sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Prefeitura de Grajaú decreta confinamento por 15 dias

O prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, decretou nesta sexta-feira (26), lockdown por 15 dias no município.

Estará restringida qualquer atividade comercial que não seja enquadrada na essencial.

Parte da população e da classe empresarial promete uma manifestação nesta sexta-feira contra a medida do prefeito.

Eles defendem que as medidas sejam menos restritivas.

Confira aqui o DECRETO

Por Diego Emir.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Justiça determina retirada de cães da casa de idosa após vizinhos reclamarem

Atendendo ao pedido do Ministério Público do Maranhão, por meio da 16ª Promotoria de Justiça Especializada de São Luís, o Poder Judiciário determinou a retirada progressiva de animais na residência de uma aposentada de 79 anos, no bairro do Cohaserma, em São Luís. A estimativa é que ela tenha mais de 100 cães e a quantidade elevada de animais causa transtornos para os vizinhos e oferece risco à saúde pública. A primeira etapa da decisão foi cumprida na última terça-feira (23), com a captura e retirada de 15 cachorros.

Os animais foram levados para o Centro de Controle de Zoonoses onde serão examinados por uma equipe de veterinários, farão exames e posteriormente serão disponibilizados para adoção. A operação foi coordenada pelos promotores de justiça José Augusto Cutrim (Defesa do Idoso) e Cláudio Rebêlo Alencar (Defesa do Meio Ambiente).

A decisão da juíza Laysa Martins Mendes, da 7ª Vara da Fazenda Pública, determina que os animais sejam retirados progressivamente, a cada 20 dias, até restarem cinco. Também foi determinado que a idosa seja inserida em programa de acompanhamento por equipe multiprofissional da Rede de Atendimento Domiciliar e de Atenção Básica, bem como por profissionais da Coordenação da Saúde Mental do Município de São Luís para avaliação e tratamento médico e psicológico. Além disso, o Município de São Luís é obrigado a providenciar relatório médico psiquiátrico da idosa com o objetivo de averiguar eventual transtorno de acumulação de animais ou outras doenças existentes.

A ação contou com a participação de diversos órgãos públicos municipais de São Luís e do Estado do Maranhão, além de entidades da sociedade civil e pessoas da comunidade. “Hoje verificamos a situação da salubridade do espaço e os cães recolhidos vão passar por exames e depois serão vacinados. Trata-se de uma medida necessária para garantir a saúde da idosa, dos animais e garantir um ambiente adequado para os vizinhos”, avaliou Cláudio Alencar.

“Verificamos a situação da salubridade do espaço e os cães recolhidos vão passar por exames e depois serão vacinados”.

Na avaliação do promotor de justiça Augusto Cutrim, a preocupação do MPMA foi assegurar o cumprimento da decisão judicial, com a retirada dos cães, mas também garantir a segurança da idosa, evitando que houvesse o impacto emocional ou na saúde dela. “O que ficou constatado é que ali é um espaço onde os animais são maltratados e a idosa também. Estamos concluindo a investigação para saber quem leva esses animais, de que forma são alimentados e quem está administrando os recursos financeiros dela”, afirmou Cutrim.

Fonte: O Imparcial.

sábado, 20 de fevereiro de 2021

Semosp atende solicitação de Osmar Filho para Vila Embratel


Uma equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) esteve nesta segunda-feira (15) na Vila Embratel, na região do Itaqui-Bacanga, para avaliar ruas, travessas e avenidas que necessitam de reparos urgentes. A visita é uma resposta do prefeito Eduardo Braide (Podemos) a uma solicitação do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), atendendo reivindicação dos moradores e comerciantes do bairro.

Entre as vias do bairro avaliadas estão as ruas da Felicidade, João Figueiredo, 06 de Abril, Rua 08 e Rua 06, entre outras. A visita foi acompanhada pelo chefe de gabinete do vereador pedetista, Ernandes Gomes e pelo jornalista e líder comunitário Mauro Garcia. "A área Itaqui Bacanga merece uma resposta dos poderes Legislativo e Executivo e, na comunidade da Vila Embratel não poderia ser diferente" afirmou Ernandes.
"Eu agradeço muito o vereador Osmar Filho, o prefeito Eduardo Braide pela sensibilidade de atender nosso pedido. Tenho um cadeirante aqui na 2° Travessa Rua João Figueiredo e a recuperação das ruas vai melhorar muito a vida dele e a de todos nós", disse Iracema Souza, moradora da 2° Travessa da Rua João Figueiredo e uma das pessoas que participou de uma reunião com o presidente no Botequim do Fuzuê, na noite de 08 de setembro de 2020.  

Além de “Didi “, comerciante com forte atuação no bairro, outro que se diz satisfeito com as intervenções que serão feitas é o radialista Nonato Costa, o "Capelobo do Brega". "É um sonho que se tornará realidade”, falou. Esta é mais uma conquista do vereador para a comunidade. Há anos o pedetista luta em favor do bairro e de seus moradores.

