terça-feira, 16 de março de 2021

Para atender pacientes com Covid-19 HU-UFMA amplia ofertas de leitos



Mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva são disponibilizados, totalizando 20 leitos de UTI exclusivos para tratar de pacientes infectados pelo novo coronavírus, além dos 20 de enfermaria


O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), vinculado a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) abrirá nesta quarta-feira, 17, mais 10 leitos de UTI covid para atendimento aos pacientes da covid- 19, referenciados pela Prefeitura de São Luís. Já estavam em funcionamento 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), totalizando o número de 20 leitos de UTI, além dos 20 leitos de enfermaria já disponibilizados.

Os pacientes transferidos serão admitidos em área isolada no hospital. E diante de todo esse cenário, não serão permitidos acompanhantes e visitantes, respeitando as recomendações das autoridades sanitárias, entretanto, a equipe de saúde entrará em contato diariamente com o cuidador de referência do paciente para passar todas as informações do quadro clínico, o chamado boletim clínico diário por videochamada.

O Hospital Universitário tem se organizado para garantir qualidade na assistência aos pacientes com a Covid-19, ao mesmo tempo em que mantém o atendimento habitual de ambulatório, procedimentos, cirurgias, enfermaria e UTI´s não covid. O espaço que abrigará as UTI’s covid será utilizado pela primeira vez, marcando uma inauguração simbólica de uma ampla estrutura com equipamentos de ponta, entre eles respiradores destinados ao HU-UFMA por meio de doação do Banco Itaú e Vale, e aparelhos de hemodiálise doados pela Drogasil. A vista também marca de forma significativa o ambiente, proporcionando aos pacientes a possibilidade de contemplar pelas janelas de vidro, uma vista privilegiada do Rio Anil e das belezas do Centro Histórico.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, ressalta todo o esforço que a instituição vem fazendo para oferecer o melhor para a população no combate ao novo coronavírus, “A equipe do hospital está mobilizada no combate do coronavírus. Além de ofertar mais leitos, para somar esforços com toda a rede, estamos sempre na busca incansável para oferecer a melhor assistência”.

O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes Júnior, destaca como essencial a ampliação dos leitos para fortalecer o combate à pandemia “Mais uma vez o Hospital Universitário e a UFMA cumprindo o seu papel de entregar à sociedade um alto padrão de atendimento. Estamos hoje entregando leitos de UTI que são de altíssimo padrão. Nossos pacientes covid terão o melhor tratamento no que diz respeito à terapia intensiva”.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, parabeniza a gestão do HU pelo trabalho importante que está sendo desenvolvido e reforçou que não adianta apenas abrir mais leitos, a população também precisa se aliar nessa luta por meio de ações simples e eficazes. “Primeiramente parabenizo a gestão do hospital e da universidade pela excelente parceria firmada para o enfrentamento da covid, principalmente nesse momento de dificuldade com essa curva ascendente de novas contaminações, com as variantes que estão circulando por aí, mas é preciso que a população faça a sua parte, que não deixe de usar máscaras, que evite aglomerações. Precisamos juntos vencer essa pandemia”.

O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, reforça o papel da Universidade nessa parceria para enfrentar a pandemia. “A UFMA está fazendo a sua parte e o HU não podia ficar de fora desse momento em que a população mais precisa. Já adotamos também novas medidas restritivas para garantir a segurança de todos, mas é preciso que cada um contribua reforçando os protocolos de prevenção, com distanciamento social, uso de máscara e a higiene das mãos”.

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2013, o HU-UFMA é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação que administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), vinculado a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) abrirá nesta quarta-feira, 17, mais 10 leitos de UTI covid para atendimento aos pacientes da covid- 19, referenciados pela Prefeitura de São Luís. Já estavam em funcionamento 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), totalizando o número de 20 leitos de UTI, além dos 20 leitos de enfermaria já disponibilizados.

Os pacientes transferidos serão admitidos em área isolada no hospital. E diante de todo esse cenário, não serão permitidos acompanhantes e visitantes, respeitando as recomendações das autoridades sanitárias, entretanto, a equipe de saúde entrará em contato diariamente com o cuidador de referência do paciente para passar todas as informações do quadro clínico, o chamado boletim clínico diário por videochamada.

O Hospital Universitário tem se organizado para garantir qualidade na assistência aos pacientes com a Covid-19, ao mesmo tempo em que mantém o atendimento habitual de ambulatório, procedimentos, cirurgias, enfermaria e UTI´s não covid. O espaço que abrigará as UTI’s covid será utilizado pela primeira vez, marcando uma inauguração simbólica de uma ampla estrutura com equipamentos de ponta, entre eles respiradores destinados ao HU-UFMA por meio de doação do Banco Itaú e Vale, e aparelhos de hemodiálise doados pela Drogasil. A vista também marca de forma significativa o ambiente, proporcionando aos pacientes a possibilidade de contemplar pelas janelas de vidro, uma vista privilegiada do Rio Anil e das belezas do Centro Histórico.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, ressalta todo o esforço que a instituição vem fazendo para oferecer o melhor para a população no combate ao novo coronavírus, “A equipe do hospital está mobilizada no combate do coronavírus. Além de ofertar mais leitos, para somar esforços com toda a rede, estamos sempre na busca incansável para oferecer a melhor assistência”.

O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes Júnior, destaca como essencial a ampliação dos leitos para fortalecer o combate à pandemia “Mais uma vez o Hospital Universitário e a UFMA cumprindo o seu papel de entregar à sociedade um alto padrão de atendimento. Estamos hoje entregando leitos de UTI que são de altíssimo padrão. Nossos pacientes covid terão o melhor tratamento no que diz respeito à terapia intensiva”.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, parabeniza a gestão do HU pelo trabalho importante que está sendo desenvolvido e reforçou que não adianta apenas abrir mais leitos, a população também precisa se aliar nessa luta por meio de ações simples e eficazes. “Primeiramente parabenizo a gestão do hospital e da universidade pela excelente parceria firmada para o enfrentamento da covid, principalmente nesse momento de dificuldade com essa curva ascendente de novas contaminações, com as variantes que estão circulando por aí, mas é preciso que a população faça a sua parte, que não deixe de usar máscaras, que evite aglomerações. Precisamos juntos vencer essa pandemia”.

O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, reforça o papel da Universidade nessa parceria para enfrentar a pandemia. “A UFMA está fazendo a sua parte e o HU não podia ficar de fora desse momento em que a população mais precisa. Já adotamos também novas medidas restritivas para garantir a segurança de todos, mas é preciso que cada um contribua reforçando os protocolos de prevenção, com distanciamento social, uso de máscara e a higiene das mãos”.

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2013, o HU-UFMA é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação que administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.



O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Por Daniel Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário