quinta-feira, 1 de julho de 2021

Everton Romão, amigo pessoal de Julinho, se apresenta como Diretor, Médico e sócio de empresa que abocanhou R$ 800 mil da prefeitura

Que o prefeito Dr. Júlio Matos foi um péssimo gestor, por onde passou, isso não é segredo pra ninguém. Agora, a lambança que o ex-diretor da Maternidade Benedito Leite vem fazendo em Ribamar ao agir como prefeito da década de 90, quando o cidadão comum não tinha acesso à informação, só o blog do Neto Cruz mostra, com exclusividade.

Denúncia feita por informantes bem posicionados do Hospital e Maternidade de São José de Ribamar insatisfeitos com o descaso do prefeito com a saúde do município mostra que Julinho quer vilipendiar a lei Nº 8.666/1993, principalmente o art. 9º que foi importado do Piauí para mandar e desmandar no Hospital da cidade balneária.

Enquanto os ribamarenses ocupam cargos de “chão de empresa”, Dr. Everton Romão tem motivos de sobra para chamar Julinho de “O Kara”…

Na Prefeitura, segundo apurou o site, está nomeado para ser Assessor Especial do Setor Jurídico, cargo que lhe rende mensalmente o salário de R$ 8,8 mil reais, o que passa longe do mais desinformado frequentador do Caúra Beach.

Já em seu perfil no Instagram, Everton – que posa para fotos com o despreparado prefeito e o chama de “O kara” – revela que também atua como médico e como Diretor do Hospital e Maternidade de São José de Ribamar.

Agindo como se não existissem leis, o assessor especial do setor Jurídico, que faz parto e dirige o Hospital, além de empresário do ramo de cervejas do Piauí, é sócio da empresa Life Procedimentos Médicos LTDA, inscrita no CNPJ 23.850.286/0001-08 e que recebeu em um único mês, R$ 806 ml reais da Prefeitura de São José de Ribamar, tudo feito com dispensa de licitação.

Toda a lambança compõe um vasto processo que está na mesa da Promotora de Justiça e que revela mais uma cagada na cidade balneária…

Veja:

Fonte: Neto Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário