quinta-feira, 20 de maio de 2021

Após exibição de vídeo sobre cloroquina, Dino se mostra irritado e pede para não ser nivelado com " irresponsáveis "

Vídeos foram veiculados na CPI da Pandemia 

O governador Flávio Dino (PCdoB) reagiu pelas redes sociais à veiculação do senador Marcos Rogério (DEM-RO), no plenário da CPI da Pandemia, de vídeos em governadores comunicam estarem disponibilizando cloroquina para pacientes de covid-19. Além dos comentários, o governador, que é um dos citados, posta trecho de um documento em que diz não recomendar o uso do medicamento.

Numa das postagens, sem citar nomes, Flávio Dino tenta estabelecer uma diferença entre ele e o presidente Jair Bolsonaro, que defende o medicamento. Em resposta, o governador afirmou:

“Em razão de debate na CPI do Senado, é muito fácil distinguir duas condutas: 1) a de um gestor irresponsável que empurra remédios sem habilitação técnica; 2) a de um gestor que disse, no dia 10 de abril de 2020, que respeitava as orientações médicas. A 2ª atitude foi a minha”.

‌Flávio Dino chama ainda a veiculação dk vídeo uma manipulação e diz que jamais carregou caixa de remédio, tampouco tentaou empurrar para alguém, por diz que aceita “ser nivelado com irresponsáveis”.
“Em respeito de manipulação de vídeo, de abril de 2020, na CPI do Senado, o documento abaixo prova a posição oficial que adotamos em maio de 2020. Jamais carreguei caixa de remédio nem tentei empurrar nas pessoas (ou em emas). Não aceito ser nivelado com irresponsáveis”.
Assista ao vídeo aqui.

Fonte: Maranhão Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário