sexta-feira, 2 de abril de 2021

Prefeitura de São Luís entrega primeira unidade do projeto Saúde na Comunidade no bairro do Barreto

A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, entregou nesta quarta-feira (31) a primeira unidade do ‘Projeto Saúde na Comunidade’. O projeto tem o intuito de levar os cuidados básicos de saúde para dentro das comunidades e bairros carentes da capital.

O espaço, que estava abandonado, passou por uma reforma e agora será cedido às equipes do programa Estratégia de Saúde da Família que atendiam na Unidade Mista do Bequimão. O posto funcionará de segunda a sexta, das 8h às 12h, e conta com sala de imunização e oferta de testes rápidos para Covid-19.

A unidade oferecerá atendimento médico, clínico geral, serviços de enfermagem, odontológicos, realização de exames preventivos, entrega de medicamentos, aferição de pressão e glicemia.

A presidente da Associação das Donas de Casa do Bairro do Barreto, Maria de Jesus, conhecida no bairro como Dona Juju, ressaltou a importância da iniciativa para os moradores do local.

“Aqui no bairro precisamos muito desse serviço. Há muito tempo somos carentes de um posto de saúde aqui na comunidade. Temos muitas crianças, gestantes, idosos, diabéticos, hipertensos e acamados que têm dificuldade de marcar consulta”, comentou.

O Projeto Saúde na Comunidade tem como foco a promoção de saúde e a prevenção de doenças nas comunidades e voltadas para pessoas em situação de vulnerabilidade. É desenvolvido em parceria com instituições não governamentais de cunho social que viabilizam a inserção do Município nesses espaços.

“Estamos muito felizes e realizados com a concretização desse sonho que temos há tempos. Nós temos lutado há muitos anos para que esse espaço se tornasse um local decente, com os serviços a que a nossa população tem direito. Eu serei uma das pessoas que irá usufruir bastante dos atendimentos que terão aqui”, disse a vice-presidente da associação, Maria Adélia.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes, além desta unidade instalada no bairro do Barreto, a Semus já está trabalhando para ampliar o serviço, também aos moradores da Alemanha, Ipase e Recanto dos Vinhais, nas próximas semanas.

“A atenção primária é, comprovadamente, a melhor estratégia para garantir a sustentabilidade do sistema público de saúde. Elas possibilitam atendimento de modo preventivo, integrado e contínuo à nossa população. Esperamos com esse projeto fazer com que as pessoas que mais precisam tenham atendimento médico perto de casa, e, desta forma, diminuírem a incidência de algumas doenças e a necessidade da ida a um hospital ou clínica municipal”, pontuou o secretário.

Por Redação Agência (SECOM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário