército que lutaremos o bom combate em nossas escolas, nas salas de aulas, seja de forma remota, híbrida ou presencial, pois é tempo de resgatar a autoestima dos nossos estudantes para o convívio escolar e crença de que é possível, pela educação, serem protagonistas de uma sociedade justa e equânime.

Conclamo todos os profissionais da educação do Maranhão para a luta por uma educação pública de qualidade, capaz de resistir a todo e qualquer ataque que sofrer. Avante!

Felipe Costa Camarão
Professor
Secretário de Estado da Educação
Membro Titular do Fórum Nacional de Educação – FNE
Membro da Academia Ludovicense de Letras e Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão
Fonte: Seduc

sexta-feira, 21 de maio de 2021

Vacina Solidária: Por meio da SEMSA, Prefeitura de São Luís beneficia famílias em situação de vulnerabilidade

 A Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria de Segurança Alimentar (SEMSA) segue fortalecendo ações de solidariedade na cidade para ajudar a combater a fome. Com a arrecadação de alimentos da Campanha ‘Vacina Solidária’, coordenada pela primeira dama do município Dra. Graziela Braide, a SEMSA tem distribuído as cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade.
 
Desde que foi lançada pela Prefeitura de São Luís, há pouco mais de um mês, a campanha #VacinaSolidária tem tido boa adesão da população e já beneficiou quase mil famílias em situação de vulnerabilidade na capital maranhense. 


“Eu fico feliz em ver como o ludovicense abraçou essa causa. Estamos unidos para combater a Covi-19 e a fome. A campanha que tem a coordenação da nossa primeira, Dra. Graziela Braide, tem levado esperança para várias famílias. Parabéns ao prefeito Eduardo Braide. E toda a minha gratidão a todos que já doaram alimentos. E fica meu pedido! Você que vai se vacinar, se proteger, aproveite essa oportunidade para também fazer o bem. Ao procurar os pontos de vacinação da Prefeitura de São Luís, leve também um alimento para ajudar as famílias que estão necessitadas, perderam o emprego e precisam dessa ajuda. Fazer o bem, faz bem! Olha, a solidariedade gera energia positiva que vai ajudar na sua saúde”, destaca o secretário Junior Vieira, titular da Semsa.
 
As cestas doadas já beneficiaram várias comunidades. As famílias recebem cestas completas com: arroz, açúcar, feijão, café, macarrão, leite, flocão de milho, biscoito e óleo de cozinha. 
 
A campanha prossegue até o final da vacinação e as doações podem ser feitas no Drive-Thru da Universidade Federal do Maranhão (UFMA); no Drive-Thru do Espaço Reserva, ao lado do Shopping da Ilha; no Centro Municipal de Vacinação, no Multicenter Sebrae; e no Centro de Convenções da UFMA, e pode ser feita das 8h às 18h, por quem for a estes locais receber a primeira ou segunda dose da vacina contra a Covid-19.

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Após exibição de vídeo sobre cloroquina, Dino se mostra irritado e pede para não ser nivelado com " irresponsáveis "

Vídeos foram veiculados na CPI da Pandemia 

O governador Flávio Dino (PCdoB) reagiu pelas redes sociais à veiculação do senador Marcos Rogério (DEM-RO), no plenário da CPI da Pandemia, de vídeos em governadores comunicam estarem disponibilizando cloroquina para pacientes de covid-19. Além dos comentários, o governador, que é um dos citados, posta trecho de um documento em que diz não recomendar o uso do medicamento.

Numa das postagens, sem citar nomes, Flávio Dino tenta estabelecer uma diferença entre ele e o presidente Jair Bolsonaro, que defende o medicamento. Em resposta, o governador afirmou:

“Em razão de debate na CPI do Senado, é muito fácil distinguir duas condutas: 1) a de um gestor irresponsável que empurra remédios sem habilitação técnica; 2) a de um gestor que disse, no dia 10 de abril de 2020, que respeitava as orientações médicas. A 2ª atitude foi a minha”.

‌Flávio Dino chama ainda a veiculação dk vídeo uma manipulação e diz que jamais carregou caixa de remédio, tampouco tentaou empurrar para alguém, por diz que aceita “ser nivelado com irresponsáveis”.
“Em respeito de manipulação de vídeo, de abril de 2020, na CPI do Senado, o documento abaixo prova a posição oficial que adotamos em maio de 2020. Jamais carreguei caixa de remédio nem tentei empurrar nas pessoas (ou em emas). Não aceito ser nivelado com irresponsáveis”.
Assista ao vídeo aqui.

Fonte: Maranhão Hoje

Vereador Osmar Filho recebe de Eduardo Braide projeto para doação de imóvel que abrigará promotorias distritais

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), reuniu-se nesta quinta-feira (20) com o prefeito Eduardo Braide (Podemos) e com o procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau.

Na oportunidade, Osmar recebeu de Braide projeto de lei, de autoria do Executivo, que autoriza o Município a doar para o Ministério Público um imóvel, denominado de Solar do Ribeirão, localizado no Centro da capital, onde será instalado, ainda este ano, o projeto Promotorias Distritais.

Ao elogiar a iniciativa do prefeito e disposição do MP em fortalecer o sistema de defesa do consumidor, o vereador afirmou que a proposta entrará na pauta de votação da Câmara já na próxima semana.

“Trata-se de um imóvel que abrigará, além da Promotoria de Defesa do Consumidor, outros órgãos ligados à manutenção dos direitos dos consumidores. O Parlamento de São Luís, com toda certeza, é a favor desta parceria proveitosa e, sem dúvida, aprovará unanimemente o projeto”, comentou o pedetista.

O prédio que será doado pelo Município ao MP abrigará uma Promotoria de Justiça de Defesa do Cidadão e uma das Promotorias de Defesa do Consumidor, além de outros órgãos integrantes do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor, como o Procon, por exemplo.

“Essa parceria entre o Município de São Luís e o Ministério Público, além da Câmara Municipal, é importante por que vai servir para atender o cidadão. Esse momento de pandemia afetou a todos, principalmente aqueles que querem buscar o seu direito enquanto consumidor. Portanto, o cidadão ludovicense terá um espaço mais equipado para poder buscar orientação”, disse Eduardo Braide.

Eduardo Nicolau agradeceu os apoios do prefeito e do presidente da Câmara.

“Nosso objetivo é facilitar a vida do cidadão. Temos uma população que precisa ser atendida com toda urgência, toda satisfação, para que possamos melhorar a vida do nosso povo. É isto que o Ministério Público quer e busca sempre”, afirmou o procurador-geral.

Por Osmar Filho 

Lula quer o empresário Josué Gomes como vice e chances de Dino diminuem

De acordo com informações do jornal O Globo, o ex-presidente Lula flerta com o empresário Josué Gomes como seu vice nas eleições de 2022.

Josué é filho de José Alencar, que foi vice-presidente do governo Lula. Com isso, diminuem as chances do governador Flávio Dino compor a chapa do ex-presidente nas eleições do ano que vem.

Ainda segundo O Globo, Josué, porém, não pretende admitir essa possibilidade fora de conversas privadas, principalmente porque ainda falta um ano e cinco meses para as eleições.

Fonte: imaranhão360 

Yglésio oferece ao MPF, denúncia contra Paula Azevedo por uso irregular de dinheiro público em Paço do Lumiar

Durante pronunciamento realizado na manhã desta terça-feira (19), o deputado Yglésio Moyses (PROS) denunciou a gestão de Paula Azevedo (PC do B), prefeita do município de Paço do Lumiar, por uso irregular de verba federal.

A denúncia, feita pelo parlamentar e recebida pelo Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal, é sobre a suspeita de compra de álcool em gel com prazo de validade vencido. Este caso já foi abordado pelo deputado há pouco mais de um mês, ao lado de vereadores luminenses.

Durante o discurso, o deputado também destacou que a gestão adquiriu equipamentos para atendimento de emergência, sem possuir ao menos estrutura hospitalar de urgência no município. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, que poderia utilizá-los, encontra-se desativado.

Com a denúncia, o parlamentar quer que sejam feitas as devidas apurações em relação aos dois casos, de modo que sejam combatidas práticas de desvios de verba pública e corrupção.

Por Tribuna98

Mandato de prefeito e da vice, é cassado pela Câmara no Maranhão

Em Sessão Extraordinária nesta quarta-feira (19), a Câmara Municipal de Vereadores de Rosário, no Maranhão cassou o mandato do prefeito Calvet Filho (PSC) e da vice-prefeita, Cláudia Anceles (PT).

Com 9 votos a favor e 4 votos contra, Calvet foi cassado sobre a justificativa de que teria contratado empresas sem licitação para beneficiar aliados durante a pandemia da Covid-19. Mais de R$ 2 milhões teriam sido movimentados para empresas, sem que houvesse concorrência em licitação.

Os vereadores também apontaram que o prefeito contratou falsos médicos e também não teria atendido as solicitações da Câmara, que pediu informações sobre despesas e demais procedimentos que justificaram a decretação do estado de emergência no município, em janeiro de 2021.

Fonte: G1

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Dr. Gutemberg fala sobre a importância do combate à cefaleia

Cefaleia atinge mais de 140 milhões de brasileiros e a maioria são mulheres 

O vereador Dr Gutemberg, médico e vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, destacou nesta quarta-feira, a importância de celebrar o Dia Nacional de Combate à Cefaleia, anualmente comemorado no dia 19 de maio.

Segundo ele, o Dia de Combate à Cefaleia foi instituído com o objetivo de informar a população sobre o que é a cefaleia (os vários tipos de dor de cabeça, inclusive a enxaqueca), e também como forma de se tornar um alerta para evitar a automedicação e o uso abusivo de analgésicos, que causam inúmeros problemas à saúde.

Dr Gutemberg declarou que a cefaleia atinge a maioria da população brasileira e é responsável pela maioria dos casos de ausência ao trabalho.

Disse também que a enxaqueca é uma das doenças mais incapacitantes. Daí a importância de se ir ao médico para o diagnóstico e medicação correta.

“A cefaleia é uma doença que atinge cerca de 140 milhões de brasileiros, e principalmente, atinge 99% das mulheres. Daí a importância de comemorar o Dia Nacional de Combate à Cefaleia porque é a principal causa de afastamento das pessoas do trabalho”, declarou Dr Gutemberg.

O parlamentar lembrou que existem dois tipos de cefaleia: primária e secundária. “A secundária é a que mais atinge as pessoas e requer mais atenção, porque pode ser indício de pressão alta, de stress, enxaqueca ou tumor cerebral. Por esse motivo é muito importante que, em qualquer um destes sinais, a pessoa procure um médico, um especialista, que pode ser um clínico ou neurologista. Uma meningite ou mesmo uma febre alterada necessitam de avaliação e é bom que se evite automedicação”, frisou o vereador Dr. Gutemberg.

Fonte: Câmara Municipal de São Luís 

Osmar Filho e Marcelo Tavares conversam sobre o cenário político no MA

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), reuniu-se com o secretário chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Os dois políticos trataram de assuntos de interesse da capital e também conversaram sobre o cenário político do Estado, cujo futuro possa fazer com que o Maranhão permaneça no caminho certo do desenvolvimento.

Com uma gestão pautada em ações de modernização do Parlamento Ludovicense, que fizeram com que a Câmara Municipal obtivesse reconhecimento nacional no que diz respeito à qualidade na prestação de serviços, Osmar Filho é, hoje, uma das principais lideranças políticas do Maranhão.

Pré-candidato a deputado estadual no pleito do ano que vem, o parlamentar vem dialogando permanentemente com representantes de outros Parlamentos objetivando estabelecer pautas comuns de atuação e, desta forma, fortalecer, cada vez mais, a bandeira do municipalismo.

Ex-presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Tavares, que é deputado estadual licenciado, é um político experiente e também defende a causa do fortalecimento do movimento municipalista.

Por Jorge Aragão 

terça-feira, 18 de maio de 2021

Dois tripulantes de navios infectados por covid-19 têm alta em São Luís

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) voltou a atualizar informações sobre o navio “MV SHANDONG DA ZHI”, de bandeira de Hong Kong, fundeado na Baía de São Marcos, no litoral do Maranhão, que tem 15 dos seus 24 tripulantes, todos indianos, infectados por Covid-19. Em nota divulgada por volta das 19h20, a pasta comunicou que dois dos três pacientes internados em um hospital privado de São Luís tiveram alta nesta terça-feira (18) e foram encaminhados de volta à embarcação.

Ainda de acordo com a SES, dos 15 tripulantes que testaram positivo para o novo coronavírus, dois apresentam sintomas leves e apenas um permanece internado.

Cepa indiana

A SES confirmou que encaminhou as amostras coletadas na tripulação do navio ao Instituto Evandro Chagas, em Balém (PA), para que seja feito o sequenciamento genômico, a fim de identificar a variante do vírus da Covid-19 que infectou a maioria da tripulação do “MV SHANDONG DA ZHI”.

Como todos os contaminados são indianos, as autoridades de saúde do Maranhão, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Saúde entraram em alerta máximo, pois o país de origem dos pacientes estrangeiros tem registrado, em média, 380 mil casos da doença e 3.900 mortes por dia, atribuídas a uma cepa rara e letal.

Confira a nota da SES:

Por Daniel Matos 

Jovens coordenadores de Projetos Sociais homenageiam Dr. Gutemberg

Autor da Lei do Primeiro Emprego no âmbito municipal (Lei nº 388/2014), o vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC), recebeu uma homenagem de jovens coordenadores de Projetos Sociais, no auditório do Parque Bom Menino.

Durante a homenagem, os coordenadores destacaram as ações do Dr. Gutemberg para ampliar a inserção dos jovens no mercado de trabalho, bem como a ajuda constante do parlamentar a diversos projetos sociais.

“Agradeço aos membros do projeto e, principalmente, ao Dr. Gutemberg, que desde muito tempo vem nos dando essa força no Projeto Seres de Luz. A gente só tem esperança que o projeto venha crescer mais e abrace outras pessoas também”, destaca Camila Nassar, coordenadora do projeto social ‘Seres de Luz’.

Dr. Gutemberg também apoia o Programa de Capacitação Jovem – Procaj. Desde o ano passado, o Procaj oferece cursos de capacitação para jovens da comunidade rural, contribuindo no crescimento e responsabilidade profissional desses jovens.

“Fiquei muito feliz com essa linda homenagem. Gratidão a todos que fizeram essa homenagem. Eu acredito na força da juventude. Com a capacitação profissional, vamos ajudar a criar oportunidades para vários jovens ingressarem, pela primeira vez, no mercado de trabalho. Além disso, sempre seguirei apoiando os projetos sociais que transformam vidas”, frisou Dr. Gutemberg.

O coordenador do Procaj também agradeceu ao Dr. Gutemberg. “O apoio do Dr. Gutemberg tem sido fundamental para motivar todos esses jovens a realizar o sonho de entrar no mercado de trabalho. Com certeza, Dr. Gutemberg é um parceiro de ouro da juventude e dos projetos sociais. Eu só tenho a agradecer todo esse carinho do Dr. Gutemberg com a juventude maranhense”, agradeceu Alberto Queiroz, coordenador do Procaj.

Participaram da homenagem os coordenadores: Vinícius Costa da Companhia de Dança Teori, Adalton Lucas do Projeto Salve as Praias, Ricardo Teles do Projeto Seres de Luz, Camila Nassar do Procaj, Bruno Raposo do Projeto Interligue Solidário e Marcos Vinicius do Projeto Bicho Amigo estiveram presentes. Além do coordenador geral Alberto Queiroz da Aliança de Projetos Sociais (Adpros).

Por Diego Emir 

Vereadores pedem serviços de infraestrutura para bairros de São Luís

Solicitações foram feitas por meio de requerimentos e indicações

Na sessão legislativa desta terça-feira, 18, vereadores solicitaram intervenções na infraestrutura de diversos bairros de São Luís. Os pedidos estavam na Ordem do Dia e foram analisados pelos parlamentares. Ao todo, foram nove requerimentos enviados à Prefeitura e três indicações ao Governo do Estado.

Dentre os requerimentos, oito deles sugeriram manutenção de ruas e pavimentação asfáltica. As localidades que poderão receber intervenções da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Público (Semosp) são: Avenida dos Africanos, Chácara Itapiracó, Ponta d’Areia, Villa Colier, Vila Vitória, Tirirical I, Tibiri e Vila Luizão. Também foi encaminhado à Semosp um requerimento pedindo a reconstrução urgente de um muro de contenção, localizado na Avenida Mauro Bezerra, Caratatiua.

Ações de trafegabilidade também foram pedidas por meio de indicações. Ruas dos bairros Bequimão e Vila Vitória devem receber serviços da Agência Executiva Metropolitana (Agem) e Secretaria de Estado da Infraestrutura. A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) também foi solicitada para tomar providências com objetivo de reparar uma obra que cedeu na Rua Luís Serra, na Alemanha.

Veja a Ordem do Dia:
https://www.camara.slz.br/ordem-do-dia

Fonte: Câmara de SLZ 

Denúncia: Cartel na Secretaria de Márcio Jerry beneficia alguns empresários no Maranhão

Um esquema de cartel montado por construtoras vem operando fortemente para fraudar licitações do programa Mais Asfalto no Maranhão.

O programa, que atualmente é desenvolvido pela Secretaria Estadual das Cidades, gerida pelo deputado federal licenciado Márcio Jerry, tem sido objeto de desejo de empreiteiros que pretendem ganhar contratos e ter lucros milionários com a pavimentação de ruas e avenidas em cidades do interior e da capital do Estado.

Para colocar em prática as fraudes, os executivos montaram um grupo que pode se denominar “grupo dos empreiteiros” e transformaram os processos licitatórios no jogo de cartas marcadas fazendo da propina a moeda corrente das negociações.

As construtoras decidem qual empresa sairá como vencedora das licitações e quem entra no jogo apenas de “fachada” para dar uma aparência de legalidade á concorrência onde. há uma espécie de acordos entre os empresários para definir o loteamento das obras públicas da pasta comandada por Márcio Jerry.

Em consulta ao Portal da Transparência da Secid, a reportagem apurou que o valor total no qual o grupo pretende abocanhar, gira em torno de R$ 234.142.962,44 milhões. O montante foi dividido entre as seis Regionais de São Luís, Santa Inês, Presidente Dutra, Imperatriz e Caxias. As licitações ainda estão em andamento, mas já se sabe quem são as vencedoras, inclusive, serão divulgados os nomes dos empresários e construtoras que integram o cartel da Secid.

O caso deve ser investigado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) por crime contra a ordem econômica. O órgão é responsável pela defesa da livre concorrência em todo o Brasil e combate condutas anticompetitivas e fusões ou aquisições empresariais que possam criar monopólios.

A Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão (PGJ) também poderá instaurar um inquérito para apurar os fatos narrados acima, uma vez que se trata de acusações gravíssimas perpetradas no âmbito da Secretaria do governo Flávio Dino.

Por Neto Ferreira

Anvisa conclui que frascos de CoronaVac não estão com menos doses

Pesquisa mostrou que frascos renderam menos que dez doses

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) elaborou ofício concluindo que não há indícios de que frascos da vacina CoronaVac estejam sendo fabricados com volume menor de doses. Uma investigação foi realizada pela Anvisa após queixas de que as vacinas produzida pelo Instituto Butantan estavam sendo entregues em frascos contendo quantidades menores que as dez doses previstas.

Avaliação sobre a aspiração da vacina CoronaVac realizada pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems-SP) apontou que 44,4% dos frascos analisados renderam menos que as dez doses. A experiência contou com participação de profissionais de nove municípios.

No ofício, a Anvisa relata que, para o caso específico da CoronaVac, que tem um volume declarado de 5 mL, deve haver 0,5 mL de excesso em cada frasco. Diante disso e com a justificativa de aumentar o rendimento do processo produtivo em até 8%, no início de março, o Butantan fez uma redução no volume de enchimento do frasco de 6,2 mL para 5,7 mL, com uma tolerância de 0,2 mL, representando uma faixa de 5,5 a 5,9 mL.

“Os lotes fabricados a partir desta data apresentam-se visualmente com volume inferior aos lotes fabricados anteriormente. Tal alteração foi prontamente notada pelos profissionais de saúde, que observaram a redução visual no volume do frasco. Contudo, tal redução não necessariamente representa um desvio no produto”, disse a Anvisa no documento.

A Anvisa realizou uma inspeção no Butantan, em abril, e concluiu que os resultados estavam dentro das especificações. “Com base no resultado da inspeção investigava concluiu-se que falhas no processo de envase não parecem ser a causa do volume inferior reportado nas queixas técnicas”, concluiu a Anvisa.

Resposta do Butantan

O Instituto Butantan informou, em nota, que a inspeção da Vigilância Sanitária Municipal de São Paulo, com apoio remoto do Centro de Vigilância Sanitária (CVS) do Estado e da Anvisa realizada em 20 de abril não encontrou nenhuma inadequação na linha de envase da CoronaVac, confirmando as boas práticas de fabricação.

Segundo explicou o instituto, cada frasco da vacina contra o novo coronavírus contém nominalmente 10 doses de 0,5 ml cada, totalizando 5 ml, e adicionalmente ainda é envasado conteúdo extra, chegando a 5,7 ml por ampola. Esse volume, aprovado pela Anvisa, é suficiente para a extração das dez doses.

“Todas as notificações recebidas pelo instituto até o momento relatando suposto rendimento menor das ampolas foram devidamente investigadas, e identificou-se, em todos os casos, prática incorreta na extração das doses nos serviços de vacinação. Portanto, não se trata de falha nos processos de produção ou liberação dos lotes pelo Butantan”, diz a nota do instituto.

No ofício feito pela Anvisa, consta que o Butantan se pronunciou sugerindo que a causa do volume inferior seria um somatório de fatores, como a utilização de seringas com volume acima de 1 mL e técnica de aplicação inadequada. Com isso, a empresa protocolou junto à Anvisa alteração no texto de bula, incluindo a indicação da utilização de seringas de 1 mL para a aplicação da vacina e um QR code com tutoriais para profissionais de saúde.

O ofício acrescenta que “corrobora para a validade dessa hipótese o fato de que também há notificações de volume faltante referentes às vacinas Fiocruz/Covishield/AstraZeneca”.

“Diante dos fatos apresentados, conclui-se que não há indícios que corroborem para a hipótese de que o IB [Instituto Butantan] esteja fabricando a vacina CoronaVac com volume inferior ao preconizado. Portanto tal hipótese foi descartada e as investigações referentes ao produto foram concluídas”, finaliza a Anvisa no ofício.

Fonte: Agência Brasil 



Equipe maranhense de Free Fire é campeã nos Jogos Universitários Brasileiros

“Na semifinal, não tivemos que vencer somente nossos adversários no jogo, mas também, o preconceito com os maranhenses no chat da transmissão”, conta o time.

Wanderson Lima, de 19 anos, Rodrigo Eduardo, de 20 anos, Miguel Fillipo de 19 anos, Melquisedec Martins, de 19 anos, e Vinicius Lopes, de 22 anos. Esses são os maranhense que compõem a equipe United Central Slz (UCS).

O time conta que tudo começou em 2020, quando Rodrigo Eduardo, capitão da equipe, soube de um campeonato de Free Fire universitário, e decidiu participar. Desde então, foram adicionados os outros membros.

“Participamos apenas de um campeonato online e depois disso nunca mais jogamos juntos. Foi então que em fevereiro, um dos administradores do jubs 2021, entrou em contato com Ludianderson (Presidente) informando sobre a realização desse grande campeonato. Ludianderson então avisa Rodrigo (capitão) sobre o ocorrido e prontamente se dispôs em reunir as mesmas pessoas que jogaram antes”, conta a equipe.

Foi assim que começou a trajetória no Jogos Universitários Brasileiros (Jubs). A equipe ainda não tinha nome, mas o talento era notável. Nos treinos, a equipe conta que eles conseguiram se sair melhor do que equipes grandes que já jogavam juntos há anos. Todos se empenharam muito, estudaram muito, treinaram e praticaram noites e noites para alcançar a excelência. Na primeira fase online da competição, a equipe ficou em primeiro lugar.

“Na primeira fase tivemos uma queda ruim, mas conseguimos nos recuperar e assumir o topo da tabela. Na segunda fase online, que era confronto direto entre duas equipes, conseguimos vencer sem dificuldades e avançamos para as quartas de final. Mantendo a mesma configuração (squad versus squad), chegamos nas quartas de final e vencemos por 2 round a 0 na melhor de 3 e nos classificamos para as finais em Brasília”, explica a equipe.

Foi aí que a equipe decidiu se chamar de UCS e oficializaram esse nome. Apenas quatro membros poderiam ir até Brasília disputar as finais, então, depois de uma seleção, Rodrigo, Vinícius, Wanderson e Miguel foram representar a equipe em Brasília.

“Nos juntamos, personalizamos nossas camisas e máscaras com recurso próprio e mesmo sem apoio, fomos representar nosso estado com garra e determinação. Chegamos até Brasília com a força e o apoio dos nossos amigos, familiares e duas professoras em específico. Fernanda Noronha e Daniela Flexa. Chegando lá, nos deparamos com uma estrutura incrível e uma hospedagem impressionante”, ressalta a equipe.

Os membros da UCS relevaram, ainda, que tiveram que não tiveram que vencer somente os adversários do jogo, mas o preconceito por serem maranhenses.

“Na semifinal, não tivemos que vencer somente nossos adversários no jogo, mas também, o preconceito com os maranhenses no chat da transmissão. Mas nossa torcida não desanimou e mandou toda a força que nós precisávamos para vencer a semifinal sem dificuldades”, relata a equipe.

Na grande final do maior campeonato universitário do Brasil, a UCS não deixou ser abalada e partiu pra cima, garantindo a vitória e trazendo mais um título para o Maranhão.

“Nossa equipe estava preparada e nossa torcida também. Colocamos a camisa do nosso presidente na mesa e fomos para o jogo! Vencemos o primeiro round sem dificuldades nem uma, mas no segundo round, perdemos um pouco o foco e perdemos. Até que respiramos fundo e mostramos o que a gente sabe fazer de melhor! Vencemos os dois últimos rounds e finalizamos o campeonato trazendo o troféu para o nosso estado”, finaliza a equipe.

Fonte: O Imparcial