segunda-feira, 10 de maio de 2021

Dr Gutemberg repercute matéria do Fantástico sobre mulheres em situação de hipossuficiência

Desde que começou a pandemia, o vereador tem desenvolvido inúmeras ações neste sentido. A mais recente foi na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE), com a qual tem contribuído com a destinação de recursos de emendas parlamentares e de cestas básicas e outros itens para a manutenção do trabalho desenvolvido pela instituição.

Também vem apoiando ativamente projetos como o Mulheres da Gente, que tem a coordenação de sua esposa, a advogada Clara Gomes e, que desde 2020 vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as mulheres da capital maranhense.

Nesta semana, em alusão ao Dia das Mães, está distribuindo kits enxoval para mulheres gestantes em vulnerabilidade financeira, que precisam se manter isoladas por causa dapandemia da covid-19.

Por Suellen Soares 

Osmar Filho e lideranças políticas seguem com doações de cestas básicas para amenizar impactos da pandemia

Em uma corrente de solidariedade para amenizar os impactos da pandemia, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), tem se unido a outros representantes da política maranhense no sentido de incentivar a participação mais efetiva daqueles que têm mais condições a doar alimentos aos mais carentes, desempregados e autônomos afetados neste período.

Na última sexta-feira (7), junto com o senador Weverton Rocha (PDT), com deputado estadual Neto Evangelista (DEM), os também vereadores Chico Carvalho (PSL), Álvaro Pires (PMN), Silvana Noely (PTB) e Astro de Ogum (PCdoB) e, lideranças comunitárias da cidade, o pedetista esteve na Zona Rural de São Luís para fazer a entrega de cestas básicas aos moradores da comunidade da Ribeira e do Residencial Vila Samara.

No sábado (8), Osma Filho também participou de ações semelhantes organizadas pelos vereadores Marquinhos (DEM), na região da Vila Luizão/ Divinéia; Chaguinhas (Podemos), na Vila Ayrton Senna; Domingos Paz (Podemos), no Anjo da Guarda; e Inácio Ferreira (PTB), no município de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.

”Fico feliz em ver nossa corrente de solidariedade aumentando a cada dia”, comemorou Osmar, lembrando que a pandemia tem afetado a vida de muita gente.

Desde que começou a pandemia, o vereador tem desenvolvido inúmeras ações neste sentido. A mais recente foi na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE), com a qual tem contribuído com a destinação de recursos de emendas parlamentares e de cestas básicas e outros itens para a manutenção do trabalho desenvolvido pela instituição.

Também vem apoiando ativamente projetos como o Mulheres da Gente, que tem a coordenação de sua esposa, a advogada Clara Gomes e, que desde 2020 vem desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais direcionadas exclusivamente para as mulheres da capital maranhense.

Nesta semana, em alusão ao Dia das Mães, está distribuindo kits enxoval para mulheres gestantes em vulnerabilidade financeira, que precisam se manter isoladas por causa dapandemia da covid-19.

Por Mirlene Bezerra 

Só 1 de cada 4 estabelecimentos turísticos do Maranhão tem certificação federal de segurança contra Covid-19

São Luís, Barreirinhas e Carolina foram os municípios que mais emitiram a certificação no estado

Pouco mais de 26% – aproximadamente um de cada quatro – dos estabelecimentos turísticos do Maranhão aderiram ao “Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, do Ministério do Turismo, demonstrando que há espaço para ampliar a quantidade de adesões no estado. Após mais de 10 meses de seu lançamento, 428 selos foram emitidos no estado, com destaque para as agências de turismo (179), meios de hospedagens (115) e restaurantes e cafeterias (48). Entre as cidades maranhenses, as empresas da capital, São Luís, de Barreirinhas e Carolina se destacaram no interesse pela certificação.

Ao todo, o Brasil já ultrapassou a marca de 27 mil selos emitidos por 15 tipos de atividades turísticas, como meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições e guias de turismo. Em quantitativo, os estados de São Paulo (5.441), Rio de Janeiro (3.798) e Minas Gerais (2.268) permanecem à frente. O documento é um reconhecimento visual e dá credibilidade aos empreendimentos do setor que declararam assumir os protocolos de biossegurança contra a Covid-19 ofertando, assim, mais segurança e conforto aos viajantes no país.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforçou a importância da obtenção deste selo para uma retomada segura do turismo em todo o Brasil. “Fomos pioneiros nesta certificação e agora temos que fazer valer todo esse reconhecimento e trabalho que desenvolvemos. Atenção empresários, vamos aderir ao selo e garantir a segurança sanitária dos nossos turistas, que vão desfrutar das belezas que só o nosso país possui. Estamos juntos nessa!” destacou.

Adesão

Para solicitar o selo, o estabelecimento precisa apresentar situação regular no cadastro de prestadores de serviços turísticos (Cadastur). Após se regularizar, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após esses passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode fazer o download do selo para impressão.

Para utilizar o selo em local físico, o empreendedor deve colocá-lo em local de fácil visualização do cliente. O estabelecimento pode oferecer um QR Code para que os turistas verifiquem quais são as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional.

Fonte: Ministério do Turismo