segunda-feira, 10 de maio de 2021

Dr Gutemberg repercute matéria do Fantástico sobre mulheres em situação de hipossuficiência

Desde que começou a pandemia, o vereador tem desenvolvido inúmeras ações neste sentido. A mais recente foi na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE), com a qual tem contribuído com a destinação de recursos de emendas parlamentares e de cestas básicas e outros itens para a manutenção do trabalho desenvolvido pela instituição.

Também vem apoiando ativamente projetos como o Mulheres da Gente, que tem a coordenação de sua esposa, a advogada Clara Gomes e, que desde 2020 vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as mulheres da capital maranhense.

Nesta semana, em alusão ao Dia das Mães, está distribuindo kits enxoval para mulheres gestantes em vulnerabilidade financeira, que precisam se manter isoladas por causa dapandemia da covid-19.

Por Suellen Soares 

Osmar Filho e lideranças políticas seguem com doações de cestas básicas para amenizar impactos da pandemia

Em uma corrente de solidariedade para amenizar os impactos da pandemia, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), tem se unido a outros representantes da política maranhense no sentido de incentivar a participação mais efetiva daqueles que têm mais condições a doar alimentos aos mais carentes, desempregados e autônomos afetados neste período.

Na última sexta-feira (7), junto com o senador Weverton Rocha (PDT), com deputado estadual Neto Evangelista (DEM), os também vereadores Chico Carvalho (PSL), Álvaro Pires (PMN), Silvana Noely (PTB) e Astro de Ogum (PCdoB) e, lideranças comunitárias da cidade, o pedetista esteve na Zona Rural de São Luís para fazer a entrega de cestas básicas aos moradores da comunidade da Ribeira e do Residencial Vila Samara.

No sábado (8), Osma Filho também participou de ações semelhantes organizadas pelos vereadores Marquinhos (DEM), na região da Vila Luizão/ Divinéia; Chaguinhas (Podemos), na Vila Ayrton Senna; Domingos Paz (Podemos), no Anjo da Guarda; e Inácio Ferreira (PTB), no município de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.

”Fico feliz em ver nossa corrente de solidariedade aumentando a cada dia”, comemorou Osmar, lembrando que a pandemia tem afetado a vida de muita gente.

Desde que começou a pandemia, o vereador tem desenvolvido inúmeras ações neste sentido. A mais recente foi na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE), com a qual tem contribuído com a destinação de recursos de emendas parlamentares e de cestas básicas e outros itens para a manutenção do trabalho desenvolvido pela instituição.

Também vem apoiando ativamente projetos como o Mulheres da Gente, que tem a coordenação de sua esposa, a advogada Clara Gomes e, que desde 2020 vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as mulheres da capital maranhense.

Nesta semana, em alusão ao Dia das Mães, está distribuindo kits enxoval para mulheres gestantes em vulnerabilidade financeira, que precisam se manter isoladas por causa dapandemia da covid-19.

Por Mirlene Bezerra 

Só 1 de cada 4 estabelecimentos turísticos do Maranhão tem certificação federal de segurança contra Covid-19

São Luís, Barreirinhas e Carolina foram os municípios que mais emitiram a certificação no estado

Pouco mais de 26% – aproximadamente um de cada quatro – dos estabelecimentos turísticos do Maranhão aderiram ao “Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, do Ministério do Turismo, demonstrando que há espaço para ampliar a quantidade de adesões no estado. Após mais de 10 meses de seu lançamento, 428 selos foram emitidos no estado, com destaque para as agências de turismo (179), meios de hospedagens (115) e restaurantes e cafeterias (48). Entre as cidades maranhenses, as empresas da capital, São Luís, de Barreirinhas e Carolina se destacaram no interesse pela certificação.

Ao todo, o Brasil já ultrapassou a marca de 27 mil selos emitidos por 15 tipos de atividades turísticas, como meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições e guias de turismo. Em quantitativo, os estados de São Paulo (5.441), Rio de Janeiro (3.798) e Minas Gerais (2.268) permanecem à frente. O documento é um reconhecimento visual e dá credibilidade aos empreendimentos do setor que declararam assumir os protocolos de biossegurança contra a Covid-19 ofertando, assim, mais segurança e conforto aos viajantes no país.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforçou a importância da obtenção deste selo para uma retomada segura do turismo em todo o Brasil. “Fomos pioneiros nesta certificação e agora temos que fazer valer todo esse reconhecimento e trabalho que desenvolvemos. Atenção empresários, vamos aderir ao selo e garantir a segurança sanitária dos nossos turistas, que vão desfrutar das belezas que só o nosso país possui. Estamos juntos nessa!” destacou.

Adesão

Para solicitar o selo, o estabelecimento precisa apresentar situação regular no cadastro de prestadores de serviços turísticos (Cadastur). Após se regularizar, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após esses passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode fazer o download do selo para impressão.

Para utilizar o selo em local físico, o empreendedor deve colocá-lo em local de fácil visualização do cliente. O estabelecimento pode oferecer um QR Code para que os turistas verifiquem quais são as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional.

Fonte: Ministério do Turismo

Agentes de limpeza ameaçam cruzar os braços em São Luís

Os cerca de 1.200 agentes de limpeza, que exercem a atividade em São Luís, poderão cruzar os braços nos próximos dias. A categoria está revoltada com a empresa Slea, responsável pelo serviço de coleta de lixo, que até o momento não honrou com o compromisso firmado desde o ano passado.

Devido todas as dificuldades impostas pela pandemia provocada pela Covid-19, ficou decidido que a partir de 1º de Março desse ano, seria repassado aos trabalhadores, reajuste salarial de 3,92%, o que não foi aplicado. Em relação as negociações referentes a 2021, até o momento, não avançaram.

O Sindicato de Asseio e Conservação de São Luís, encaminhou a empresa Slea, entre outras cláusulas, a seguinte proposta: 8% de reajuste de salário; ticket alimentação no valor de 800 reais; cesta natalina de 800 reais; auxílio creche de 300 reais, além da manutenção de plano de saúde e odontológico.

Na semana passada, houve uma reunião virtual entre os representantes da empresa Slea, do município de São Luís, por meio da Semosp e do Sindicato de Asseio e Conservação. Na ocasião, nenhuma contraproposta foi apresentada, ou seja, sem nenhuma resposta positiva aos trabalhadores.

Diante desta situação, o Presidente do Sindicato de Asseio e Conversação de São Luís, Honesio Máximo, informa que ainda esta semana, a categoria será convocada para uma Assembléia Geral. Se os empresários permanecerem irredutíveis e não atenderem as reivindicações, os trabalhadores irão cruzar os braços, paralisando o serviço de coleta de lixo em toda a São Luís.

Por Diego Emir 

Boris Johnson vai relaxar restrições no Reino Unido a partir de 17 de maio


O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deve anunciar nesta segunda-feira, 10, uma reabertura significativa da economia a partir do dia 17 de maio. O gabinete assinará a terceira fase do relaxamento de restrições da covid-19 na Inglaterra. Johnson avalia que a pandemia está sob controle e a normalidade está voltando.

“Agora, esperamos poder desbloquear com cautela, mas de forma irreversível”, disse o primeiro-ministro em uma entrevista coletiva em Downing Street. A maioria das empresas em todos os setores, exceto os de maior risco, será capaz de reabrir, incluindo serviços de bares, como os tradicionais pubs, e restaurantes. Esse relaxamento vai acontecer junto com a flexibilização de algumas restrições às viagens ao exterior.

Hotéis e cinemas serão reabertos e os esportes em ambientes fechados também poderão ser retomados. Algumas performances e eventos esportivos maiores poderão reabrir para espectadores pagantes, com restrições.

Com o afrouxamento das restrições, os britânicos também poderão se reunir de forma privada em ambientes fechados, com no máximo seis pessoas ou duas famílias. Festas de casamentos poderão ter até 30 convidados. Por outro lado, aglomerações de mais de 30 pessoas, mesmo ao ar livre, permanecerão proibidas (Com agências internacionais).

Por Agência Estadão 

Tribunal do Júri de São Luís volta com as sessões de júri popular

As Varas do Tribunal do Júri de São Luís retomaram as sessões de julgamento neste mês de maio, com o retorno das atividades presenciais judiciais e administrativas, no âmbito do Poder Judiciário do Maranhão, que estavam suspensas desde o último mês de março em virtude do agravamento da pandemia da Covid-19 em todo o país. Foram agendadas para esse período sessões de julgamento de 17 réus.  

No 1º Tribunal do Júri serão julgados José Ribamar Diniz Júnior (dia 11), Eduardo Pereira de Araújo (13), Gilvan Oliveira Veras, Madinilson Lima Costa e Wanderson Aurélio Cantanhede Santos (20). A juíza titular da unidade judiciária, Rosângela Santos Prazeres Macieira, também retomou as audiências preferencialmente na modalidade presencial. “No entanto, garantiu-se às partes e testemunhas a participação por videoconferência com a disponibilização do link de acesso  para o caso de eventual impossibilidade de comparecimento pessoal”, explica a magistrada.

As sessões de julgamento no 1º Tribunal do Júri, neste mês de maio, começaram na terça-feira (04), quando sentaram no banco dos réus cinco acusados dos crimes de organização criminosa e homicídios de Fábio Araújo Madeira e Ivan Rycson Cantanhede Silva, ocorridos no dia 04 de fevereiro de 2017, por volta das 14h, dentro de um imóvel no bairro Cidade Olímpica, na frente de familiares das vítimas, que estavam reunidos no local.  

Anderson Bruno Soares, conhecido como “Buzu”, foi condenado a 39 anos e 6 meses de reclusão; Antônio Victor Souza Campelo, o “Veron”, a 29 anos e 6 meses de reclusão; Luís Antônio Pereira Costa, conhecido como “Preto”, a 53 anos e 3 meses de reclusão; Ronilson Lemos Silva, vulgo “Pingo”, a 32 anos de reclusão; e  Leonardo Costa Filho, vulgo “Léo Fuga”, a 27 anos e 10 meses de reclusão. As penas foram aplicadas conforme a participação dos acusados em cada crime, além das circunstâncias atenuantes e agravantes, e serão cumpridas em regime fechado na Penitenciária de Pedrinhas.  

Sentarão no banco dos réus, no 4º Tribunal do Júri, Ronison Aires Pereira (dia 10), João Batista Diniz dos Santos (12), Claudionor Pinheiro Mota (17), Adeylsson Cardoso Sousa (19), Lucas Leite Ribeiro Porto (24) e José Sérgio Pereira Costa (31). As sessões serão presididas pelo juiz titular da unidade,  José Ribamar Goulart Heluy Júnior.

Já no 3º Tribunal do Júri haverá sessão de julgamento no dia 31 de maio, quando sentará no banco dos réus Josué de Jesus Souza Moraes. Está respondendo pela unidade judiciária o juiz Flávio Roberto Ribeiro Soares.

Na 2ª Vara do Júri, que tem como titular o juiz Gilberto de Moura Lima, não haverá júris em maio. As sessões de julgamento serão retomadas em junho.

Como medida de prevenção do contágio pelo novo coronavírus  haverá controle de acesso aos salões do júri. É priorizada a entrada de testemunhas processuais, familiares de vítimas e acusados, jurados, promotores de Justiça, defensores públicos e advogados das partes. Os salões também passam por sanitização sempre no dia anterior às sessões que começam às 8h30; as cadeiras dos jurados ficam afastadas para manter o distanciamento mínimo de 1,5m; são feitas marcações nas poltronas destinadas ao público para garantir o distanciamento entre as pessoas; será disponibilizado álcool em gel 70º para uso de todos os presentes. O uso permanente de máscaras é obrigatório para todos.

Por MA10

Vale-transporte

Por José Sarney

Há mais de 30 anos, quando presidente da República, sancionei a lei que instituiu o Vale-Transporte. Quando assumi, o acesso ao trabalho, principalmente nos grandes centros urbanos, era um dos mais sérios das cidades. Primeiro, gerava uma ameaça constante de greves, sendo os transportes deficitários e, com as frotas sucateadas, lutando com um problema insolúvel. O salário do trabalhador, no fim do mês e muitas vezes no meio, não era mais suficiente para o pagamento de seu deslocamento para o trabalho. E, num tempo de inflação alta, ele não tinha como guardar parte de seu dinheiro para atender ao custo das passagens. Consequências: os trabalhadores faltavam muito ao trabalho e ficavam sem dinheiro para suas despesas — a mais fundamental delas a com alimentação.

Esta semana encontrei-me com um grande empresário desse ramo e ele começou a relatar as agruras que está vivendo o setor, pois a epidemia reduziu em 50% o número de passageiros e, com o aumento do preço dos combustíveis e dos veículos, eles precisam de ajuda do governo. A trágica epidemia que vivemos afetou todos os setores. Se o setor de transportes está assim, o que não falar dos pequenos empresários, dos vendedores ambulantes? E do desemprego — a mais terrível de todas as consequências, porque é responsável pela fome, que pode empurrar para a criminalidade. As corporações de venda de droga, crime organizado e milícias, ocuparam a periferia das cidades, atingindo toda a população e sobretudo as crianças, recrutadas pelos bandidos para o destino trágico de vítimas — ou dos traficantes, ou das milícias ou, como esta semana, da polícia.

A fome é o maior problema da humanidade. Nas Nações Unidas, quando era Presidente da República, tive oportunidade de levantar o problema. Eu afirmei que a paz, internacional ou nacional, estava envolvida no desafio social maior, sem a superação do qual não se podia almejar a democracia: ela só asseguraria a liberdade, seu fundamento maior, só se realizaria se superasse a fome. Democracia e liberdade. Liberdade contra a fome. Naquele discurso eu profetizava que o Século 21 seria da socialização dos alimentos. Isto não aconteceu. Era sonho e continuamos com bocas famintas, em todos os lugares do mundo, principalmente na Ásia e na África.

O que mais nos ameaça depois que superarmos essa pandemia — com as medidas recomendadas pelos cientistas e a vacinação de todas as populações — é sermos vencidos pelo desemprego, que aqui no Brasil já era tão profundo, e pela fome.

O empresário do transporte que tratou do problema comigo disse que a mais efetiva medida que já foi feita pelos transportes urbanos foi o Vale-Transporte. Eu acrescento o Vale-Alimentação. Ambos criados por mim, com a visão humanista de ajudar o trabalhador a ir ao trabalho e as bocas famintas a terem sua alimentação. Sem falar no Programa do Leite, em que distribuímos oito milhões de litros por dia às crianças, considerado naqueles anos pela Unesco como o melhor programa de combate à fome e especialmente para a alimentação das crianças.

O tempo passa e todos esquecem, mas o Vale-Transporte e o Vale-Alimentação aí estão, com as mães e os beneficiados ainda lembrando que foi o Programa do Leite que lhes possibilitaram viver.

Que essa pandemia vá embora, que volte a esperança e desapareçam o desemprego e a fome.

sábado, 8 de maio de 2021

Alta de paciente submetido a ECMO é comemorada com alegria e emoção no HU-UFMA

A pandemia da Covid fez com que os profissionais da área da saúde tivessem que travar uma guerra com um inimigo invisível e o Hospital Universitário da UFMA, gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (HU-UFMA/Ebserh) como centro de ensino, pesquisa e assistência não poderia se furtar de entrar nessa luta. Nessa perspectiva, e como uma medida de combate e uso de toda a ciência em prol da vida, o hospital passou a utilizar a técnica de oxigenação do sangue por membrana extracorpórea, mais conhecido por ECMO, em pacientes acometidos pela Covid. E hoje, 07/05, celebra a alta de um paciente que precisou ser submetido a essa técnica por nove dias.

O HU-UFMA é o primeiro hospital público no Maranhão a utilizar a ECMO em pacientes Covid e no final de abril teve o grande êxito de retirar o paciente do Francisco das Chagas Fontenele, 40, da máquina. Internado no hospital no dia 13 de abril, o administrador precisou ser submetido a essa técnica logo no dia seguinte, 14. Ela consiste na retirada do sangue pouco oxigenado que passa por uma membrana artificial que exerce a função do pulmão. A técnica ajuda a eliminar o gás carbônico e a oxigenar o sangue e depois devolve o sangue oxigenado para o paciente. Ele passou pelo processo de retirada no dia 23 de abril, sendo motivo de muita alegria para a equipe e familiares, pela vitória em mais uma etapa na luta contra o coronavírus.

A esposa do paciente, Renata de Cássia Pires, descreve como foram intensos os dias até a chegada da tão esperada notícia que ele apresentava melhoras “Vivemos um processo muito longo e difícil, não só com a questão da saúde, mas também o emocional dele e da família pela forma como tudo foi acontecendo, o risco que ele passou e agora o processo de recuperação. O início dos sintomas foi em 20 de março e de lá para cá grandes batalhas foram sendo vencidas. Após o agravamento dos sintomas e a confirmação da covid ele foi internado em um hospital de Santa Inês no dia 04 de abril. Quatro dias depois precisou ser transferido para um hospital da capital e foi direto para a UTI no qual iniciaram algumas tentativas de reabilitação da função pulmonar”.

No dia 12 de abril o quadro piorou muito rápido e mesmo com a ventilação mecânica ele não respondia. Foi decidido a transferência dele para o HU-UFMA. Como o quadro persistia com a dificuldade de manter a saturação, decidiram iniciar a técnica da ECMO na qual ele ficou por nove dias.

O chefe da Unidade de Cuidados Intensivos Cirúrgicos, Marko Antônio Santos, explica em quais situações se aplica a utilização dessa técnica “Pode funcionar para dar suporte tanto para o pulmão que não esteja funcionando adequadamente com uma oxigenação extremamente baixa como também para dar suporte ao coração quando o mesmo estiver muito fraco, enquanto aguarda se o paciente vai se recuperar, se vai transplantar ou se precisará tomar outra decisão”.

O médico acrescenta ainda que os benefícios são de uma melhora rápida da oxigenação e da manutenção do pulmão repousando para que ele se recupere da agressão causada pelo vírus. “A ECMO se torna uma alternativa para os pacientes com covid que permanecem com uma oxigenação muito baixa, apesar de todas as manobras já realizadas para melhorar, mas ainda assim, não obtiveram resultado positivo”.

Para a família foi um sopro de esperança “Cada dia na ECMO era uma vitória, pois sabíamos que era o último recurso para manter e resgatar a vida dele. Nós enxergamos uma luz no fim do túnel porque ele começou a responder muito bem ao tratamento, desde a instalação e durante todo o processo ele se manteve bem, estável e começamos a escutar notícias melhores através do boletim médico. A situação estava melhorando, ainda se tratava de um quadro muito grave, porém estava reagindo ao tratamento”, reforça Renata de Cássia.

O sentimento de gratidão pelo restabelecimento da saúde do administrador é enfatizado por ela “Gostaria de agradecer a toda equipe da ECMO e da UTI Covid 2 pelo suporte incansável que foi oferecido ao meu esposo, por ele ter tido essa oportunidade, por ter tido uma chance a mais. Sabíamos o quão crítico era o seu estado de saúde. Começamos uma corrente de oração, pedindo muito a Deus pela vida dele, foi a forma que encontramos para ajudar. Ele foi considerado um milagre e está sendo também uma vitória para a equipe de saúde. Os nossos agradecimentos serão enquanto vivermos. Não temos palavras, não temos formas de demonstrar essa gratidão que nós temos. Muito obrigada”.

A superintendente do HU-UFMA participou do singelo momento organizado para celebrar a alta do paciente e enfatizou o papel do hospital “Nos alegramos em poder fazer parte das histórias de superação dos nossos pacientes. Sempre primamos pelo investimento de tecnologias de ponta, pela qualidade do ensino e da assistência prestada para que a sociedade possa ter no Sistema Único de Saúde o melhor atendimento e o mais humanizado também. Toda a equipe do hospital está muito feliz por mais essa vitória alcançada.”

Muito emocionado o Francisco fez questão de deixar uma mensagem para a equipe “Quero agradecer a esses anjos que estiveram comigo durante todos esses dias. Não posso ter outro sentimento que não seja o de gratidão por cada um de vocês. Vocês são maravilhosos. Foi a melhor coisa que fiz na minha vida, foi ter saído da minha cidade para ter tido uma chance aqui com vocês. Me deram a chance de estar vivo, falando, agradecendo. E tenham a certeza que vou levar todos vocês no meu coração.

Saiba mais

O hospital recebeu a primeira máquina para esse tipo de suporte em março de 2010 utilizado em pacientes internados na UTI Cardio do HU-UFMA, que apresentavam problemas graves no pulmão ou no coração, com indicação para realizar oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO).

O hospital conta com dois médicos intensivistas certificados como especialistas desde junho de 2018 pela Extracorporeal Life Support Organization – ELSO, instituição que referencia a utilização da ECMO em todo o mundo. São eles, Léa Barroso Coutinho e Marko Antônio de Freitas Santos, este último também certificado como membro dessa organização.

O intensivista acrescenta que entre os casos atendidos no HU-UFMA a maioria foi de suporte pulmonar. “O primeiro caso que usamos foi em uma paciente que tinha infecção pelo H1N1 que estava com o pulmão muito debilitado. Foi em 2010, quando se aumentou significativamente o número de casos de H1N1.”

Atualmente, o hospital conta com dois aparelhos para desenvolver essa técnica.

Por Diego Emir 

sexta-feira, 7 de maio de 2021

KIT ENXOVAL É ENTREGUE ÀS GESTANTES DE SÃO LUÍS ATRAVÉS DO PROJETO ‘’MULHERES DA GENTE’’

Jovens gestantes do bairro do São Francisco receberam a primeira remessa do kit enxoval, ofertado pelo projeto ‘’Mulheres da Gente’’ nesta sexta-feira (07). Até a próxima semana, serão entregues mais kits compostos por, jogo de lençol, banheira, fraldas, camisetas e calças, toalhas, fraldas descartáveis, sabonetes infantis, pomadas para assaduras, fraldas de banho e boca, conjuntinhos de roupas, meias e luvas, entre outros itens, nas diversas comunidades da capital maranhense.

O projeto social com foco em ações solidárias é liderado pela advogada Clara Gomes, esposa do presidente da Câmara Municipal da cidade, vereador Osmar Filho (PDT).

Para a coordenadora mais entregas ainda serão realizadas.

‘’Hoje pela manhã, em nossa primeira ação “Unindo forças pelas mães gestantes” doamos mais de 50 kits de enxoval para mamães gestantes da região do São Francisco. O sorriso no olhar, a palavra de gratidão e os olhares emocionados nos fizeram ter certeza de que fazer o bem ao próximo sempre vai valer a pena’’ destacou Gomes.

Vale destacar que a equipe de trabalho do projeto está realizando um processo de triagem com as gestantes que necessitam de acompanhamento pré-natal, para direcioná-las para a rede pública, e assim serem atendidas conforme as demandas de cada uma. As mães também foram contempladas com sorteio de brindes, de guarda-roupa, banheira infantil e com diversos itens necessários para a chegada do bebê.

Para Alana Santos, 32, que está à espera do seu segundo filho Arão, o kit chega em boa hora.

‘’Estou desempregada e foi uma benção esse kit. É um projeto incrível e ter uma criança requer investimento, e uma ação como essa chega em um bom momento; agora que meu filho já tem tudo que precisa para nascer, meu desejo é só que ele nasça de forma saudável para alegrar ainda mais a nossa família’’, disse emocionada.

Ainda nesta tarde, a área Itaqui-Bacanga receberá as doações, e neste sábado (08), pela manhã, o projeto irá decolar na Vila Romário, na Associação dos Moradores, e na região do Jardim América.

O movimento Mulheres da Gente (M.G) existe há algum tempo e tem trabalhado concomitante com as ações do vereador voltadas para o público feminino. Desde 2020, o M.G vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as ludovicenses.

Por César Durans

Deputado Wellington solicita visita da CPI da Covid para apurar destino de recursos federais no Maranhão

O deputado estadual Wellington do Curso encaminhou, nessa quinta-feira, ofício ao presidente da CPI da Covid, solicitando que aprecie a possibilidade de visitar o estado do Maranhão para apurar aplicação dos recursos federais. A justificativa do parlamentar é que, durante a pandemia, ficou evidente a malversação de recursos por parte do governador Flávio Dino, que chegou a pagar antecipadamente R$ 4,9 milhões por trinta respiradores que, até hoje, não chegaram aos hospitais maranhenses.

Ao fundamentar a solicitação, o deputado Wellington disse ser essa a única possibilidade para investigar o governador Flávio Dino que, embora cometa absurdos, segue ileso.

“Encaminhei ofício ao presidente da CPI da Covid, solicitando que aprecie a possibilidade de visitar o estado do Maranhão para apurar aplicação dos recursos federais destinados ao combate ao coronavirus. Só em 2020, o governador Flávio Dino chegou a pagar antecipadamente R$ 4,9 milhões na compra dos primeiros trinta respiradores que, até hoje, não chegaram aos hospitais maranhenses. Depois mais R$ 4,3 milhões referente a 50% do pagamento de mais 40 respiradores. E nessa segunda compra só foi devolvido parte do dinheiro após nossa denúncia. E o restante? Quem vai arcar com o prejuízo? Já tentei instaurar uma CPI da Saúde aqui no Maranhão, mas Flávio Dino, que controla tudo, impede que isso seja possível. Os desvios de recursos públicos implicam em mortes de muitos maranhenses que poderiam ser salvos, se houvesse respiradores à época, por exemplo. Isso tem que ser apurado e os culpados devem ser responsabilizados. Nos últimos meses, a Covid matou mais de 7 mil pessoas no Maranhão e esse número poderia ser menor se a corrupção não dominasse o nosso Estado”, concluiu o deputado Wellington.

Por Daniel Matos 

Bairro Sá Viana recebe cadastros na tarifa social baixa renda e outros serviços nesta sexta-feira (07)

As ações fazem parte do projeto E+ Comunidade da Equatorial Maranhão

Pensando em atender as necessidades das comunidades, a Equatorial Maranhão, por meio do projeto E+ comunidade, realiza uma grande ação de cadastros na tarifa social de energia elétrica para famílias de baixa renda, troca de lâmpadas comuns por outras de consumo eficiente, dentre outros serviços que visam facilitar a vida do consumidor. A ação ocorre nesta sexta-feira (7), das 9h às 12h, e das 13h às 17h, na Associação de Clube das Mães do bairro Sá Viana.

Para participar da ação é preciso que o cliente da Equatorial leve seu RG, CPF, conta de energia e o NIS (Número da Identificação Social). Já para participar da troca de lâmpadas é necessário também levar até 5 lâmpadas incandescentes ou fluorescentes (em funcionamento) e trocar gratuitamente por lâmpadas de LED, que consomem menos energia e ajudam a diminuir a conta de luz.

Haverá também cadastros na promoção Energia em Dia para participar dos últimos sorteios, que ocorrerão na última sexta-feira de maio e de junho. Além disso, o projeto E+ Reciclagem estará presente para receber resíduos recicláveis que valem bônus na conta de energia. Para participar é preciso levar papéis (livros, cadernos, jornais, etc; plásticos (embalagens, sacos, garrafas pet etc), latas (de refrigerante, cerveja, leite, etc) tetra pak (caixinhas de leite, creme de leite, milho verde, extrato de tomate etc), tudo limpo e seco para poder ser pesado e gerar o bônus na conta.

É preciso lembrar que os clientes devem atender a todos os requisitos como o uso obrigatório de máscara, manter o distanciamento social e levar os documentos informados.

Por Daniel Matos 

Avanços da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SEMSA) ganham destaque na Gestão Braide

Em um ano em que a pandemia explicitou o abismo socioeconômico em nossa cidade, o prefeito Eduardo Braide tem mostrado que investir em políticas públicas de segurança alimentar é fundamental para combater a fome e melhorar os indicadores sociais. Nos cinco meses da Gestão Braide, a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (SEMSA) contabiliza diversas ações para melhorar a qualidade de vida dos ludovicenses. Esses avanços se devem ao comprometimento do secretário Júnior Vieira, titular da SEMSA, que vem deixando a secretaria mais atuante e eficiente.

Somente com a execução da 1ª etapa do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos, a SEMSA gerou renda para 93 agricultores ao comprar 50 toneladas de alimentos da agricultura familiar beneficiando 3.300 famílias de São Luís com doações de cestas básicas, repletas de produtos comprados pela Prefeitura direto do pequeno agricultor.

Ao fortalecer o PAA, o secretário Júnior Vieira mostrou como o programa é um dos instrumentos mais ágeis para fortalecer a agricultura familiar e socorrer pessoas em situação de vulnerabilidade
Para quem não tem renda certa, como eu, essa ajuda é muito importante para garantir o alimento da família”, disse o autônomo Francisco Rodrigues, um dos beneficiados pelo PAA.

Além do PAA, a SEMSA se destacou durante a Semana Santa com a ampla distribuição de peixes na edição 2021 do Programa Peixe na Mesa, entregando cerca de 125 toneladas de peixes em vários bairros de São Luís. 

Vale destacar ainda que após assumir o comando da SEMSA, o secretário Júnior Vieira organizou a pasta e priorizou buscar parcerias para a ampliação dos programas existentes.Com o apoio do prefeito Eduardo Braide e do deputado federal Aluísio Mendes, o secretário esteve em Brasília para reunião com o Ministro da Cidadania, João Roma, e o SecretárioNacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, Celso Toshito Matsuda.

Na pauta, foram debatidas ações para aumentar os contemplados do PAA; a implantação do Banco Municipal de Alimentos; implantação de cozinhas comunitárias fixas e móveisaquisição de equipamentos e máquinas para a produção rural; aquisição de alimentos para distribuição de cestas básicasentre outras ações.

Com a marca da seriedade na gestão, a SEMSA também organizou ações importantes, como a entrega de 300 cestas de alimentos,montadas com as doações da vacina solidáriapara as famílias vulneráveis da comunidade da Vila Nova República. Essa ação foi coordenada pela primeira-dama do município, Dra. Graziela Braide 

SEMSA segue atuante para ampliar os demais programas da secretaria, tais como: o Programa Leite na Escola; a gestão e execução da Cozinha Comunitária da Vila Cascavel; promoção de ações de educação alimentar à terceira idade e capacitação de vendedores ambulantes entre outras ações.

O prefeito Eduardo Braide tem a saúde como prioridade e fortalecer as ações de segurança alimentar, significa saúde para a nossa população“, afirmou Júnior Vieira.

Por Blog do Ligeiro 

Edvaldo é descartado do PDT se oferece para o PL e recebe um grande NÃO

Na amanhã desta sexta-feira o ex-prefeito de São Luis  Edvaldo Holanda postou em suas redes sociais que estaria saindo do partido PDT(partido do pré-candidato a Governador Weverton) e que iria tomar outros rumos partidários para 2022.

Enganado pelo Palácio dos Leões Edvaldo agora acha que pode concorrer ao cargo de Governador nas próximas eleições, para isso saiu em  busca de um partido que apoie esse devaneio maluco do qual ele acredita.

Nos bastidores o ex-prefeito saiu espalhando que iria embarcar no partido PL( do também pré-candidato Josemar) dizendo que seria uma espécie de terceira via para o grupo liderado por Flávio Dino.

Líder absoluto de mais de 40 prefeituras ,só do PL, e mais 20 outras de partidos aliados, Josimar falou com o Blog e disse que a ultima vez que conversou com Edvaldo foi em 2016 na composição para sua reeleição e que de lá pra cá Josimar só tem tido decepções com o ex-prefeito que não cumpriu nenhuma promessa de campanha acordado na época com o aval do seu líder Weverton Rocha.

” Se eu já disse NÃO para o Governador quando me pediu para apoiar o candidato do grupo dele, por que iria aceitar um outro pré-candidato no meu grupo?” disse Josimar, confirmando sua decisão de sair candidato a Governador em 2022

Resta agora ao menino Edvaldo correr para os braços de Flávio Dino e aguardar qual será o partido do “BALAIO DE GATO” que o Governador possui que acredite na aventura do ex-prefeito com cara de “santinho”

Por Werbeth Saraiva

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Soldado que matou ex-mulher é expulso da Polícia Militar do MA

Carlos Eduardo Pereira não é mais soldado da Polícia Militar do Maranhão.

Acusado do assassinato a ex-mulher, Bruna Lícia Fonseca Pereira, 23, e do suposto namorado dela, José William dos Santos Silva, 24, na Vicente Fialho, em janeiro de 2020 (reveja), o soldado teve sua expulsão confirmada no Diário Oficial do Estado.

Bruna Lícia Pereira e José Willian dos Santos foram assassinados no quarto do apartamento onde ela viveu com o, agora, ex-PM (saiba mais).

Por Gilberto Léda 

Eta Aquáridas: Chuva de meteoros atinge pico nesta quinta; evento é visível no céu do Brasil

A chuva de meteoros Eta Aquáridas alcançou seu pico nesta quinta-feira (6) no Hemisfério Sul. Esses meteoros são resquícios da passagem do cometa Halley. A chuva de meteoros começou em 19 de abril e deve ser visível até 28 de maio, mas seu pico ficou concentrado entre os dias 4, 5 e 6 deste mês, sendo possível observar até 30 meteoros por hora.

No Brasil, assim como nos demais países da América Latina, a visão a visão do fenômeno é favorecida devido à posição da constelação em relação aos países do hemisfério sul.

A estimativa é que o melhor horário para observar o fenômeno foi entre 2h e 4h, quando a constelação de Aquário ficou um pouco mais alta no céu.

Como as chuvas de meteoro ocorrem

A chuva de meteoros acontece quando o nosso planeta atravessa o rastro de poeira e detritos deixado por um cometa ao se aproximar do Sol.

No caso da Eta Aquáridas, a Terra cruza o caminho feito pelo cometa Halley, que fez sua mais recente passagem pelo sistema solar em 1986. As partículas deixadas pelo Halley não são apenas de sua última passagem, mas também de resquícios deixados pela sua trajetória há centenas de anos. Sua próxima aparição na Terra será no ano de 2061.

Quando essas partículas entram na atmosfera terrestre, elas se desintegram deixando um rastro colorido e brilhante no céu.

A Terra cruza a trajetória do Halley duas vezes ao ano. A primeira ocasiona a chuva Eta Aquáridas e a segunda, a Oriónidas, que ocorre em outubro.

Como observar a chuva Eta Aquáridas

Não é necessário nenhum equipamento para ver o fenômeno, apenas olhar para o céu. Entretanto, quanto mais escuro estiver o céu, melhor será a observação da chuva de meteoros.

Por isso, é importante saber a posição da Lua e quão brilhante ela estará, além de evitar interferência luminosas artificiais, como luzes da cidade.

Por G1

Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em maio podem sacar, a partir de hoje (6) a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 15 de abril.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro podia ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Por Agência Brasil 

“Tratamos de política e sobre a construção de um projeto majoritário”, afirma Weverton sobre encontro com Lula

O senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato ao Governo do Maranhão, revelou nesta noite, durante entrevista concedida ao Programa Ponto Continuando, da Rádio Educadora AM 560, apresentado pelos jornalistas Clodoaldo Corrêa, Glaucio Ericeira e Rogério Silva, mais detalhes sobre o encontro que teve com o ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva (PT), ocorrido ontem em Brasília.

“Conversamos sobre política. Nós somos de campos políticos que têm afinidade. Sempre tive relação pública com o PT, com o presidente Lula e com a presidente Dilma. Sempre defendi este nosso campo progressista e nossa afinidade foi construída ao longo do tempo. Tanto que a bancada do PT no Senado fez questão de participar [da reunião] e também está fazendo questão de ajudar na condução deste debate por que sabe que eu sempre fui um aliado leal”, afirmou o pedetista, deixando claro que a construção de um projeto majoritário para o Maranhão, em 2022, também foi pauta do encontro com Lula.

O senador desmontou fake news plantado em alguns veículos de imprensa sugerindo que Ciro Gomes, pré-candidato do PDT a Presidência da República, teria ficado insatisfeito com a conversa entre ele e o ex-presidente.

“Antes do encontro com o presidente Lula, liguei para o Ciro e para o Lupi, presidente nacional do PDT, e conversei abertamente. Conversei com o Lupi e com o deputado André Figueiredo, líder do partido na Câmara, em minha casa durante um almoço. Portanto, essa informação plantada é de quem sempre errou os prognósticos. PT e PDT tem relação histórica. Além disso, o Ciro, que é um gestor exemplar e testado, tem o direito de ter o posicionamento dele”, disse.

Weverton lembrou que, em 2018, o grupo político do qual ele faz parte ofereceu palanque para dois candidatos à Presidência, quais sejam Fernando Haddad (PT) e o próprio Ciro.

“O presidente Lula, ontem, também colocou muito claro: ele não vê problema nenhum em ir para o palanque aonde o meu partido esteja com Ciro Gomes. Para ele isso é tranquilo, está superado e quem estiver torcendo e achando que isso é impeditivo vai se frustrar com certeza””.

O senador afirmou que mantém excelente relação com o petismo maranhense, cenário que irá se fortalecer cada vez mais, se depender dele.

Sobre as articulações à nível nacional, tendo a pré-candidatura de Lula como foco projeto principal, Weverton disse que é consenso entre os partidos que não gravitam na órbita do governo Bolsonaro o sentimento de união para derrotar o capitão reformado do Exército e fazer com que o Brasil volte a ter uma agenda positiva de desenvolvimento.

O parlamentar também disse ser favorável a uma parceria institucional entre Governo do Estado e Prefeitura que beneficie a capital São Luís e o seu povo.

Por Gláucio Ericeira

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Justiça libera 722 presos na saída temporária do Dia das Mães

A 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca da Ilha de São Luís (1ª VEP) divulgou a lista com os nomes dos 722 apenados com direito à saída temporária do Dia das Mães. Os beneficiados foram autorizados a sair nesta quarta-feira (05) às 9h, devendo retornar às unidades prisionais até as 18h do dia 11 de maio (terça-feira). 

A juíza Lidiane Melo de Souza, respondendo pela 1ª VEP, cientificou a Secretaria de Estado de Administração que os dirigentes dos estabelecimentos prisionais da Comarca da Grande Ilha de São Luís devem comunicar à Vara de Execuções Penais até as 12h do dia 14 de maio o retorno dos internos e/ou eventuais alterações.

Os apenados foram autorizados a sair das unidades prisionais para a visita aos seus familiares no Dia das Mães por preencherem os requisitos dos artigos 122 e 123 da Lei de Execução Penal. Os beneficiados devem cumprir várias restrições como não frequentar festas, bares e similares, entre outras determinações.

Fonte: Corregedoria Geral de Justiça

terça-feira, 4 de maio de 2021

Quem é a Montanha e Quem é Maomé?

“Nós (governo estadual) temos aguardado a manifestação do prefeito (Braide), ele ainda não fez nenhuma manifestação acerca disso (aproximação politica). Tenho certeza que assim que o fizer, terá toda a reciprocidade do governador Flávio Dino.

Agora, é uma iniciativa que, certamente, deve partir do prefeito, em torno de uma pauta para a cidade. Afinal, ele é o gestor municipal e tem a responsabilidade de cuidar da cidade e, portanto, buscar parcerias.” Secretário Estadual de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Marcio Jerry.
A lógica presente nessa fala do Sec. Márcio Jerry é bastante interessante!

Pena que nem ele e nem o governador Flávio Dino a seguem. É qualquer coisa do tipo: “- Faça o que eu te digo. Mas, não faça o que eu faço!” Dino é o “gestor” do governo estadual. Dino tem o dever de buscar parcerias para mais e melhor gerir. Dino e Jerry buscaram quais parcerias junto a Bolsonaro? Enquanto São Luís – administrada pelo Braide – é a segunda capital brasileira a, proporcionalmente, mais vacinar e com um dos melhores índices de desempenho operacional frente à crise pandêmica, o Maranhão de Dino e Jerry apresenta mais de 20 mil novos casos de infectados e um gráfico preocupante para o desenho do COVID-19.

Se os números da capital são positivos e isso acontece sem a participação do governo estadual, a quem mais interessa uma aproximação para beneficiar-se desse bônus? É fato que todo o nosso povo de São Luís e do Maranhão ganha com uma parceria Estado/Município.

Porém, também é fato que as eleições do ano que vêm são de âmbito estadual e, portanto, é de interesse do governador coroar a sua sofrível estada de 7 anos sentado nos Leões, fazendo algo que o referende a pedir votos para si ou para outros aliados.

E para ter esse respaldo no maior Colégio Eleitoral do Estado que ele diz “governar”, faz-se necessário muito mais que apenas asfaltar algumas ruas. Para ter sucesso em qualquer empreitada política para a qual se proponham, Jerry e Dino sabem que são eles que precisam descer do pedestal e depois descerem dos saltos.

Agora, se a tolice e a arrogância darão lugar à sabedoria e à humildade, aí papai, só o tempo dirá! E enquanto isso Weverton Rocha segue crescendo e se fortificando! Mas, essa é uma outra prosa para um outro dia. “- Pensem no que eu digo e repensem o que vocês fazem!” 

Por Fábio Câmara 

A pedido do MPF, Justiça Federal proíbe Caema de continuar lançando esgoto não tratado em rios e praias de São Luís


Empresa terá 6 meses para consertar seus equipamentos defeituosos e a Sema deverá realizar o monitoramento e publicar os relatórios em seu site

A partir de ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão, a Justiça Federal determinou que a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) se adeque aos parâmetros do licenciamento ambiental para o lançamento de efluentes líquidos e sólidos pelas suas estações de tratamento de esgoto (ETEs), no prazo de até seis meses. Defeitos nesses equipamentos e nas estações elevatórias de esgoto (EEEs) ocasionam a poluição de praias, manguezais e rios de São Luís (MA) com esgoto não tratado.

Além disso, o Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), terá que realizar o monitoramento e publicar relatórios em seu site. Será aplicada, ainda, multa diária no valor de R$ 50 mil reais, caso a Caema ou o Estado descumpram as determinações.

Segundo a decisão, a Justiça Federal reconheceu o mau funcionamento de um conjunto de equipamentos da Caema, como as estações de tratamento do Jaracaty, Bacanga e Vinhais, além de diversas estações elevatórias, o que foi comprovado por análises laboratoriais de amostras do esgoto e do efluente tratados, produzidas por laboratórios contratados para esse fim pela própria empresa, e por vistorias realizadas pelo MPF e pelos órgãos ambientais.

Ineficácia

Mesmo equipamentos mais novos, como a ETE Vinhais, não funcionam corretamente e, como resultado, as estações elevatórias de esgotos, que servem para conduzir os esgotos até o local de tratamento, apresentam frequentes problemas, em virtude de panes, extravasamentos e falta de medidas para conter os vazamentos.

Em alguns casos, foi verificado que os esgotos são simplesmente liberados, como acontece no rio Pimenta e na praia do Olho D’água, em outros verificou-se problemas recorrentes nas estações de tratamento, especialmente, com os sistemas de ozonização, além de diversas fases de descontaminação. De acordo com o MPF, o Estado do Maranhão tem se omitido de seu dever de providenciar as medidas necessárias à correção do problema, que causa degradação ambiental.

Para o procurador da República Alexandre Soares, autor da ação, “no lugar de promover a condução dos esgotos por meio das elevatórias ou de realizar seu tratamento nas estações, os equipamentos defeituosos lançam efluentes sem depuração completa, causando prejuízo direto à áreas de manguezal nos rios Anil e Bacanga, além das praias, a partir dos rios Pimenta e Calhau. Essas situações se repetem ao longo do tempo e prejudicam sensivelmente a qualidade ambiental na capital”, afirmou.

A Caema alegou questões processuais, entre elas suposta incompetência da Justiça Federal, além de inviabilidade técnico-orçamentária e que já havia tomado providências. Mas a Justiça rejeitou todos esses argumentos, pois os efluentes não tratados são lançados em áreas de manguezais e praias, que são de responsabilidade da União, e os gastos para manutenção do sistema de tratamento já estariam previstos no Plano de Gestão Ambiental apresentado pela empresa para a obtenção do seu licenciamento ambiental.

As vistorias realizadas após a empresa ter informado sobre os consertos indicaram que as falhas persistem, pelo menos em parte. Além disso, o MPF comunicou as várias vistorias realizadas pelos seus técnicos e encaminhou os laudos para a Caema. No entanto, os problemas não foram solucionados e houve dificuldade em obter informações da empresa.

Por Daniel Matos 

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Em crianças, covid-19 pode apresentar sintomas diferentes, diz USP

Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) e do Instituto Adolfo Lutz constataram que crianças e adolescentes infectadas com covid-19 podem apresentar sintomas clínicos diferentes dos tradicionais, ou seja, distintos dos sintomas habitualmente causados pela doença respiratória aguda, como febre, tosse e desconforto respiratório, causadas por lesões severas causadas pelo SARS-CoV-2 nos alvéolos pulmonares.

Segundo a pesquisa, crianças saudáveis, infectadas pela covid-19, podem apresentar lesões inflamatórias extrapulmonares, como miocardite no coração e colite – inflamação do cólon intestinal. A forma atípica de covid-19 é chamada Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P).

Os resultados do estudo, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foram publicados em artigo na revista EClinicalMedicine, do grupo Lancet. Os pesquisadores realizaram a autópsia de cinco crianças que faleceram em decorrência da covid-19 em São Paulo, sendo um menino e quatro meninas, com idade entre 7 meses e 15 anos.

“É importante que os pediatras atentem para essas possíveis manifestações clínicas diferentes de covid-19 em crianças e adolescentes para que a infecção seja diagnosticada e a SIM-P tratada mais rapidamente”, disse à Agência Fapesp, a pesquisadora Marisa Dolhnikoff, professora da FM-USP e coordenadora do projeto.

A pesquisa

De acordo com a Agência Fapesp, os pesquisadores realizaram a autópsia das cinco crianças que faleceram em decorrência da covid-19: duas crianças tinham doenças graves antes da infecção pelo SARS-CoV-2 – uma tinha câncer e outra uma síndrome genética congênita – e as outras três eram saudáveis e desenvolveram a SIM-P. Uma delas apresentou inflamação cardíaca (miocardite), outra inflamação intestinal (colite) e a terceira encefalopatia aguda, que desencadeou convulsões.

Segundo a pesquisa, a SIM-P nas crianças pode ocorrer alguns dias ou semanas após a infecção pelo SARS-CoV-2 e, até agora, pensava-se que essa reação inflamatória exagerada acontecia independentemente de o vírus ainda estar presente no organismo, como resultado de uma reação imune.

As constatações feitas por meio do estudo, no entanto, trazem evidências de que as manifestações da SIM-P são desencadeadas também pela ação direta do novo coronavírus nas células dos órgãos infectados.

“Não estamos dizendo que o que está descrito até agora sobre a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica está errado, mas acrescentamos a constatação de que a própria lesão causada nos tecidos pelo vírus está relacionada e, muito provavelmente, é um componente importante para a indução dessa resposta inflamatória exagerada em crianças”, ressalta Dolhnikoff.

Por: com informações da Agência Brasil 

Equatorial esclarece suspensão do fornecimento de energia durante a pandemia

Como concessionária do serviço público federal, a Equatorial Maranhão esclarece que cumpre rigorosamente os critérios legais sobre a suspensão no fornecimento da energia elétrica, conforme descrito nas Resoluções Normativas da ANEEL. Cabe informar que em 26 de março de 2021, a ANEEL estabeleceu novas diretrizes válidas até dia 30 de junho de 2021, que foram implementadas pela Equatorial Maranhão. Dentre as medidas anunciadas pela agência reguladora, está a suspensão do corte no fornecimento para serviços essenciais, tais como hospitais, postos de saúde e locais de vacinação, e para os clientes classificados como Tarifa Social Baixa Renda.

É necessário destacar, que desde o início da pandemia, a Equatorial Maranhão, juntamente com Governo do Estado e as Prefeituras Municipais, adotou medidas para garantir o cadastro e a inclusão dos mais de 920 mil clientes beneficiados na Tarifa Social Baixa Renda.

De acordo com a Constituição Federal, somente a União detém competência para legislar sobre energia elétrica. Havendo conflito entre leis estaduais, municipais e a Constituição Federal, esta última deve prevalecer.

Portanto, diferente do que vem sendo divulgado, a suspensão do fornecimento para clientes que não estão contemplados na nova medida da ANEEL, anunciada em março de 2021, está permitida e pode ser realizada por qualquer concessionária do Brasil.

Vale salientar que, por questões de segurança, a Equatorial tem obrigação de fiscalizar aqueles clientes que tiveram sua energia suspensa por inadimplência, conforme determina a lei. Essas fiscalizações ocorrem a qualquer dia da semana e para aqueles que se encontram com religação irregular, a empresa faz a regularização.

Orientamos ainda aos clientes, a jamais realizarem religação por conta própria, pois esta é uma prática ilegal que pode colocar sua vida e a de terceiros em risco. A orientação é buscar os canais de atendimento para negociação de seus débitos, e em caso de suspensão do fornecimento solicitar a religação à Equatorial Maranhão.

Vale informar também que a distribuidora ampliou as facilidades para pagamento da fatura de energia elétrica e adotou diversas medidas para promover a negociação, sendo elas:

•Negociação/parcelamento das faturas através do site www.equatorialenergia.com.br; •Pagamento com cartão de crédito em até 12 vezes pelo site http://www.equatorialenergia.com.br;

• A fatura de energia elétrica agora é boleto e, pode ser paga em qualquer banco ou correspondente bancário.

Por Daniel Matos 

Lula reúne com Weverton e Sarney

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chega hoje (03) a Brasília para sua primeira viagem nacional após a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de anular as condenações da Lava Jato.

A agenda não foi divulgada nem os encontros confirmados oficialmente, mas ele deverá se encontrar com políticos e autoridades de partidos de esquerda — além de tentar se reunir com caciques do MDB. Lula é hoje o principal presidenciável da oposição para as eleições de 2022 contra Jair Bolsonaro (sem partido).

Entre as reuniões de Lula, dois encontros com maranhenses estão previstos. Com o ex-presidente José Sarney e com o senador Weverton.

Por Marrapá

sexta-feira, 30 de abril de 2021

MPMA requer que toda a frota de ônibus em São Luís seja posta em operação


Em Ação Civil Pública, a 18ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde de São Luís pede que a Justiça determine, em medida liminar, que todos os ônibus do transporte coletivo de São Luís sejam colocados em operação num prazo de 72 horas.

O objetivo da medida é diminuir a lotação nos coletivos e fazer cumprir as medidas de distanciamento social necessárias ao controle da propagação do novo coronavírus (Covid-19).

São alvos da Ação o Estado do Maranhão, o Município de São Luís, a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), o Consórcio Taguatur Ratrans – Consórcio Central, o Consórcio Via SL Ltda., o Consórcio Upaon Açu e a Viação Primor Ltda.

A Ação vem após o recebimento de uma representação pela Promotoria. Dos 871 ônibus cadastrados nas 171 linhas de transporte urbano em São Luís, apenas 668 estão em operação.

No entendimento do membro do Ministério Público, os acionados estão descumprindo a legislação vigente ao permitir que os usuários do sistema de transportes sejam expostos a riscos de contaminação desnecessários e evitáveis por “não ser possível garantir o distanciamento social e interpessoal em veículos com superlotação, prejudicando a eficácia das medidas de prevenção do contágio e do combate à propagação da transmissão da Covid-19”.

O documento prevê ainda o aumento de um coletivo para cada uma das 13 linhas de transporte semiurbano, além da lotação máxima de 40 passageiros nos veículos convencionais e 59 nos articulados. Todos os passageiros devem ter lugar para sentar nos coletivos.

O MPMA pede ainda vistorias por oficiais de justiça e multa de R$ 10 mil por dia de descumprimento da decisão judicial.

Por Luís Pablo

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Lei que aprova crime de stalking e perseguição via internet foi sancionada


O deputado federal Hildo Rocha trabalhou pela aprovação da lei que criminaliza crimes de perseguição, delito que também recebe a denominação de stalking. A nova lei já está em vigor, foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O crime de stalking é definido como perseguição reiterada, por qualquer meio, como a internet (cyberstalking), que ameaça a integridade física e psicológica de alguém, interferindo na liberdade e na privacidade da vítima.

A Lei 14.132, de 2021, que tipifica o crime de perseguição, altera o Código Penal (Decreto-Lei 3.914, de 1941) e prevê pena de reclusão de seis meses a dois anos e multa. Antes, a prática era enquadrada apenas como contravenção penal, que previa o crime de perturbação da tranquilidade alheia, punível com prisão de 15 dias a 2 meses e multa.


“A promulgação dessa nova norma é uma boa notícia. A Lei 14.132, que institui o crime de perseguição ou stalking, passa a integrar o artigo 147A do Código Penal. Trabalhei intensamente para que o projeto fosse aprovado aqui na Câmara dos Deputados. O presidente Bolsonaro sancionou na íntegra o projeto que agora é lei”, destacou Hildo Rocha.

Penalidades – O parlamentar ressaltou que no Brasil stalking não era considerado crime era apenas uma contravenção penal leve.

“A partir de agora quem cometer esse crime terá pena de reclusão de seis meses a dois anos além de multa. Caso o crime seja cometido contra criança, adolescente, idoso ou contra mulher por razões de gênero terá pena aumentada em 50%”. O acréscimo na punição também é previsto no caso do uso de armas ou da participação de duas ou mais pessoas”, grifou Hildo Rocha.

A nova lei também revoga o Artigo 65 da Lei de Contravenções Penais (Decreto-Lei 3.688, de 1941), que previa o crime de perturbação da tranquilidade alheia com prisão de 15 dias a 2 meses e multa. A prática passa a ser enquadrada no crime de perseguição.

Por Jorge Aragão

Trio maranhense é convocado para a Seleção Brasileira de Beach Soccer



Atletas foram chamados para um período de treinos visando à disputa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo da Rússia.

Nos últimos anos, o Maranhão tornou-se um celeiro de talentos no beach soccer. O trabalho desenvolvido pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) para fortalecer a modalidade no Estado tem rendido muitos frutos nas areias. Prova disso é que os atletas maranhenses têm conseguido cada vez mais espaço no cenário nacional e mundial do esporte.

Nesta semana, Datinha, Gerlan e Bobô – três talentosos e promissores jogadores maranhenses – foram convocados para a Seleção Brasileira para um período de treinos visando a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo da Rússia. O trio foi destaque na última edição do Campeonato Brasileiro de Beach Soccer, realizado no fim de 2020, na arena montada no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. Comandado por grandes atuações de Datinha, Gerlan e Bobô, o Sampaio Corrêa terminou o torneio nacional com o vice-campeonato.


Eleito o craque do Brasileiro 2020, Datinha é hoje referência na Seleção Brasileira e figura constante nas convocações do técnico Gilberto Costa. Já Gerlan e Bobô começam a ganhar espaço na lista e têm boas chances de defender o Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas e na Copa do Mundo, caso a Seleção Brasileira confirme sua vaga para a Rússia.

Os 18 atletas (3 goleiros e 15 jogadores de linha) convocados para a Seleção Brasileira se apresentam na semana que vem no Rio de Janeiro. Os treinos ocorrerão a partir do dia 3 de maio e prosseguem até o dia 9. Será a primeira vez que a seleção conseguirá treinar no ano de 2021. A última convocação aconteceu no fim de novembro do ano passado, logo após a realização da Etapa Final do Campeonato Brasileiro de Beach Soccer. A Copa do Mundo FIFA – Rússia 2021 será realizada em Moscou, de 19 a 29 de agosto.

Por Daniel Amorim

Anvisa vistoria instalações da Fiocruz onde será produzida vacina

Visita está sendo realizada desde segunda-feira


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou hoje (28) que a planta industrial onde será produzido o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina contra covid-19 está sendo visitada nesta semana por técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Desde segunda-feira (26), eles estão verificando as condições técnico-operacionais do espaço e analisando documentos. A inspeção deve ser concluída na sexta-feira (29).

Instituição científica vinculada ao Ministério da Saúde, a Fiocruz possui um acordo com a Universidade de Oxford e com a farmacêutica inglesa AstraZeneca para fabricar no Brasil a vacina Covishield. O imunizante já está sendo usado no país desde janeiro, quando as primeiras doses foram importadas da Índia.

A Fiocruz passou a produzi-lo larga escala em março. O IFA, no entanto, ainda precisa ser importado. Ele é fundamental na formulação da vacina porque traz a informação que faz com que o organismo comece a preparar suas defesas contra o vírus invasor. Sua produção ocorrerá no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos), localizado no Rio de Janeiro.

“A inspeção é um importante passo para viabilizar a produção do imunizante de forma 100% nacionalizada, a partir da transferência de tecnologia. As adaptações da área principal e a aquisição dos equipamentos necessários aos processos aconteceram em apenas seis meses, tendo sido realizados os testes de qualificações dentro do cronograma planejado”, diz em nota a Fiocruz.

A Anvisa, órgão de regulação vinculado ao Ministério da Saúde, tem entre suas atribuições avaliar e aprovar de forma técnica o uso de vacinas no Brasil. A produção do IFA pela Fiocruz também precisa do seu aval.

Outras vacinas

Além da Covishield, a outra vacina está sendo usada no Brasil para combate à covid-19 é a CoronaVac. Ela também está sendo produzida no país, pelo Instituto Butantan. O centro de pesquisa biomédica vinculado à Secretaria de Saúde de São Paulo firmou um acordo com a Sinovac, laborátório chinês que desenvolveu o imunizante. O IFA dessa vacina também precisa ser importado.

Tanto a CoronaVac como a Covishield receberam inicialmente o aval da Anvisa para uso emergencial em meio à pandemia. Em março, o imunizante desenvolvido pela parceria entre Universidade de Oxford e a AstraZeneca obteve o registro definitivo.

A vacinação ganhará nas próximas semanas o reforço da vacina produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioNtech. Trata-se de outro imunizante que já possui o registro definitivo do órgão de regulação brasileiro. Ele foi concedido em fevereiro. Seu primeiro lote deve chegar ao país amanhã (28).

Há uma quarta vacina que conta com o aval da Anvisa para uso no país. Ela é produzida pela Janssen, braço farmacêutico da multinacional Johnson & Johnson. A fabricante teve aprovada sua solicitação para uso emergencial do imunizante em março. A entrega dos primeiros lotes está prevista para agosto.

Na segunda-feira (26), a Anvisa decidiu negar a dez estados o pedido para importação e uso emergencial da Sputnik V, vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia. Segundo o órgão, há falhas e pendências na documentação apresentada pelo fabricante.

Por Yumi Wada

Senado fará homenagem a Sarney em Sessão Especial


O Senado fará uma sessão especial, em data que ainda será confirmada, para homenagear o ex-presidente da República e ex-senador José Sarney pelos 91 anos que completou no dia 24 de abril. O requerimento para a homenagem, apresentado pelo senador Nelsinho Trad (PSD-MS), foi aprovado nesta terça-feira (27) durante sessão deliberativa remota.

No requerimento, Nelsinho Trad relembra fatos marcantes durante a trajetória de Sarney, como a Constituição de 1988, aprovada enquanto ele era presidente da República. Também foram lembradas as quatro vezes em que ele presidiu o Senado, nos cinco mandatos que teve na Casa, e sua obra literária, que o levou a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras.

Ao justificar a homenagem, Nelsinho Trad citou trecho do livro Fahrenheit 451, de Ray Bradbury: “Nós somos todos constituídos de bocados, de extratos de história, de literatura, de direito internacional. (…) E se nos perguntarem o que fazemos, podeis responder: ‘Recordamo-nos’”.

O requerimento foi subscrito pelos senadores Luiz do Carmo (MDB-GO), Eduardo Braga (MDB-AM), Rose de Freitas (MDB-ES), Marcelo Castro (MDB-PI), Lucas Barreto (PSD-AP), Simone Tebet (MDB-MS) e Eduardo Gomes (MDB-TO).

Por Jorge Aragão