sexta-feira, 23 de julho de 2021

Denúncia: Deputado Wellington denuncia “cabide de emprego”, nepotismo e contratações irregulares no Detran


Nesta sexta-feira (23), o deputado estadual Wellington do Curso comprovou, com documentos oficiais, a prática de nepotismo no Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran). Trata-se de contratação do parente do senhor Francisco Nagib Buzar de Oliveira, o atual diretor do Detran, em afronta aos princípios da moralidade administrativa e impessoalidade. Compulsando a documentação, é possível identificar Milton Nagib Alves de Sousa Buzar na lista de terceirizados apresentada pelo Detran, contratado por intermédio da BR Terceirização para o cargo/função de Analista/Diretoria Operacional.

Ao comprovar a contratação de um parente do atual diretor do Detran, o deputado Wellington exigiu um posicionamento do governador Flávio Dino, já que o Detran também integra a Administração Pública, e informou que representará o diretor do Departamento de Trânsito por ato de improbidade.

“Mais um escândalo no Detran! Uma autarquia que deveria fazer a diferença na vida das pessoas tem sido utilizada como cabide de emprego, meio para nepotismo e contratações irregulares. Dessa vez, estamos aqui com o documento que comprova que um parente do diretor do Detran também é um dos contratados. Isso é nepotismo, é prática vedada pela legislação. Enquanto usam o Detran como cabide de empregos para cabos eleitorais, existem aprovados em concursos públicos aguardando nomeações até hoje. Todos esses dados serão encaminhados ao Ministério Público para que apure a responsabilidade da direção do Detran. Quanto ao governador Flávio Dino, embora saibamos que ele não é tão diferente do atual diretor do Detran, exigimos um posicionamento. É lamentável que brinquem com a legislação e desrespeitem os aprovados em concursos públicos dessa forma”, afirmou o deputado Wellington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário