quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Prefeito Eduardo Braide se reúne com representantes de instituições da iniciativa privada e do terceiro setor para ampliar parcerias na educação


O prefeito Eduardo Braide participou, na manhã desta quinta-feira (16), de reunião com representantes da Fundação Vale, Fundação Getúlio Vargas (FGV), Instituto Ayrton Senna, Instituto Alcoa e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que têm parcerias com a Prefeitura de São Luís na área da educação. O objetivo do encontro foi promover o intercâmbio entre os projetos desenvolvidos, ampliar as ações já em andamento e dialogar sobre novas propostas para fortalecer as políticas educacionais desenvolvidas pelo município. A reunião aconteceu na sede da Escola de Governo e Gestão Municipal (EGGEM). 

“Nestes nove meses em que estou à frente da Prefeitura de São Luís garanto que os desafios que temos na educação durante este momento de pandemia são tão grandes quanto os da área da saúde. Claro que na saúde tivemos que agir de forma mais urgente e imediata. Na educação o desafio é retomar a vivência escolar após mais de um ano de escolas fechadas, ofertando ambiente seguro e acolhedor para os nossos professores e alunos”, disse o prefeito Eduardo Braide. 


O prefeito também ressaltou a importância das parcerias com as instituições neste momento de retomada das aulas presenciais e frente aos desafios da educação com a pandemia. “Temos hoje mais de 30 escolas passando por reforma, requalificação e estamos retomando as aulas presenciais em um novo formato. Mas para garantir isso não bastam os investimentos da Prefeitura. É fundamental também trabalhar em conjunto com a iniciativa privada e com o terceiro setor, que nos permite chegar onde ainda temos dificuldade. Por isso, agradeço a cada um de vocês que atenderam ao nosso chamado hoje e pelas parcerias já realizadas e que têm melhorando, e muito, a qualidade do nosso ensino”, afirmou. 

Atualmente, a Prefeitura de São Luís desenvolve parcerias com cada uma destas instituições e que beneficiam milhares de alunos e centenas de professores da rede municipal. “Queremos, por meio deste encontro de hoje, conhecer melhor e compartilhar todas as ações já em andamento e iniciar diálogos para a expansão e implantação de novos projetos a partir de 2022, garantindo uma educação cada vez melhor para os nossos estudantes. Entendemos que todas estas ações se complementam, por isso, é fundamental este intercâmbio”, afirmou o secretário Municipal de Educação, Marco Moura. 

Trilhos da Alfabetização

Entre estas parcerias está o projeto Trilhos da Alfabetização, realizado com as fundações Vale e Getúlio Vargas. O projeto consiste em formações de professores, gestores e técnicos, com acompanhamento pedagógico das salas de aula e gerenciamento. O objetivo é ampliar as possibilidades de alfabetização e promover a melhoria da aprendizagem das crianças dos três primeiros anos do Ensino Fundamental. 

A gerente de Relações Institucionais da Vale no Maranhão, Giselly Pinto, frisou o empenho da gestão municipal no desenvolvimento do projeto. “Asseguro que o sucesso desta parceria é fruto da dedicação das equipes técnicas da Prefeitura de São Luís. Graças a isso, vamos elevar os níveis de proficiência das crianças, proporcionando desenvolvimento e educação de qualidade”, comentou. 

José Henrique Paim, diretor do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais da FGV, afirmou que os diálogos iniciados na reunião de hoje vai fortalecer as atividades em 2022. “Precisamos garantir que as crianças se sintam mais próximas das escolas. Para isso é fundamental fazer todos os agendamentos necessários com antecedência para garantir que os projetos caminhem de forma eficaz. Este trabalho iniciado a partir desta reunião de hoje vai nos permitir isso”, disse. 

Programa de Educação Integral e Desenvolvimento Socioemocional

Os efeitos da pandemia da Covid-19 estão muito além do agravamento da crise econômica. As sequelas emocionais também comprometem o bom desempenho escolar, por isso, é preciso desenvolver ações que garantam a saúde emocional dos estudantes. Em São Luís, entre as ações na área estão as desenvolvidas por meio do Programa de Educação Integral e Desenvolvimento Socioemocional, realizado em parceria com o Instituto Ayrton Senna por meio da 3GEN Consultoria Empresarial. 

O projeto promove o desenvolvimento pleno do estudante, por meio do autoconhecimento, da reflexão e da busca por desenvolver de forma integral aspectos cognitivos e socioemocionais, tais como: comunicação, criatividade, pensamento crítico e científico, empatia, comunicação etc. 

O vice-presidente de Relações Institucionais e Expansão do Instituto Ayrton Senna, Roberto Campos Lima, ressaltou que a agenda educacional é complexa, por isso, precisa ser planejada a longo prazo. “As estimativas mostram que os efeitos da pandemia e o fechamento recorde das escolas no Brasil vão fazer nossa educação regredir ao patamar de 10 anos atrás, que já não era o ideal. Mais do que nunca precisamos de gestores públicos que levem à sério a educação e invistam em políticas que permitam a universalização do acesso ao ensino básico. Temos percebido isto aqui em São Luís”, afirmou.


Programa Ecoa Gestão e Formação

Fortalecer o aprendizado dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática são de suma importância para que o estudante possa ter um desenvolvimento adequado na vida escolar. Há dois anos uma parceria da Prefeitura de São Luís com o Instituto Alcoa tem trabalhado estas habilidades por meio do Programa Ecoa Gestão e Formação. 

Realizado em parceria com o Interação Urbana, o programa propõe o planejamento estratégico, formação em gestão escolar, avaliativa e aprendizagem, práticas de ensino da língua portuguesa e práticas de ensino da matemática, fortalecendo a gestão da Secretaria Municipal de Educação e das unidades escolares em São Luís. 

Joana Burgos, Supervisora de Relações Institucionais da Alumar, observou que a reunião desta quinta-feira (16), onde todos os parceiros puderam conhecer as diversas ações em desenvolvimento, vai fortalecer o trabalho realizado. “Temos trabalhado em parceria com a Semed há dois anos neste programa e a forma como a secretaria vem conduzindo as ações tem sido fundamental para os bons resultados. Esta iniciativa de hoje é outro momento importante porque nos dá a oportunidade de conhecer todo o trabalho que a Prefeitura executa na área. Com isso podemos trocar experiências que nos permitam melhorar nossas ações”, avaliou. 

Projeto Infraero&Escola

Outra parceria importante é a desenvolvida há 20 anos com a Infraero que permite acesso aos alunos da Escola Délio Jardim de Matos a atividades extracurriculares na área da educação, do treinamento profissional, da prática de esporte e da promoção da cidadania por meio da cessão do espaço que integra o complexo do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado. 

Durante a reunião, Marcelo Frazão Angelim, superintendente do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, relatou algumas experiências positivas obtidas ao longo destes 20 anos de trabalho. “Hoje temos ex-alunos da escola em funções elevadas das operações do aeroporto e na Aeronáutica. Esta é a prova que investir em educação de qualidade transforma vidas”, disse. 

Todos estes projetos agregam inovação e boas práticas ao ensino municipal de São Luís, reforçando as atividades educacionais e o ensino-aprendizagem dos estudantes, e auxiliam gestores escolares, professores e equipes da educação com novas práticas para o avanço da educação.

Fonte: Prefeitura de São Luís

Equatorial Maranhão traz de volta campanha para negociação de dívidas

Serão disponibilizadas diversas condições especiais para os clientes quitarem seus débitos com a distribuidora

A Equatorial Energia Maranhão iniciou esta semana, mais uma edição da campanha de negociação de dívidas, que oferece condições especiais de pagamento aos clientes em todo o estado. A campanha conta com ações exclusivas para facilitar a quitação de dívidas, à vista ou parcelada, aos consumidores que estão com dificuldades para manter as contas de energia em dia. As regras de negociação são válidas até o dia 30 de outubro para os consumidores da classe residencial.

A campanha de negociação chega em um momento especial. Setembro é o mês em que se comemora o dia do cliente (15/09), por isso foi escolhido para levar essas facilidades, que permitirão aos clientes pagarem os débitos acumulados à vista ou parcelar no cartão de crédito, com redução de juros, multas, correção monetária, entre outras alternativas. Em caso de parcelamento, o cliente poderá ter opção de dar entrada a partir de 10% do valor do débito, a depender do total da dívida e do tipo da negociação que o cliente escolher.

As novas condições para pagamento disponibilizadas pela Equatorial têm como objetivo auxiliar o cliente que ainda sofre com os impactos econômicos, em decorrência do período da pandemia e acabou acumulando as contas de energia. “Sabemos que não é um momento fácil, pois desde o início da pandemia, no ano passado, muitas pessoas tiveram sua renda atingida. Por isso, nós da Equatorial Maranhão trouxemos de volta esta grande oportunidade de negociação de débitos aos clientes residenciais. São condições facilitadas de parcelamento para que todos possam ficar em dia e continuar usufruindo de um fornecimento de energia regular”, destacou Mirelly Carvalho, Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão.

Como aderir às negociações facilitadas

cliente residencial poderá parcelar seus débitos acumulados conforme a quantidade de faturas em aberto e a faixa de consumo de cada unidade consumidora. As negociações podem ser feitas até o dia 30 de outubro, por meio dos seguintes canais:

  1. Site: acessando o www.equatorialenergia.com.br o cliente tem duas opções:

Pagar com cartão” – modalidade que permiteparcelar débitos no cartão de crédito, com isenção de juros, multas e correção (haverá cobrança da taxa do cartão)e a opção“Parcelar débitos” –  onde o cliente poderá negociar na própria conta de energia, com redução de juros, multas e correção;

  1. Central de Atendimento Exclusivo: o titular da conta pode ligar no 0800 098 2997, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 8h às 14h, e solicitar a negociação com um dos atendentes;
  1. Presencialmente: o titular da conta pode buscar um dos pontos de atendimento presencial da Equatorial Maranhão para realizar a negociação. Basta levar seus documentos pessoais, a conta de energia e o cartão de crédito/débito caso queria utilizar essa modalidade de pagamento.

Além dessas opções, a Equatorial Maranhão também está presente na campanha Dívida Zero do Procon, com atendimento presencial nos Shoppings da Ilha e Pátio Norte, em São Luís, de Segunda a Sexta-feira das 12h às 20h, durante todo o mês de setembro.

Fonte: Daniel Matos

Foi determinado por Flávio Dino mais um reajuste no preço dos combustíveis

Durante a sessão plenária desta quarta-feira (15), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para se posicionar sobre mais um reajuste no preço médio ponderado ao consumidor final de combustíveis no Maranhão. O reajuste está previsto no Ato COTEPE PMPF n° 34/2021 e começará a vigorar a partir de amanhã (16).

Ao expor os fatos, o deputado Wellington citou que o valor da gasolina passou de R$ 5,71 (Ato CONTEPE n° 32/2021, de 09/09/21) e foi retificado no Ato CONTEPE n° 34/2021, de 13/09/21, para R$ 5,92, o que certamente prejudicará mais ainda os consumidores maranhenses.

“A partir de amanhã, dia 16, a população passará a sentir no bolso mais um reajuste no preço médio ponderado ao consumidor final. É o que assegura o Ato COTEPE n° 34/2021, em que o Governo do Estado reajusta o preço, que passa de R$ 5,71 para R$ 5,92. Mais um aumento no preço dos combustíveis e a culpa é do governador Flávio Dino. Desde maio de 2021, oficiei a Secretária da Fazenda para explicar a razão de tantos reajustes. Até hoje nenhuma resposta. Estou avaliando a possibilidades de judicializar par, então, saber o motivo de tanto reajuste. Em meio à crise econômica, o governador poderia maneirar nessa ânsia de arrecadar que tem acabado com os maranhenses”, afirmou o deputado.

RELEMBRE:
Em 25 de maio de 2021, o deputado Wellington oficiou o Secretário de Fazenda do Estado para que explique os sucessivos reajustes realizados no Preço Médio ao Consumidor Final, mas até o presente momento nenhuma resposta foi encaminhada à Assembleia Legislativa do Maranhão. Vamos fazer a denúncia ao Ministério Público.

Fonte: imaranhão360

Bomba! Tarifa de ônibus em São Luís deve subir para R$ 4,30 em outubro

Durante todos os meses de 2021 houve um aumento exponencial no preço dos combustíveis no país, o que acarretou também aumento em diversos outros produtos, pois o principal meio de transporte logístico é feito por rodovias.


No acumulado deste ano até agosto, o preço da gasolina já avançou 31,09%, enquanto o do diesel acumula alta de 28,02%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA. Enquanto outros serviços como os de transporte via aplicativo ficaram mais caros, os aumentos no combustível ainda não foram repassados para os usuários do transporte coletivo na Grande Ilha.

Mas tivemos informações de que o prefeito Eduardo Braide – Podemos, tem sido pressionado pelos empresários donos das empresas de ônibus pra que aumente a tarifa que atualmente é de R$ 3,70 para R$ 4,50. Porém, Braide tem feitos esforços para que o aumento fique em no máximo R$ 4,20; mesmo assim, seria um aumento de R$ 0,50 em cada passagem.

Semana passada o prefeito entregou mais 50 ônibus novos que substituíram ônibus que já passavam do tempo limite de uso, já somam 80 desde que começou a sua gestão e até o final do ano devem totalizar 100. Vale ressaltar que esses ônibus não se somaram aos já existentes, ocorreu somente a substituição. O ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior deixou a frota com 745 ônibus, hoje circulam pela cidade 705 segundo informações da própria SMTT.

De toda forma, qualquer aumento na tarifa, seria um valor dispendioso às famílias ludovicenses, quem passam um momento de crise devido à falta de emprego provocada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Será que Eduardo Braide irá conseguir segurar as exigências dos empresários para aumentar o valor da passagem?

Fonte: Blog Ilha Rebelde

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Prefeitura de Pinheiro, sob comando do prefeito Luciano Genésio comprou quase R$ 1 milhão em cestas básicas de empresa do irmão do proprietário do posto


Um levantamento feito pela Folha do Maranhão, mostra que prefeitura de Pinheiro, sob comando do prefeito Luciano Genésio comprou R$ 970.000,00 em cestas básicas para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social do município.

Ainda de acordo com o levantamento, a empresa que venceu o processo licitatório foi a R.S.T. Abreu Eireli. Segundo dados da Receita Federal, a empresa foi registrada no município de Pinheiro e está em nome do empresário Renato Serra Trinta Abreu.

No cruzamento de dados feito pela Folha do Maranhão, mostra que Renato é irmão de Danilo Jorge Trinta Abreu Júnior, dono de uma empresa farmacêutica que virou posto de combustível e já faturou mais de R$ 16 milhões na gestão de Luciano Genésio.

A R.S.T. Abreu Eireli, empresa que venceu o processo para distribuição das cestas básicas, foi criada em dezembro de 2019, cerca de 20 dias antes da empresa farmacêutica A. A. M. Serrão virar Posto Kiefer Eireli.

Só nos dois últimos anos, a empresa R.S.T. Abreu Eireli já faturou R$ 12.578.195,09 com a venda de produtos alimentícios e material de higiene para a prefeitura de Pinheiro.

Pelo visto, os dois irmãos que criaram empresa praticamente juntos, e com grande aproximação com o irmão do prefeito, Lúcio André vem faturando alto nos cofres da prefeitura de Pinheiro.

Veja os documentos pessoal que comprova o parentesco dos empresários,

Renato Serra Trinta Abreu, proprietário da R.S.T. Abreu Eireli, empresa fornecedora da cestas básicasjá faturou R$ 12 milhões


Danilo Jorge Trinta Abreu Junior, proprietário do Posto Kiefer Eireli que já faturou mais de R$ 16 milhões coma venda de combustíveis

Fonte: Folha do Maranhão


Atenção prefeito! Em São Luis, SAMU continua pedindo socorro!


Recebemos nos últimos dias diversas denúncias de funcionários terceirizados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU que fica no bairro do Filipinho na capital. As reclamações são das mais diversas, desde assédio moral a atraso nos salários de funcionário de contrato temporário.


Esse tipo de conjuntura contribui para agravamento da precarização do atendimento de urgência, ainda mais em meio a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), pois por mais que esteja avançada a imunização, cotidianamente centenas de pessoas são infectadas com o vírus e por muitas vezes é necessário que as ambulâncias do SAMU leve o paciente para hospitais que possuam leitos exclusivos para Covid.

A diretoria administrativa ainda é a mesma de quando Edivaldo Holanda Júnior estava à frente da prefeitura, e desde que a gestão de Eduardo Braide iniciou até hoje nada melhorou, pelo contrário, funcionários em regime de contrato temporário afirmam estarem com seus salários atrasados, sendo que todos os outros funcionários da rede municipal de saúde estão no mesmo regime e com seus salários em dia.

O médico Michael G. Marques é o diretor geral, porém é considerado um “fantasma” por nunca estar presente na unidade. Marques também trabalha como médico no Socorrão II, e existem denúncias comportamentais sobre as técnicas de nível médio e superior no hospital. A diretora administrativa Schirley Cristina Costa, que responde processos, não se comunica com os funcionários, permanecendo o tempo inteiro trancada em sua sala, evitando contato com os outros funcionários sem explicar a situação, inclusive denúncias de assédio moral também recaem sobre ela.

Acareamos que a Secretaria Municipal de Saúde – SEMUS realizou o pagamento de todas os contratos terceirizados e somente os CT’s da SAMU não receberam seus salários. O diretor geral quando indagado pelos funcionários quanto aos pagamentos, ele culpabiliza a administração da prefeitura, porém existe grande suspeitas de que o boicote venha de dentro da administração do SAMU. O secretário municipal da saúde Dr. Joel Nunes está ciente da situação, porém, até o momento não se posicionou e não tomou nenhuma providência para a resolução do caso.

Resta-nos uma dúvida… porque só os funcionários da SAMU não receberam seus salários?! Um serviço tão importante que consiste em atendimento às urgências pré-hospitalares, utilizado em casos de urgência e emergência, já vinha sendo sucateado no final da gestão de Edivaldo Holanda, e só tem piorado com Eduardo Braide, pois parece se preocupar só com a vacinação, e se esquece de outros setores importantes da saúde como o SAMU, que era para estar melhorando, e se encontra em total descaso, pois não tem uma administração eficiente, sem participação, sem reuniões de rotina, completamente abandonado, com privilégios para um grupo administrativo seleto em detrimento do sofrimento de outros.

No fim de semana, Araçagi tem série de acidentes


Pelo menos quatro graves acidentes foram registrados na MA-203 – no trecho da obra da MOB no Araçagi – entre a sexta-feira, 10, e o domingo, 12.

Três deles envolveram motocicletas.

Pelos relatos sobre os acidentes, imprudência e graves falhas na sinalização da via – sem contar a total falta de fiscalização no local – levaram às colisões entre veículos.

A obra ainda se arrasta.

E praticamente todos os dias há reclamações sobre a geometria da nova via, além da falha sinalização.

Nas redes socais, o senador Roberto Rocha (PSDB) atribuiu ao Governo do Estado a responsabilidade pelos acidentes.

Veja:

Acidente com duas mortes, hoje na MA-203, Estrada do Araçagy, na Ilha de São Luís, conhecida como a ESTRADA DA MORTE.

Nesta semana rebati mais uma crítica do governador comunista Flávio Dino, contra o presidente da República.

Flávio Dino atacou o governo federal por ter colocado uma sinalização na avenida dos portugueses (BR-135), exatamente para evitar acidentes, enquanto resolve o problema.

Na oportunidade, chamei atenção do governador para essa rodovia estadual.

Mas, como sempre, ele está mais preocupado em atacar Bolsonaro que governar o Maranhão e cuidar dos maranhenses. Lamentável!!!

Vida que segue!!! Menos para mais essas duas vítimas da arrogância e do descaso”.

Fonte: Gilberto Léda

domingo, 12 de setembro de 2021

Braide faz vistoria de obras de asfaltamento e escolas na Zona Rural


Dando seguimento à rotina de vistorias às obras de sua gestão e de visitas aos bairros de São Luís para conversar com a população e verificar as necessidades das comunidades, o prefeito Eduardo Braide esteve na Zona Rural, neste sábado (11), onde acompanhou as obras do programa Asfalto Novo e também verificou a situação de escolas da região que necessitam de intervenções para que as aulas presenciais possam ser retomadas.

“Tenho dito desde o início de minha gestão que a Zona Rural será tratada como uma de nossas prioridades. Por isso, vim acompanhar de perto as obras do programa Asfalto Novo no Maracanã e na Vila Maranhão, onde hoje iniciamos a fresagem de uma das vias mais importantes do bairro, que liga os dois acessos à BR-135. Com o novo pavimento de qualidade que iremos implantar, vamos melhorar a mobilidade e a segurança do tráfego na região”, destacou o prefeito Eduardo Braide acompanhado do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella, e da equipe técnica da secretaria.

Na Vila Maranhão, a Prefeitura de São Luís, por meio do programa Asfalto Novo, executado pela Semosp, iniciou a fresagem da Rua da Igreja. A via é uma das mais importantes do bairro, pois liga a comunidade ao Maracanã, servindo de rota alternativa entre os dois acessos da BR-135 por quem precisa se deslocar com mais agilidade.

O serviço de fresa, que é a raspagem do asfalto antigo para a correta execução de novo revestimento asfáltico, é fundamental para garantir a qualidade, resistência e durabilidade do novo pavimento que começa a ser implantado nos próximos dias.

A chegada das obras à localidade deixou os moradores da área muito satisfeitos. “Vimos que a Prefeitura está asfaltando várias ruas aqui na Vila Maranhão, no Maracanã, na Nova República e estávamos ansiosos para que as obras começassem aqui na Rua da Igreja também. Vai ser muito bom para a gente esse serviço”, disse a dona de casa Enilde Oliveira.

O prefeito Eduardo Braide também vistoriou as obras de pavimentação em ruas do bairro Maracanã, que agora avançam para vias como a Rua Tancredo Neves, entre outras. Na Avenida Principal, a Prefeitura já está finalizando os trabalhos de fresa, terraplanagem e asfaltamento.

Outro bairro da Zona Rural visitado pelo prefeito Eduardo Braide foi a Vila Nova República, onde foi lançado o programa Asfalto Novo dia 14 de agosto. Além do asfaltamento, o bairro agora começa a receber obras de drenagem superficial com a implantação de sarjeta e meio-fio para melhorar o escoamento da água das chuvas.

“A Zona Rural de São Luís está recebendo uma série de investimentos da gestão do prefeito Eduardo Braide em diversas áreas. Na infraestrutura, estamos trabalhando para atender demandas antigas da comunidade, como asfaltamento, drenagem e outros serviços melhorem o dia a dia de quem mora na região”, afirmou o titular da Semosp, David Col Debella.

Escolas

Durante a ida à Zona Rural, o prefeito Eduardo Braide também visitou as escolas da região para verificar as necessidades das unidades de ensino para que seja possível a retomada das aulas presenciais.

“Estamos reestruturando nossa rede municipal de ensino em todas as áreas e bairros da cidade. Visitamos hoje duas escolas importantes da região, que atendem centenas de alunos, mas que estão com sua estrutura física comprometida. Já determinei ao secretário de Obras, David Col Debella, que faça um levantamento técnico das necessidades dos prédios para que a gente possa resolver de imediato os problemas mais urgentes para garantir o retorno seguro das aulas presenciais e que também já faça um planejamento de reforma total das unidades assim que for possível”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Foram vistoriadas as unidades de Ensino Básico (U. E. B.) Major Augusto Mochel, no Maracanã, e Gomes de Sousa, na Vila Maranhão.

Fonte: Gilberto Léda

sábado, 11 de setembro de 2021

Aumento de divórcios no país chama atenção para o problema da alienação parental


De acordo com dados do Colégio Notarial do Brasil, o número de divórcios feitos em cartórios de notas do país subiu 26,9% de janeiro a maio deste ano em relação ao mesmo período de 2020. Foram 29.985 separações nos cinco primeiros meses de 2021 contra 23.621 de janeiro a maio do ano passado. Com esse crescimento, aumenta também a preocupação em relação a uma questão que afeta diretamente os filhos desses casais em separação: a alienação parental, situação que ocorre quando uma das partes influencia o filho a tomar partido e a se colocar contra a outra parte.

Segundo a advogada Sílvia Verreschi, o impacto desse tipo de ação pode ser extremamente cruel para o psicológico dos filhos e, por isso, a importância do papel do judiciário, intervindo e oferecendo formas para proteger as crianças envolvidas. De acordo com dados divulgados no site Alienação Parental, nos Estados Unidos cerca de 80% dos filhos de pais divorciados já sofreram algum tipo de alienação parental e estima-se que mais de 20 milhões de crianças no mundo sofram este tipo de violência, que pode se dar de diferentes maneiras, como proibir que o pai ou mãe tenha contato com a criança, manipulações com chantagens, influenciar a criança ou adolescente contra o pai ou mãe, apresentar falsas denúncias para dificultar a convivência, entre outras.

“A alienação parental é um tema delicado dentro do direito de família, considerando os efeitos psicológicos e emocionais negativos que pode provocar nas relações entre pais e filhos. É algo que fere o direito fundamental da criança à convivência familiar saudável, sendo também um descumprimento dos deveres relacionados à autoridade dos pais ou decorrentes de tutela ou guarda”, ressalta a advogada.

A psicóloga Jaimara Laqua Falcão diz que um ato de alienação parental pode trazer danos imensuráveis às vidas dos filhos envolvidos. “Quando temos uma situação de alienação parental, a criança carrega com ela uma sensação de abandono, de não pertencer mais a uma família, pois se vê como responsável pela separação ou mesmo como um objeto de troca. E isso ocasiona uma série de danos psicológicos, como quadros de ansiedade, depressão, agressividade, entre tantos outros extremamente prejudiciais”, explica.

A advogada Silvia Verreschi informa, ainda, que desde a aprovação da Lei 12.318, em agosto de 2010, foram definidos os aspectos e os meios de coibir esse problema. Havendo indício da prática de ato de alienação parental, em ação autônoma ou incidental, o juiz, se necessário, determinará perícia psicológica ou biopsicossocial, cujo laudo compreende, inclusive, entrevista pessoal com as partes, exame de documentos dos autos, histórico do relacionamento do casal e da separação, cronologia de incidentes, avaliação da personalidade dos envolvidos e exame da forma como a criança ou adolescente se manifesta acerca de eventual acusação contra o genitor. “O objetivo de tudo isso”, diz a advogada, “é preservar o direito fundamental de uma convivência familiar saudável”, conclui.

Fonte: Diego Emir

quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Em declaração, Bolsonaro nega intenção de agredir Poderes, mas mantém crítica a Moraes

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou nesta quinta-feira (9) uma manifestação pública a respeito da crise institucional entre os Poderes da República.


Em dez pontos elencados, Bolsonaro afirma que não teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes” e justifica que suas palavras “por vezes contundentes, decorreram do calor do momento”.

No entanto, reiterou críticas ao ministro Alexandre de Moraes, a quem responsabilizou pelas divergências entre os Poderes. “Boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news”, escreve o presidente.

Na sequência, o presidente Jair Bolsonaro cita “as qualidades como jurista e professor”, de Moraes, mas diz que “medidas judiciais serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais”.

À analista de política da CNN Thaís Arbex, o ex-presidente Michel Temer (MDB) afirma ter redigido a nota divulgada por Bolsonaro.

Atos de 7 de Setembro

Na terça-feira, o presidente participou de atos organizados por apoiadores com pautas críticas ao Supremo Tribunal Federal. Na manifestação realizada na Avenida Paulista, em São Paulo, Jair Bolsonaro afirmou que não cumpriria mais decisões do ministro Alexandre de Moraes, a quem chamou de “canalha”.

Além do inquérito das fake news, citado por Bolsonaro, o ministro do STF também é o relator da investigação sobre o financiamento de atos antidemocráticos. Recentemente, ordenou a prisão de apoiadores do presidente, como o ex-deputado Roberto Jefferson, acusados de disseminar ameaças e ofensas contra os integrantes do Supremo.

Outro magistrado criticado por Bolsonaro durante fala aos apoiadores é Luís Roberto Barroso, ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Voltando a defender a implementação do voto impresso, derrubado em votação no plenário da Câmara dos Deputados, Bolsonaro criticou Barroso sem citá-lo nominalmente, afirmando que o presidente do TSE estava se excedendo na defesa do voto eletrônico, que chamou de “farsa”.

Reações do Judiciário

Os últimos dias foram pautados por reações de autoridades às falas do presidente da República.

Na abertura da sessão do STF na quarta-feira (8), o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, afirmou que chefe de Poder que descumpre decisão judicial comete crime de responsabilidade — no caso de Bolsonaro, a avaliação de que haveria um crime de responsabilidade justificaria a abertura de um processo de impeachment.

O ministro Luís Roberto Barroso falou na quinta, durante sessão do TSE.

Ainda no início de seu pronunciamento, Barroso afirmou que “já começa a ficar cansativo ter que desmentir falsidades para que não sejamos dominados pela mentira”.

Barroso rebateu ponto a ponto as falas de Bolsonaro sobre a possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas.

Reações do Congresso

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), fez um pronunciamento de seu gabinete na Casa na quarta-feira.

“Vale lembrar que temos a nossa Constituição, que jamais será rasgada. O único compromisso inadiável e inquestionável que temos em nosso calendário está marcado para 3 de outubro de 2022. Com as urnas eletrônicas”, afirmou o presidente da Câmara dos Deputados.

Em vídeo publicado no canal da TV Senado, o presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), também se manifestou. Ele enfatizou a crise socioeconômica, a crise energética e a crise hídrica e disse que “a solução não está no autoritarismo”.

“Então é uma crise real que nós vivemos e nós temos que dar solução a ela. Essa solução não está no autoritarismo, não está nos arroubos antidemocráticos, não está em questionar a democracia. Essa solução está na maturidade politica dos Poderes constituídos de se entenderem. De buscarem as convergências daquilo que verdadeiramente interessa aos brasileiros”, disse.

Leia a íntegra:

“Declaração à Nação

No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:

1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.

2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news.

3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia.

4. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.

5. Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes.

6. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal.

7. Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país.

8. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição.

9. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles.

10. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil.

DEUS, PÁTRIA, FAMÍLIA

Jair Bolsonaro

Presidente da República federativa do Brasil”

Fonte: CNN

Ludovicenses comemoram aniversário de 409 anos de São Luís em frente ao Palácio de La Ravardière


Os ludovicenses comemoraram os 409 anos de São Luís diante do Palácio de La Ravardière, sede da Prefeitura Municipal, na noite desta quarta-feira (8). A edificação, erguida no século 17 e localizada na Praça Dom Pedro II, recebeu iluminação especial e, de suas janelas, personagens tradicionais da cultura local deram início a um momento que fez o público reviver manifestações de grande significado para a cidade, como o São João e o Carnaval que fazem da capital maranhense uma das terras mais festivas do país. 

"Resolvemos fazer esse momento aqui na frente da Prefeitura, que é a casa do nosso povo, para espalhar um sentimento que está em nossos corações, que é a esperança. Esperança de dias melhores, de uma cidade melhor, mais humana e de grandes feitos", destacou o prefeito Eduardo Braide, acompanhado da primeira-dama, Graziela Braide. 


A noite do aniversário da cidade teve início com a exibição de um vídeo entoado pela música "Ilha Bela", mostrando as belezas naturais da cidade e seu patrimônio arquitetônico com mais de 4 mil edificações reconhecidas como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), além de vídeo mapping com animações diversas, acompanhado de texto cordelístico em homenagem a São Luís, de autoria do secretário municipal de Cultura, Marco Duailibe. 

Após a exibição do vídeo, o público foi surpreendido com a aparição de personagens da cultura ludovicense em seis das janelas frontais do Palácio de La Ravardière: a caixeira, o boi, o cazumbá, a coreira, a índia e o caboclo de pena, momento em que Catirina e Pai Francisco, figuras principais do auto do bumba-meu-boi, subiram ao palco montado em frente à Prefeitura de São Luís e encantaram o público pela comédia com que conduziram o show em comemoração ao aniversário de 409 anos da capital.


Momento de cultura

De acordo com o secretário municipal de Cultura, o aniversário da capital é momento para reviver histórias e o que há de melhor na cultura local.

"Nos organizamos para comemorar em grande estilo o aniversário de uma cidade que merece todo o nosso encanto, toda a nossa admiração. São Luís está fazendo 409 anos em um momento lindo, mágico, onde o prefeito Eduardo Braide está trabalhando para vacinar a todos contra o coronavírus. Foi muito bonito ver a população reunida, com segurança, comemorando esse momento cheio de cultura e alegria", disse Marco Duailibe. 


O Coral São João foi uma das primeiras atrações musicais da noite e voltou a entoar a música "Ilha bela", além de ter cantado, também, o hino de louvação à cidade e as músicas "De Teresina a São Luís", "Aleluia", "Todo mundo canta sua terra" e "Boi de lágrimas", reunindo todas as vozes presentes na Praça Dom Pedro II. 

"Foi uma programação muito bem pensada, nos fez reviver momentos que desde o ano passado não temos podido viver por causa da pandemia. Prestigiar as apresentações de bumba meu boi, assim como sentir a energia do carnaval de São Luís, que é única, sempre será muito bom. São Luís está de parabéns, assim como o prefeito Eduardo Braide, que tem sido assertivo em sua gestão até aqui", disse o professor Luís Augusto Castro, de 38 anos. 

Ao som de instrumentos como piano e clarim, o público cantou parabéns pelo aniversário de 409 anos de São Luís, finalizado com uma cascata de fogos de artifício na fachada do Palácio de La Ravardière, além de fogos que iluminaram a parte alta do Centro Histórico e atraíram o olhar dos ludovicenses. 


Em seguida, Catirina e Pai Francisco chamaram ao palco os cantadores de bumba meu boi Chagas, do Boi de Ribamar, que cantou a toada "Se não existisse o sol", e Ribinha do Boi de Maracanã, que cantou "Maranhão, meu tesouro, meu torrão", levando os ludovicenses e quem mais esteve presente nas comemorações pelo aniversário de São Luís a entoar o som das tradicionais matracas, mas, desta vez, com as palmas das mãos. 

"O momento também foi muito importante para que a Prefeitura de São Luís pudesse repartir com o povo todos os avanços conseguidos ao longo desses meses. Vimos aqui uma festa organizada, seguindo todos os protocolos de saúde e foi maravilhosa. Parabéns a São Luís e ao prefeito Eduardo Braide", pontuou o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gutemberg Araújo (PSC). 


E para fechar a noite de comemoração ao aniversário da cidade dos azulejos, subiu ao palco o grupo Bicho Terra, firmando a cultura popular carnavalesca e fazendo o público cantar, em coro, músicas como "Costela de Adão" e "Fogo de amor", surpreendendo, mais uma vez, quem estava presente.

"Eu não podia imaginar participar de um momento como esse, fora de época, e ainda mais no aniversário de São Luís. Foi tudo muito bonito, realmente surpreendeu a todos", contou a universitária Luana Moreira, de 26 anos. 

Estiveram presentes no evento, os vereadores Álvaro Pires (PMN), Antonio Garcez (PTC), Francisco Chaguinhas (Podemos), Karla Sarney (PSD), Marlon Botão (PSB), Octávio Soeiro (Podemos), Raimundo Penha (PDT) e Ribeiro Neto (PMN). 

Também participaram do evento, a vice-prefeita Esmênia Miranda; os secretários municipais de Governo, Enéas Fernandes; de Assuntos Políticos, Márcio Andrade; de Desenvolvimento Metropolitano, André Campos; de Urbanismo e Habitação, Bruno Costa; da Pessoa com Deficiência, Carlivan Braga; de Trânsito e Transportes, Cláudio Ribeiro; de Criança e Assistência Social, Rosângela Bertoldo; de Obras, David Col Debella; de Administração, Diego Rodrigues; de Fazenda, José Azzolini; de Segurança Alimentar, Júnior Vieira; de Meio Ambiente, Karla Lima; de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão; de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso; e de Turismo, Saulo Santos; os secretários-adjunto de Comunicação, Igor Almeida; de Turismo, Sabrina Martins e de Trânsito e Transportes, César Rodrigues Barbosa; e os presidentes do Comitê de Limpeza, Joabson Júnior e do IPAM, Nádia Quinzeiro; do diretor da Blitz Urbana, Ashbel Muniz. 


Fonte: Prefeitura de São Luís

Em mais um trecho de BR no Maranhão, caminhoneiros fazem protesto, desta vez com bloqueio total de pista


Caminhoneiros iniciaram, nesta quinta-feira (9), um protesto em mais um trecho de rodovia federal no Maranhão, desta vez com bloqueio total de pista. Por volta das 7h30, um grupo de manifestantes interditou totalmente o Trecho Seco, no KM-300 da BR-010, à altura do município de Cidelândia, na Região Tocantina. Desde ontem, um grupo de caminhoneiros está mobilizado na BR-230, em Balsas, mas o tráfego está liberado.

O bloqueio da BR-010 reúne cerca de manifestantes, com aproximadamente dois quilômetros de engarrafamento, sem previsão de liberação. O motivo é a insatisfação da categoria com o que chama de abusos cometidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra a democracia e as liberdades individuais.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), até o momento, são esses os dois pontos de manifestação de caminhoneiros em andamento nas rodovias federais do Maranhão, um na BR-230, em Balsas, em bloqueio de pista, e outro na BR-010, em Cidelândia, com interdição total da via e transtornos ao tráfego.

Fonte: Daniel Matos

“Flavio Dino fala de Bolsonaro, mas não cumpre decisões judiciais no Maranhão”, afirma deputado Wellington ao destacar casos na saúde e nomeação de aprovados


Nesta quinta-feira (09), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou as redes sociais para tecer comentários sobre a postura incoerente e hipócrita do governador Flávio Dino, que criticou o Presidente da República por dizer que não vai cumprir decisões judiciais.  Ocorre que, apesar de criticar, Flávio Dino tem feito o mesmo no Maranhão, já que descumpre decisões judiciais que impõem os tratamentos de saúde de diversos maranhenses e, em alguns casos, até a nomeação de aprovados em concursos.

Para o deputado Wellington, a postura incoerente, demagoga e hipócrita do governador Flávio Dino fica em destaque ao se avaliar os processos em que o Estado do Maranhão é parte, já que sempre há recursos para não cumprir as decisões judiciais.

“Flávio Dino é o governador dos discursos, da incoerência, demagogia e hipocrisia ou seria cara de pau mesmo? Usa de todos os meios para não cumprir decisões judiciais, seja na saúde ou em outras áreas. Denilson Carlos dos Anjos, Maria Cecilia de Oliveira Silva, com 02 meses de vida, e Ana Júlia, de apenas 01 mês de existência. O que esses três maranhenses têm em comum? Vítimas da crueldade do governador Flávio Dino. São maranhenses que, como centenas de outros, precisaram ingressar na Justiça par conseguir um leito de UTI e que aguardam, até hoje, pela realização de uma cirurgia. Flavio Dino fala de Bolsonaro, mas não cumpre decisões judiciais no Maranhão. Isso também é perceptível nos concursos públicos, já que o governador não nomeia os aprovados nem quando a Justiça obriga. Esse é o governador Flávio Dino: o da dupla personalidade, sendo uma na realidade e outra na rede social. É hipocrisia que se fala ou cara de pau mesmo?”, concluiu o deputado Wellington.

Empresa aluga carro com valor superfaturado para Câmara de Presidente Juscelino


De acordo com alguns levantamentos feitos por nossa redação, a empresa E de J de Silva Eireli, responsável pela elaboração de eventos e prestação de transporte, pode estar envolvida em um esquema de superfaturamento de contratos junto à Câmara Municipal de Presidente Juscelino.

A câmara do município, supostamente, teria fechado um contrato superfaturado com a empresa sediada em São Luís, no bairro do Renascença.

De acordo com a primeira clausula do contrato, o valor mensal de uma unidade será de R$ 6 mil reais, resultando em uma diária de R$ 200 por dia em veículo popular. O valor total do contrato chega a R$ 72 mil reais por ano.

Vale ressaltar, que o aluguel de um veículo popular, assim como descrito no contrato, pode custar até 4 vezes a menos em São Luís. A empresa poderá sofrer sanções sérias e o presidente da câmara responsabilizado, caso haja a comprovação pelos órgãos de controle.
A empresa está registrada no CNPJ 22.086.632/0001, que possui em seu quadro societário, o empresário Edson de Jesus da Silva.

Fonte: Blog do Jamys Gualhardo

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Em celebração aos 409 anos de São Luís, prefeitura realiza programação esportiva


Esporte e lazer também fizeram parte das atividades em comemoração aos 409 anos de São Luís, celebrado nesta quarta-feira (8). A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel), preparou uma extensa programação com competições nas mais diversas modalidades, em uma ação que integra a política de incentivo ao esporte presente na gestão do prefeito Eduardo Braide.

Durante todo o dia, foram realizadas competições tais como natação, surf, ciclismo, basquete, voleibol, futebol, handebol e skate. O secretário Municipal de Assuntos Políticos, Márcio Andrade, acompanhou a programação, representando o prefeito Eduardo Braide, e destacou o compromisso do prefeito com a prática esportiva na cidade.


"O incentivo ao esporte integra o programa de governo do prefeito Eduardo Braide, que não mediu esforços para realizar esses eventos como forma de presentear a cidade nos seus 409 anos. Para nós é uma grande alegria poder promover essas competições que unem atletas e esportistas de diversas modalidades em eventos como estes, que só demonstram nosso potencial neste segmento”, disse o secretário municipal de Assuntos Políticos, Márcio Andrade.

O secretário municipal de Desportos e Lazer, Ricardo Diniz, explicou que a programação foi preparada exclusivamente para o aniversário de São Luís, e teve como objetivo incentivar as práticas esportivas para crianças, jovens e adultos.

“O prefeito Eduardo Braide tem o esporte e o lazer como políticas fundamentais no seu plano de governo. A realização de todos esses eventos, sem dúvidas, é um marco para a nossa capital que completa 409 anos. E claro que as práticas esportivas, que são uma das principais formas de inclusão social, não poderiam ficar de fora dessa festa e ficamos muito felizes que a programação tenha sido recebida de maneira positiva não só pelos atletas, mas por toda a população”, frisou o secretário.


Maratona Aquática

As competições iniciaram logo nas primeiras horas da manhã, com a realização da Maratona Aquática, na Praça do Sol, na Ponta d’Areia, a partir das 6h. Dezenas de atletas competiram no Triathlon, que conta com provas de natação, ciclismo e corrida. A premiação dos atletas foi feita pelo secretário municipal de Assuntos Políticos, Márcio Andrade.


Ainda durante a manhã, também foram realizadas outras competições nas modalidades surf, basquete, voleibol e futsal. Os eventos foram realizados na Praia do Olho d’Água, Parque do Bom Menino e na Quadra do Sabará, levando mais esporte, cultura e lazer para a população ludovicense nesta data tão especial que marca o aniversário da capital maranhense.

Troféu 409 anos

E pela primeira vez, a Zona Rural de São Luís recebeu eventos comemorativos em alusão ao aniversário da capital. O bairro Vila Itamar foi o escolhido e sediou uma competição amistosa de futebol, que contou com disputas nas modalidades masculinas e femininas.


Na ocasião, o time da Vila Itamar foi premiado com o troféu ‘São Luís 409 anos’ devido a vitória na Copa Interbairros de São Luís. O segundo lugar na competição ficou com o Itapera, time que também é da Zona Rural de São Luís. A premiação foi realizada pelo secretário Ricardo Diniz, que também na ocasião, representou o prefeito Eduardo Braide.

Incentivo ao esporte

A extensa programação seguiu por toda a tarde. No Parque do Bom Menino foram desenvolvidas atividades na modalidade handebol para crianças, de 8 a 14 anos, das comunidades do Bairro de Fátima, Coroadinho e Monte Castelo. Ao todo, cerca de 70 crianças que participam de projetos atendidos pela Semdel participaram das ações.


Já na Praça das Mercês, um dos novos cartões-postais de São Luís, a prática esportiva ficou garantida pelas competições de basquete, skate e futmesa. Na ocasião, foi realizada a 4ª etapa e final da Copa São Luís 3 x 3 de basquete, com as finais das equipes masculina e feminina. Mais de 90 atletas participaram das atividades.


No fim do dia, a praça também foi palco de uma aula de zumba para a população. Com muita animação e diversão, dezenas de pessoas se exercitaram e finalizaram o dia de atividades especiais em comemoração ao aniversário de 409 anos de São Luís.

Atletas aprovam

A ação comemorativa aos 409 de São Luís foi aprovada pelos atletas e pela população que compareceu aos eventos esportivos. Para a atleta Sara Dutra, do Triathlon, o evento idealizado durante as festividades da capital maranhense abrilhanta a festa e fortalece o incentivo ao esporte.

“A Prefeitura está de parabéns por essa iniciativa em uma data comemorativa para nossa cidade. Uma forma de fomentar o nosso esporte nesse momento em que a gente ainda está na pandemia. Nós, como atletas, ficamos felizes por essa data e por estarmos comemorando esse aniversário com uma festa tão bonita no esporte”, disse a atleta.

A pequena Maria Fernanda, de 12 anos, também aprovou as ações de lazer que foram realizadas no Parque do Bom Menino. “Fiquei muito feliz em passar essa tarde brincando com meus amigos. Foi muito legal poder aprender coisas novas com meus professores nesse dia especial”, disse.


Fonte: Prefeitura de São Luís

Prefeito Eduardo Braide entrega Novo Pronto Socorro do Anil totalmente reformado e com serviços médicos ampliados


No dia do aniversário dos 409 anos de São Luís, o prefeito Eduardo Braide entregou mais um importante presente para a cidade: a ampla reforma realizada no Novo Pronto Socorro do Anil. A unidade de saúde também foi reequipada e teve equipe médica e serviços ampliados. Com a obra, a partir de agora, a população terá melhor atendimento na atenção básica e de emergência. 

“Hoje, dia em que nossa cidade comemora 409 anos, estamos dando mais um presente à cidade, que é a entrega do Pronto Socorro do Anil totalmente reformado, com novas especialidades médicas e com toda a estrutura necessária para garantir atendimento mais humanizado à nossa população. Estamos investindo para reestruturar a nossa rede de atenção básica, ampliando a saúde preventiva e fortalecendo o cuidado com a nossa população”, destacou o prefeito Eduardo Braide, que estava acompanhado da primeira-dama, Graziela Braide, e de autoridades. 


A vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda, falou sobre a importância da unidade de saúde. “O Pronto Socorro do Anil atende a um número grande de pessoas da região e de outras áreas da cidade e estava precisando de uma reforma completa. Entregar o novo posto neste dia tão especial, que é o aniversário da cidade, mostra o compromisso da nossa gestão em cuidar das pessoas”, disse. 

Os vereadores Gutemberg Araújo (PSC), 1º vice-presidente da Câmara Municipal; Fátima Araújo (PCdoB); Ribeiro Neto (PMN); Álvaro Pires (PMN); Octávio Soeiro (Podemos) e o titular da Semosp, David Col Debella, também participaram da entrega do novo Pronto Socorro do Anil. 

Requalificação

A reforma da estrutura física da unidade foi executada pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), que fez a modernização de toda a rede elétrica, implantação de climatização em todos os ambientes, melhorias na rede hidráulica e sanitária, nova cobertura, pintura interna, externa e as dependências físicas foram readequadas para a melhor prestação dos serviços. 


A unidade, que antes funcionava para atendimento de urgência e emergência, agora conta com um Ambulatório de Especialidades Médicas, que traz para dentro da comunidade novos serviços de saúde, como cardiologia, ginecologia, pediatria, dermatologia, além do clínico geral. A melhoria e ampliação dos serviços também vai possibilitar com que o cidadão consiga marcar consulta e exames no próprio local. 

Estrutura

O Novo Pronto Socorro do Anil conta agora com sala para classificação de risco do paciente, sala de medicação, sala de estabilização com dois leitos, sala de observação com quatro leitos, farmácia, serviço social, sala de curativo, sala de vacina e quatro consultórios. 


Entre os serviços médicos oferecidos na unidade estão exames preventivos, planejamento familiar, saúde do adulto, hipertensão, imunização, puericultura, curativo, vigilância epidemiológica e serviço social. 

O secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, afirmou que agora a unidade está totalmente preparada para garantir atendimento de qualidade.

“O Pronto Socorro do Anil é uma unidade de saúde histórica, com décadas de funcionamento e passa pela sua primeira grande reforma. Além disso, conseguimos trazer para a unidade serviços que não eram oferecidos. O paciente que precisa de atendimento emergencial agora conta com uma unidade totalmente equipada para garantir atendimento de qualidade”, assegurou. 


Melhoria dos serviços

A obra de requalificação e a inclusão de serviços têm o objetivo de garantir aos moradores da região do Anil mais conforto durante o atendimento e mais acessibilidade aos serviços de saúde especializados. 

“Todos nós, usuários do SUS e moradores do Anil e imediações, ficamos muito felizes com essa reforma realizada pela Prefeitura de São Luís. A estrutura do posto estava completamente deteriorada. Há muito tempo aguardávamos por uma ação que desse fim aos problemas físicos dela. Portas, janelas e gradeados estavam completamente danificados, o banheiro era insalubre e os equipamentos estavam todos danificados. Agora, com a reforma, mais parece um novo posto, e isso nos deixa muito seguros, pois, pela primeira vez, temos um local de atendimento em saúde digno”, disse Vinicius Gomes, morador do Anil.


Fonte: Prefeitura de São Luís

Com potencial turístico, a comunidade do Cajueiro clama por atenção do poder público

A Comunidade do Cajueiro localiza-se na área rural da capital maranhense, São Luís. Cerca de 200 famílias que lá vivem são pescadores artesanais e extrativistas (de moluscos e crustáceos do mangue). Vivem há algum tempo sob constante ameaça de remoção por conta da expansão do Complexo Portuário de Itaqui.


Em conversa com os líderes da associação de moradores da comunidade, o Srº Francisco e Srª Eunice, que vem fazendo um excelente trabalho nos últimos anos, de tentar integrar a comunidade nas questões sociais, levar aos moradores os benefícios e unificar as lutas da comunidade, para que tragam melhorias.

Algumas das demandas da comunidade passam por creche/escola, Unidade Básica de Saúde, transporte público e urbanização através de asfaltamento de ruas. Essas melhorias vão trazer avanços para todos os produtores, sejam eles pescadores, agricultores ou extrativistas. Haja vista que a acessibilidade aos direitos básicos, trará qualidade de vida e ajudará na economia local e no escoamento da produção dos seus trabalhos.

Outro ponto importante a se destacar é o potencial turístico da região. Um local ótimo para ver o por do sol, e existe um bar onde você pode consumir bebidas e comidas típicas, o qual um dos pratos mais pedido é o Camarão-Piticáia. Outro diferencial é o mar de ondas calmas ,por conta de se localizar em um lado da baía que não é atingindo diretamente pelo mar aberto, sendo ideal para quem curte tranquilidade e passear em família.

Transformar a comunidade do Cajueiro em uma unidade de ecoturismo é um componente importante para promover a sustentabilidade e conservação da natureza. Porém, em São Luís, ainda é muito baixa a atenção dada pelos governos e pelas políticas de meio ambiente a essa vertente do turismo, que é menos impactante que o turismo de massa.


A responsabilidade social das empresas vem sendo questionada e impõe novos desafios gerenciais aos negócios, trazendo a emergência de medidas de enfrentamento para os problemas sociais, pois já não é mais possível conviver com o paradoxo de importantes inovações tecnológicas de um lado, e a degradação da vida humana do outro.

“Não somos contra a criação do novo Porto São Luís, e acreditamos que o desenvolvimento tem que vir para nossa cidade e aumentar a economia do nosso estado. Porém, nossa esperança é que haja responsabilidade social, e que melhorias sejam implantadas nas comunidades ao redor dos empreendimentos, e principalmente, que a natureza seja preservada para que a gente possa continuar a viver dela”, afirma Srº Francisco.


A responsabilidade social das empresas na região do Porto do Itaqui ainda é um desafio, uma vez que as ações de filantropia não têm contribuído efetivamente para a melhoria das condições de vida da sociedade e para a transformação da realidade social vigente.

Que cada um esteja envolvido neste contexto, pois o momento é propício para avaliarmos as oportunidades de mudanças, o como devemos nos preparar para fazermos gestão da própria vida, mudarmos hábitos, pensamentos, posturas e enfrentarmos o futuro.


Fonte: Blog Ilha Rebelde



Nas rodovias federais do Maranhão, PRF reforça policiamento


Durante a Operação Independência 2021, realizada entre os dias de 03 e 07 de Setembro, a PRF, visando garantir a segurança viária no período de maior fluxo de veículos, reforçou o policiamento nas rodovias federais do Maranhão.

Já no primeiro dia de atuação as equipes abordaram um caminhão que realizava ultrapassagens perigosas na BR 135. Durante a fiscalização o motorista foi convidado a realizar o teste de alcoolemia o qual retornou 0,97 mg/L de álcool por litro de ar alveolar, 0,63 mg/L acima do limite para caracterizar o crime de embriaguez ao volante. O condutor foi detido e conduzido à Polícia Judiciária.

Na BR 222 os policiais realizaram palestras voltadas a conscientização de motoristas e passageiros sobre a segurança viária, a necessidade de observância das normas e o papel de todos na manutenção de um trânsito seguro. Os comandos educativos alcançaram 252 pessoas.

Ainda no curso da Operação Independência as equipes PRF, durante fiscalização na BR 226, flagraram uma motocicleta sendo conduzida por adolescente. Após a abordagem foi realizado contato com a proprietária do veículo que será responsabilizada por entregar veículo automotor a pessoa não habilitada gerando perigo à circulação na via.

O aumento do número de policiais rodoviários federais nas rodovias maranhenses refletiu no incremento do número de abordagens e autuações. As equipes no trecho:

– abordaram 1.143 veículos
– fiscalizaram 834 pessoas
– realizaram 237 testes de alcoolemia
– recuperaram 02 veículos
– realizaram a prisão de 08 pessoas
– recolheram 49 veículos sem condições de circular aos pátios da instituição
– lavraram 708 Autos de Infração

Na capital maranhense o esforço será estendido até esta quarta-feira (08/09) em virtude do aniversário de 409 anos de São Luís. O reforço no policiamento estará voltado a garantir a fluidez do trânsito no acesso à capital e a coibir as infrações que causam maior risco ao trânsito, como a embriaguez ao volante, o excesso de velocidade e as ultrapassagens proibidas.

Fonte: Daniel Matos