Vias que serão recuperadas

Ruas Embratel, Rua 02, Rua 07, Rua da João Castelo e Rua da União, além das travessas e avenidas da Vila Embratel. Travessa da Rua da Felicidade, 1° Travessa Rua João Figueiredo, 2° e 3° Travessa da Rua João Figueiredo, 1° Travessa da Rua 06 de Abril, Extensão da 2° Travessa João Figueiredo. Rua da Felicidade, Rua João Figueiredo, Rua da Conceição, Rua 06, Rua 06 de Abril, Rua 08, Rua 05, Rua 03 e Rua Copacabana, no bairro do Resende.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Sem pagamentos por parte da Prefeitura, médicos de Caxias podem paralisar

Médicos que atuam na atenção primária da rede municipal de saúde local em Caxias-MA, reclamam que estão sem receber salários desde novembro de 2020. Em dezembro de 2020, os médicos divulgaram uma nota em repúdio ao descaso com os profissionais de saúde em Caxias, e desde então, nada foi resolvido.

Uma manifestação de paralisação está sendo organizada para o dia 22 de fevereiro, às 9:00 horas da manhã, caso o problema dessa vez não seja sanado.

O movimento ganha força nas redes sociais, visto que é inadmissível qualquer profissional trabalhar sem receber, e nesse caso, os profissionais são médicos, muitos provavelmente da linha de frente no combate à Covid-19.

Em tempo: Cadê o prefeito de Caxias? E o vice-prefeito que só vive nas redes sociais posando de bom moço, mas não resolve o pagamento dos médicos? Os profissionais da saúde querem uma solução, pois em plena pandemia, passar por tal situação é desonroso, injusto e vergonhoso!

Com a palavra, o prefeito Fábio Gentil e o vice-prefeito Paulo Marinho Júnior.

Do blog Ilha Rebelde

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Termina hoje prazo do "Lockdown musical", juiz não deve prorrogar


O juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, não deverá estender o chamado “lockdown musical” para além desta quinta-feira 18, quando termina o prazo estabelecido por ele para proibição de músicas de qualquer natureza em bares e restaurantes.

Desde que implantado, na sexta-feira, 12, o “lockdown musical” gerou muita polêmica entre artistas e muitos ataques ao magistrado.

Os efeitos científicos de sua eficácia no combate à CoVID-19 só poderá ser medido em 15 dias, mas foi evidente que a medida resultou em menos bares funcionando no período, o que gerou menos aglomerações.

Mesmo assim, a julgar por sua participação no debate com a classe artística, promovido terça-feira, pelo imirante.com, Douglas Martins não deve estender a proibição por mais dias.

Isso significa que, já a partir desta sexta-feria, 19, os bares e restaurantes já poderão contratar músicos, DJs ou tocar música mecânica em seus salões.

Por Marco Aurélio D'Eça.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Batista Matos é anunciado vice-líder do governo Eduardo Braide na Câmara de São Luís


O vereador João Batista Matos (Patriota) foi anunciado vice-líder do governo municipal na Câmara de São Luís, durante a sessão ordinária da segunda-feira, 15. Como primeiro ato da sua vice-liderança, o parlamentar anunciou que a Unidade de Saúde Carlos Macieira e o Hospital da Mulher, foi entregue, hoje, pelo prefeito Eduardo Braide à população e passaram a funcionar, especificamente, para atendimento a pacientes diagnosticados com Covid-19.

“Me sinto feliz e honrado pela confiança que o prefeito Eduardo Braide e o secretariado municipal depositaram em mim. Costumo dizer, que a principal virtude de um vereador é saber ouvir e, nesta função de vice-líder do governo na Câmara, irei ouvir as demandas dos meus colegas vereadores e, depois, vou encaminhá-las ao governo municipal. Assim como, também ouvirei as demandas do Executivo e as trarei para esta Casa. Neste sentido, irei trabalhar em parceria com o vereador Marcial Lima, que é o líder do governo na Câmara”, assinalou Batista Matos.

Anúncio

O anúncio do nome de Batista Matos como vice-líder do governo municipal na Câmara, foi feito pelo vereador Francisco Carvalho (PSL), que participava da sessão ordinária pela plataforma digital online. Durante o discurso, o parlamentar explicou que o vereador Batista Matos integra o mesmo bloco político dele, na Câmara, o ‘Todos por São Luís’, e que os demais colegas membros, estão muito satisfeitos com a decisão do prefeito Eduardo Braide.

“O prefeito Eduardo Braide, contemplou o nosso bloco político, ao convidar o vereador Batista Matos para ser vice-líder do governo na Câmara de São Luís. Nós fazemos parte do mesmo bloco e, este, visa buscar maior integração entre Executivo e Legislativo. Com isso, buscamos melhorias para São Luís. Além de mim e do vereador Batista Matos, também integram o bloco ‘Todos por São Luís’, os vereadores: Daniel Oliveira (PL), Antonio Garcez (PTC), Rosana da Saúde (Republicanos) e Aldir Júnior (PL), que é o líder do bloco. Ficamos bastante satisfeitos com a escolha do vereador Batista Matos para a vice-liderança do governo municipal, na Casa. Gostaria de deixar registrado o meu parabéns ao parlamentar”, assinalou Francisco Carvalho.

Durante a sessão, o líder do governo Eduardo Braide no Legislativo, Marcial Lima (Podemos), também fez uso da palavra para congratular o vereador do Patriota. “Houve uma sugestão do nome do vereador Batista Matos, que, posso dizer, foi minha e o convite foi feito pelo prefeito Eduardo Braide, no sábado. Fico muito feliz por ele ter aceitado e gostaria de parabenizá-lo pela função que, o amigo e parceiro a favor de São Luís, passará a desenvolver a partir de agora”, comentou.

Ainda sobre a indicação para a vice-liderança, o vereador Daniel Oliveira (PL) explicou que, a aceitação do convite do prefeito Eduardo Braide, foi declarada por Batista Matos, após debate coletivo no bloco político ‘Todos por São Luís’. “Gostaria de parabenizar o vereador Batista Matos, pelo convite aceito e dizer que muito engrandece ao nosso bloco, o fato de ter um integrante como líder do governo, nesta Casa", disse Daniel.

Já o vereador e vice-presidente da Casa, Dr. Gutemberg (PSC), que presidiu a sessão ordinária de hoje, comentou acerca da formação de blocos políticos na Câmara e também congratulou Batista Matos pela função de vice-líder do governo.

“Em meu nome e em nome do presidente Osmar Filho, gostaria de parabenizar o vereador Batista Matos pela função de vice-líder, que passará a desempenhar a partir deste momento. Aproveito também para parabenizar esta Casa, pelo novo momento que vive. Esta Casa que, anteriormente, falava muito ‘eu’, agora passará a falar ‘nós’, com a formação dos blocos. Quero parabenizar todos os membros de todos os blocos, líderes e vice-líderes, bem como, desejar a todos que tenham uma atuação absolutamente profícua e convergente para aquilo que a gente espera: o bem-estar da população e da cidade”, ressaltou.

Durante a sessão, demais vereadores presentes também parabenizaram Batista Matos e se colocaram à disposição para trabalhar em conjunto com o vereador, bem como buscar melhorias para a capital maranhense.

(TF)

"No passado podemos encontrar respostas para o sucesso futuro", diz Marco D'Eça em encontro com ex-diretores de comunicação da Câmara

O jornalista Marco D'Eça, Diretor de Comunicação da Câmara de São Luís, se reuniu para um happy hour, com os jornalistas, blogueiros e radialistas. Entre os presentes estavam  dois ex-diretores de imprensa da Casa: Djalma Rodrigues e Itamargareth Corrêa Lima, os quais juntos estiveram à frente do cargo por mais de uma década.

Segundo as informações, o encontro aconteceu na tarde deste domingo (14), no Sarará Grill, no Coroado. Além da troca de experiência, a conversa amistosa entre o trio serviu para alinhar estratégias visando fortalecer a comunicação legislativa.

Itamargareth, que dirigiu a comunicação na gestão do vereador Astro de Ogum, afirmou que além de alicerçar amizades, o encontro serviu para troca de experiências, crescimento humano e profissional.

"Esse encontro é muito significativo, pois evidência que a Câmara sempre será uma grande escola, tanto para solidificar amizades quanto para o crescimento humano e profissional. A Casa, de maneira geral, ganha muito com um profissional da envergadura de D'Eça. Não tenho dúvida que a missão de trabalhar a imagem dos vereadores e do Poder Legislativo Municipal será cumprida com o mesmo zelo e responsabilidade, características que o tornaram esse profissional que ele é “, afirmou Itamargarethe.

Djalma, que atuou no departamento durante as gestões dos vereadores Deco Soares, Chico Carvalho e Isaías Pereirinha, avaliou o encontrou e destacou a humildade em buscar experiência de alguns antecessores.

"Muito importante destacar a humildade de Marco, um dos maiores jornalistas da geração dele, em promover essa reunião. A capacidade de produção de texto é de conhecimento público e inquestionável, agora, os profissionais estão aqui reunidos com o fito propósito de ajudá-lo na  árdua missão que nosso colega terá pela frente”, afirmou Djalma. 

Marco D'Eça também avaliou o encontro e destacou que é gratificante poder contar com a experiência e conhecimento profissional de dois antecessores no cargo. “Além do apoio dos colegas que possuem a disponibilidade de nos ajudar, é muito importante poder contar com a experiência não só profissional, mas, também, de gestão de Djalma e Ita”, garantiu D'Eça.

O chefe da comunicação legislativa disse ainda que além de colocar o papo em dias, resolveu marcar o encontro para poder se aproximar, debater, ouvir e falar com os colegas.

"Defendo que só conseguiremos ter uma equipe forte com um trabalho desenvolvido a contento, além de profissionalismo, caso haja respeito e união, para isso, precisamos ter disponibilidade de aprender com o passado, pois lá podemos encontrar resposta para o sucesso futuro', finalizou D'Eça.

sábado, 13 de fevereiro de 2021

A governança e o regime de colaboração na prática


O Artigo 211, da Constituição Federal, prevê que a União, Estados e municípios adotem o Regime de Colaboração como estratégia de organização de seus sistemas de ensino, de forma que seja, na prática, um processo colaborativo em que as políticas públicas sejam universais e efetivas para o sucesso escolar de todas as crianças, adolescentes, jovens e adultos. No Maranhão, o Regime de Colaboração integra os eixos estruturantes do Programa Escola Digna, que está em todos os 217 municípios.

Com o Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem, instituído no Governo Flávio Dino, Estado e municípios concretizam ações, quase que diárias, focadas na melhoria de indicadores de aprendizagem, com a instrumentalização de políticas que vão desde o acesso, com a distribuição de ônibus escolares – 118 e mais duas lanchas escolares, até o momento – à doação de prédios e construção de escolas dignas entregues todos os meses, a formação e qualificação de docentes e equipes gestoras de educação dos municípios, e outra série de ferramentas para assegurar a permanência, com qualidade, dos estudantes nas escolas.

Nesta semana, realizamos o primeiro ciclo de webinários do Pacto em 2021, com a presença dos dirigentes municipais de Educação, equipes técnicas das secretarias municipais de Educação, coordenadores pedagógicos e professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental das redes municipais. Uma média de 8 mil pessoas participaram somente no primeiro dos três dias de formação online, pelo canal da Secretaria de Estado da Educação no Youtube.

É necessário sublinhar que, anterior a esse ciclo, o governador Flávio Dino reuniu todos os novos e reeleitos prefeitos, com seus dirigentes educacionais, em um chamamento para que, de forma colaborativa, enfrentemos, juntos, aquilo que denominou como o maior desafio de nosso tempo, o desafio geracional, referindo-se à terrível pandemia que vitimou muitas pessoas e afastou nossos estudantes do ambiente escolar. “Nós temos que correr para compensar essa tragédia, ao máximo quanto possível, reduzir danos, porque é inadmissível que toda essa geração de estudantes fique dois anos afastada do espaço escolar. É uma tragédia a ampliação da evasão escolar, a inserção precoce no mundo do trabalho, a perda da continuidade metodológica, porque estamos vivendo condições atípicas. Esse é um contexto muito difícil, mas temos que nos fortalecer, dobrar esforços para compensar isto. Quem combate as trevas é a luz, e a educação é luz”, salientou o governador.

O Governo do Maranhão compreende a função social da educação, que é resultado de um regime de colaboração, sob uma governança responsável e transparente. Por isso, este governo se tornou conhecido como o que mais investiu em educação e tem atraído a atenção de especialistas e organismos de renome nacional e internacional, pelo exemplo de gestão, que tem como principal marca a Escola Digna, com resultados já evidenciados no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), os mais elevados da série histórica; e em estratégias, como a Busca Ativa Escolar do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), apoiando os municípios na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. Em 2019, foi destaque como o Estado da Amazônia Legal que mais avançou, ao possibilitar que mais de 8 mil estudantes, outrora fora da escola, fossem rematriculados em unidades de ensino.

Cabe destacar, ainda, que o Movimento Colabora Educação, em parceria com a Seduc e o apoio técnico das organizações: Todos Pela Educação e EloGroup, produziu um documento intitulado: Sistematização da Política Colaborativa do Maranhão, com práticas de governança e do Regime de Colaboração entre Estado e municípios, nas etapas de educação infantil e ensino fundamental, que também permitirá a organização de experiências e servirá como referência para outros estados e municípios.

O Programa Escola Digna e o Pacto pela Aprendizagem são demonstrações de que temos um único objetivo, que é a gestão com resultados na aprendizagem. E essa é a bandeira política do Maranhão, a que possibilita aos estudantes todas as condições dignas de aprendizagem, com professores qualificados e valorizados. É isso que tenho observado em cada lugar por onde passo, rostos com sorrisos esperançosos, convictos de que a educação pública do nosso Estado vive um novo momento.

Conclamo cada gestor municipal, gestor escolar, educadores e técnicos para que, em seus espaços, sejam protagonistas de uma grande cruzada pela educação, para garantir a aprendizagem adequada e perpetuadora de futuros dignos no Maranhão.

Felipe Costa Camarão
Professor
Secretário de Estado da Educação e Reitor IEMA
Membro Titular do Fórum Nacional de Educação – FNE
Membro da Academia Ludovicense de Letras e Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão

Pesquisa do Emet Instituto para presidente e governador poderá ser acompanhada pelos PP e MPE


No dia 15 de março, quando se comemora o dia do Consumidor e da escola, o EMET, maior instituto de pesquisa em atuação no Norte e Nordeste, em mais uma iniciativa INÉDITA na política brasileira, fará pesquisa de intenção de votos para Governador e Presidente nas cidades de São Luís e Imperatriz. De maneira proposital, a data tem um duplo significado: as instituições políticas precisam aprender a respeitar a população, representada pelos economicamente ativos, no caso os consumidores e, ainda, dispensar à escola a importância transformadora que exerce no âmbito social. 

Para Fernando Bastos, presidente Instituto, o País vive um caos institucional devido ao baixo nível educacional da população. Por telefone, em um bate papo, o empresário conversou com o titular do blog e deu mais detalhes sobre a pesquisa: 

Boa tarde, FB o que a pesquisa irá levantar?

Boa noite, obrigado pela oportunidade. A pesquisa iniciará uma série de pesquisas eleitorais que faremos em todos os seis Estados que atuamos. Esta pesquisa GRATUITA e de acesso ABERTO aos partidos políticos que tenham seus pré-candidatos citados e ao Ministério Público Eleitoral faz parte do nosso plano de marketing pela moralização do processo político e por sua transparência. As pesquisas de intenção de voto tem um papel fundamental na elaboração de estratégias políticas, mas há anos vem sendo utilizadas como plataforma de marketing para levantar e derrubar candidatos. Pessoalmente não vejo problema nisso, mas acho que precisa ser aberta ao público desde a execução e, assim, evite fraudes. Desde a nossa fundação, temos procurado parlamentares sérios e com representação no âmbito nacional para levantarem essa bandeira de moralidade e criarem um projeto de lei que torne toda a pesquisa eleitoral monitorável pelo TSE, obrigatoriamente ABERTA, desde a sua execução, caso seja divulgada, com mecanismos modernos de controle anti-fraude. É inadmissível o Brasil ter o sistema eleitoral mais moderno do mundo e as pesquisas serem feitas com folhas de papel ou como alguns institutos, que se dizem modernos, usar o googles Docs para fazer pesquisa. Isso é simplesmente, ridículo.


FB, mas sobre a pesquisa em si, quais as questões?

As questões são simples, ou seja, espontâneas. Digo, em quem pretende votar para Governador? Em quem pretende votar para Presidente? Em quem pretende votar para Senador? Em quem pretende votar para Deputado Federal? Em quem pretende votar para Deputado Estadual? Além das questões estimuladas:

Se os candidatos ao governo forem esses, em quem pretende votar para Governador? Se os candidatos a presidente forem esses, em quem pretende votar para Presidente?


E como os partidos terão acesso ao sistema para poderem acompanhá-la em tempo real?

Os representantes deverão enviar a composição partidária para o nosso whatsapp (98) 98405-8405, será elaborado um contrato SEM CUSTO algum para o partido, deixando bem claro o que iremos disponibilizar e quais os direitos dos partidos, o mesmo deve ser assinado pelo presidente do partido e será marcada a data de nosso funcionário ir até a sede da sigla instalar o app de acompanhamento online e dar o treinamento para ensinar a sua utilização e o acesso a nossa plataforma web. Disponibilizaremos acesso ao nosso app que qualquer pessoa pode baixa na google play store, ferramenta essa que apenas nos dispomos no País. Além disso, iremos permitir o acesso web, que dará ao partido acesso as informações bem mais detalhadas em tempo real, de maneira gratuita, com intuito de demonstrar que a nossa empresa está muito a frente de qualquer instituto de pesquisa em atuação no país, e primando pela transparência e moralização do processo político partidário.


FB e quem pagas estas despesas? Sabemos que uma pesquisa desse porte, nas duas maiores cidades do Estado tem um custo altíssimo, da onde vem o capital para a sua execução?

Somos o maior instituto de pesquisa do Norte/Nordeste, com o fechamento do IBOPE talvez sejamos um dos maiores do País. Então, temos recursos próprios para estas pesquisas gratuitas. O nosso retorno é visibilidade social, é a satisfação de levar até a população uma informação verdadeira e inquestionável pelos partidos políticos ou pela justiça, já que o fazemos de forma transparente e aberta. Não temos vínculo político ou partidário, e deixamos bem claro que não queremos sequer aproximação, justamente para termos a nossa independência e contribuir para a transparência e moralização da política brasileira, que a cada dia fica mais suja e imoral. Mas ressaltamos que as portas de nossa empresa estão abertas para todo e qualquer político que queira, sem interesse escuso ou imoral, participar dessa luta pelo projeto de LEI para maior transparência nas pesquisas políticas registradas e divulgadas. Sempre estaremos abertos ao diálogo e ao contraditório, mas jamais nos curvaremos a qualquer que seja força política. O EMET não é apenas uma empresa, é um ideal, uma filosofia de vida, queremos trazer a verdade para a política.


FB queríamos saber mais sobre as pesquisas epidemiológicas, sabemos que estão realizando para várias cidades em todo Brasil e inclusive para o Governo Federal, como são essas pesquisas e qual a sua importância?

Realmente estamos fazendo pesquisas epidemiológicas para vários Estados e cidades do Brasil. Somos a única empresa no País capaz de monitorar 44 doenças em uma única pesquisa, por conta do nosso sistema exclusivo o LECAAD. Nossa equipe de saúde visita de casa em casa, fazendo aferições de saturação de oxigênio, pressão arterial, temperatura, glicemia, batimentos cardíacos e IMC, enquanto isso conjuntamente nossas técnicas, por meio de entrevistas simples, coletam as informações sobre outras 39 doenças, todas elas constantes no Guia Nacional de Vigilância Sanitária. Desta forma, monitoramos COVID-19 e mais 42 doenças, dentre elas, hipertensão, diabetes, dengue, obesidade, depressão e outras. Essa pesquisa é uma questão de saúde pública, Estados, municípios e Governo Federal estão CEGOS, tomando decisões baseadas em achismo e atendimento ambulatorial e isso vem custando vidas em todo o país, esse nível de amadorismo administrativo é inadmissível em pleno século 21.


FB, mas em quem você sustenta a importância, a obrigatoriedade dessa pesquisa?

Excelente pergunta, do ponto de vista LEGAL, além da questão moral inquestionável. Existem duas importantes leis que fundamentam e obrigam a vigilância epidemiológica, pesquisa, levantamento, etc...Lei 6.259 de 1975 e a Lei 9.808 de 1990, ambas em vigor, que regulamentam a vigilância epidemiológica e outras questões sanitárias!  E ainda existe a portaria 2358 do MS e o guia Nacional de Epidemiologia que faz essa recomendação de forma clara.

A OPAS e a OMS publicam quase que diariamente orientações neste sentindo, é uma questão de falta de vontade política e irresponsabilidade social.


Ainda sobre a PESQUISA EPIDEMIOLÓGICA, a ONU irá intensificar e incentivar em todo mundo a sua realização por ter a convicção que é a mais eficiente medida PREVENTIVA para se evitar o surgimento de NOVAS EPIDEMIAS E PANDEMIAS. E isso é de conhecimento do nosso Governo Federal, Estados e Municípios basta acessar http://www4.planalto.gov.br/ods/noticias/onu-anuncia-plano-para-eliminar-doencas-transmissiveis-nas-americas-ate-2030. É o site oficial do governo, basta ler a matéria por eles publicadas. Do ponto de vista científico, aqui mesmo uma matéria fantástica da jornalista Dora Alice Silva, cita os quatro maiores especialistas mundiais, Hendrik Streeck, virologista alemão; o Nobel de Medicina , o francês Luc Montagnier; Karl Friston, neurocientista inglês; e o médico infectologista do Hospital Oswaldo Cruz, graduado e pós-graduado pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo, o Dr. Stefan Cunha Ujvari. Nesta matéria, é citada a história da Hanseníase, que é uma doença milenar e nem por isso matou ou contaminou a humanidade. O cientista cita que era feita a pesquisa epidemiológica, aonde se identificava os doentes e os separava da sociedade, porque naquela época não havia tratamento para doença.


Confesso que não sabia disso, mas já que é lei, já que é uma orientação da ONU, da OPAS, da OMS e consenso dentre os cientistas especialistas, por que você acha que os gestores públicos não estão todos trabalhando para que estas pesquisas sejam realizadas?

Olha, a minha resposta vai desagradar muita gente, mas a verdade é que político no Brasil acha que gestão pública é fazer OBRA, saneamento básico e questões de saúde eles não investem por acharem que não dá voto!

Milhares de pessoas vêm morrendo diariamente, por isso, o MPF e demais órgãos de controle vêm ajuizando ações contra estes gestores públicos irresponsáveis e insensíveis às mortes em suas cidades. Precisamos ser justos com os pequenos municípios que realmente muitas vezes não têm recursos, mas mesmo a dificuldade financeira não pode ser obstáculo diante das questões que envolvem a saúde pública e vidas humanas.

É uma vergonha o Brasil ter o maior número de mortos todos os dias e a culpa é da péssima gestão de nossos políticos porque bilhões foram disponibilizados e são pessimamente geridos. A ciência é ignorada no Brasil e algo tão simples e milenar quanto a pesquisa epidemiológica, a vigilância sanitária e as barreiras sanitárias não são utilizadas. Isso poderia ter poupado a vida de milhares de pessoas e economizados bilhões para o país.

Infelizmente, o amadorismo administrativo dos prefeitos, governadores e, por que não dizer, do presidente causam estas mortes todos os dias. Administram baseados em achismo!

A pesquisa é a base de qualquer processo administrativo, seja ele público ou privado, municipal, estadual ou federal.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Pedido de Astro de Ogum a Codevasf beneficia mulheres agricultoras na zona rural

 No total, 20 kits de irrigação que facilitará na produção de hortaliças, foi entregue às filiadas da AMA


Aconteceu no final da tarde desta quinta-feira(11), na localidade no Calemb, na zona rural da Grande São Luís, a solenidade de entrega de 20 kits de irrigação por gotejamento de 500m2 , doado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba- CODEVASF.

À doação, cujo pleito foi uma articulação do vereador Astro de Ogum(PCdoB) junto ao senador Roberto Rocha (PSDB), e que também incluiu 20 caixas d'água de 500L, beneficiou à Associação das Mulheres Agricultoras- AMA. De acordo com o parlamentar, que esteve representado pela líder comunitária Jeanne Medeiros, o investimento de pouco mais de R$ 17 mil reais, ajudará na produção de legumes e verduras.

“Além de hortaliças para comercializar nas feiras, iremos produzir, também, alimentos que poderão ser adquiridos pelo Poder Público e destinados à merenda escolar “, disse. Na oportunidade, Jeane explicou que o material havia entregue pela Companhia anteriormente, mas a distribuição aconteceu agora para não infringir a legislação eleitoral.






quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Copa Interbairros de Futebol 7 começa com muitos gols

A garotada estava ansiosa para o início das disputas da segunda edição da Copa Interbairros de Futebol 7. Nos duelos que deram o pontapé inicial ao torneio, nas categorias Sub-9 e Sub-11, não faltou equilíbrio, emoção e qualidade com a bola no pé. O campo da A&D Eventos recebeu todas as oito partidas realizadas.

Nesta edição, a Copa Interbairros terá formato de mata-mata, sendo disputada em três fases: quartas de final, semifinais e final. Pela categoria Sub-9, muito equilíbrio para definir os quatros times classificados para as semifinais. Das equipes vitoriosas, apenas duas venceram no tempo normal: R13 fez 3 a 0 no Craque da Escola, enquanto o Aurora superou o Juventude Maranhense por 2 a 1.

Os outros dois semifinalistas da categoria foram conhecidos somente nas disputas de pênaltis. Após empate por 1 a 1, a garotada do Corinthians do Bequimão bateu o Futuro do São Francisco por 3 a 1 nas penalidades. Já o Audaz fez 2 a 1 no Projeto GPV após empate sem gols no tempo normal.

Com os resultados, os confrontos das semifinais do Sub-9 serão os seguintes: Aurora x Audaz e Corinthians do Bequimão x R13.

Lance de uma das partidas da rodada – Fotos: Divulgação.

Sub-11

As disputas das quartas de final da categoria Sub-11 foram marcadas por muitos gols. O principal responsável pela elevada média de bolas na rede foi a equipe do Craques da Veneza, que não deu chances ao Estrelinha Bom de Bola e aplicou a maior goleada do torneio: 12 a 0. Com três gols marcados cada um, Enzo Claudino e Carlos Henrique foram os destaques.

Quem também foi muito bem foi o Projeto Paredão, que eliminou o Grêmio Ribamarense ao vencer o rival por 3 a 0. Já a Ponte Preta fez 4 a 2 sobre a Academia Futebol Arte e também avançou no torneio. E a última vaga para as semifinais ficou com a garotada do Seve, que após empate por 0 a 0 com o time da Alemanha, fez 3 a 2 nas disputas por shoot-out e segue com chances de título.

Assim, os duelos das semifinais da categoria Sub-11 já estão definidos: Craques da Veneza x Ponte Preta e Seve x Projeto Paredão.

Fonte: O Imparcial

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Quem recusar vacina pode ser demitido por justa causa, diz MP do Trabalho

Empresas devem fazer campanhas de conscientização e usar a demissão como forma de punição em último caso, recomenda o órgão.


De acordo com o entendimento do Ministério Público do Trabalho (MPT), trabalhadores que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19, sem justificativa médica, poderão ser demitidos por justa causa.

As informações são do jornal O Globo, a partir de um documento interno do órgão para orientar a atuação dos procuradores. A avaliação parte do princípio de que a "vacinação é um bem comum", segundo uma fonte a par do assunto.

Contudo, a demissão por justa causa deve ser adotada em último caso. Ainda segundo o documento, cabe aos empregadores a tarefa de realizar campanhas de conscientização, envolvendo os sindicatos dos trabalhadores. As empresas também deverão considerar o risco de contágio da doença nos programas de prevenção e incluir a vacina entre as medidas para assegurar a saúde dos trabalhadores.

A orientação do MPT está em consenso com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu que o governo poderá impor penalidades a quem se recusar a tomar a vacina. Também tem como base a CLT e diversas normas regulamentadoras que buscam preservar a saúde e segurança dos trabalhadores.

O MPT ainda orienta a necessidade de seguir a disponibilidade de vacinas em cada localidade e os grupos de prioridade. Caso não tome o imunizante, o trabalhador deve comprovar a sua impossibilidade de receber com a apresentação de laudo médico.

Mulheres grávidas, pessoas alérgicas a componentes das vacinas ou portadoras de doenças que afetam o sistema imunológico, por exemplo, podem ser excluídas da vacinação.
Fonte: RedeTV.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Rodrigo Maia diz que o DEM voltou para a extrema-direita


Rodrigo Maia, em entrevista para o Valor, disse que ACM Neto e Ronaldo Caiado levaram o DEM de volta para a extrema-direita:

“Deste partido eu não tenho mais como participar porque não acredito que esse governo tenha um projeto, primeiro, democrático e, segundo, de país. Continuo dizendo que o governo é um deserto de ideias. O DEM decidiu majoritariamente por um caminho, voltando a ser de direita ou extrema-direita, que é ser um aliado do Bolsonaro.”

Fonte: O Antagonista.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Posso tomar vacina contra a covid-19 se estiver grávida ou amamentando?


"Como grávida, minha maior preocupação era a segurança", diz à BBC a médica Irène Mathieu.

Ela estava no segundo trimestre de gravidez quando teve que escolher entre tomar ou não a vacina contra o coronavírus.

Como profissional de saúde atuando na cidade de Charlottesville, no Estado americano da Virgínia, Mathieu estava no grupo prioritário para receber a vacina. Mas ela tinha muitas perguntas.

"Por um lado, corro um risco maior de contrair a covid-19 porque sou médica de atenção primária", diz ela.

"E embora a vacina seja nova, ela não é feita com vírus vivo e temos um longo histórico de administração segura de vacinas desse tipo a grávidas. Por outro lado, não temos dados sobre a segurança da vacina contra a covid-19 em gestantes."

Qual é a recomendação então?

Até o momento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já publicou recomendações sobre as vacinas oferecidas pela Pfizer-BioNTech e Moderna, e não aconselha que grávidas sejam vacinadas.

Mas o alerta se baseia exclusivamente na falta de dados, e não em evidências de que tomar a injeção possa causar prejuízos à saúde da gestante e do bebê.

Ainda assim, quando uma mulher grávida tem um alto risco inevitável de exposição ao coronavírus, como no caso de uma profissional de saúde, ou tem comorbidades, a OMS diz que "a vacinação pode ser considerada se discutida com seu médico".

A OMS também aponta para os riscos de contrair covid-19 durante a gravidez.

"Mulheres grávidas correm maior risco de desenvolver sintomas graves de covid-19 do que mulheres não grávidas, e a doença foi associada a um risco aumentado de parto prematuro", diz a entidade.

No Brasil, o Ministério da Saúde lembra que "a segurança e eficácia das vacinas não foram avaliadas nos grupos de gestantes, puérperas e lactantes".

A pasta recomenda que "para as mulheres, pertencentes a um dos grupos prioritários, que se apresentem nestas condições, a vacinação poderá ser realizada após avaliação cautelosa dos riscos e benefícios e com decisão compartilhada, entre a mulher e o médico prescritor".

Foi exatamente isso o que Mathieu fez. Ela passou algum tempo conversando com seu próprio médico e discutiu o assunto com colegas de saúde que também estavam grávidas.

"Quando considerei os riscos teóricos, mas desconhecidos, de uma nova vacina e os riscos reais da covid-19 na gravidez, para mim, a decisão foi clara", diz Mathieu.

Ela recebeu a primeira dose da vacina Pfizer-BioNTech em janeiro e deve receber a segunda dose em fevereiro.

Mas outras mulheres estão tomando uma decisão diferente.

Joanna Sullivan, do sudoeste de Ohio, nos Estados Unidos, está esperando seu primeiro filho para junho. Ela não planeja tomar a vacina antes do parto.

Embora seja "útil" ver como as outras mulheres grávidas reagem, Sullivan diz que provavelmente vai esperar.

O que dizem os dados?

Até agora, não há muitos dados.

"Os testes de gravidez ainda não foram iniciados para as vacinas que foram autorizadas para uso, embora haja dados de segurança reconfortantes e eficácia muito alta", diz Carleigh Krubiner, especialista do Instituto de Bioética Johns Hopkins Berman.

Não há nenhuma indicação de que a vacina ofereça qualquer risco para mulheres grávidas e lactantes; na prática, os estudos ainda não foram feitos com esse grupo.

A Pfizer seguiu a orientação da Food and Drug Administration (FDA, a Anvisa dos EUA) ao excluir mulheres grávidas e em amamentação de seus estudos clínicos.

Segundo eles, essas mulheres começarão a ser avaliadas ainda neste ano, após a conclusão dos chamados estudos Dart (toxicidade para o desenvolvimento e reprodução), muitas vezes realizados em animais.

Por que os testes com a vacina não incluem mulheres grávidas?

Os especialistas dizem que isso é normal.

"Em tempos normais, se estamos falando sobre uma vacina totalmente nova, a maioria das pessoas razoáveis, que estão comprometidas em promover os interesses das mulheres grávidas e de seus filhos, diriam que não devemos envolver mulheres grávidas nos primeiros ensaios clínicos", diz Ruth Faden, outra bioética da Universidade Johns Hopkins, especializada em direitos e saúde de mulheres grávidas.

Em bioética, as mulheres grávidas são descritas como "uma população complexa", diz Faden.

"Em nenhum outro lugar você tem duas entidades [mãe e feto] ao mesmo tempo; ambas são objetos de preocupação moral."

Alguns especialistas referem-se a eventos anteriores em que a falta de dados levou a grandes atrasos ou até mesmo à recusa total de acesso a vacinas, que poderiam salvar vidas.

"No caso do ebola, as mulheres grávidas e lactantes na República Democrática do Congo não foram inicialmente autorizadas a receber vacinas durante os primeiros meses de implantação da vacina", diz Carleigh Krubiner.

"As mulheres nas comunidades afetadas lamentaram que estavam efetivamente sendo enviadas para a morte, sem proteção contra uma doença com alta letalidade e quase 100% de morte fetal."

Ela diz que algumas mulheres que estavam amamentando decidiram tirar "férias da amamentação" - desnecessárias e potencialmente prejudiciais a seus bebês - para ter acesso às vacinas.

Com a atual pandemia, diz Krubiner, "a falta de dados pode fazer muitas hesitarem em tomar vacinas altamente benéficas e seguras", o que as levaria a renunciar à vacinação "que protegeria e promoveria a saúde materna e neonatal".

O que os países estão fazendo?

Países ao redor do mundo estão adotando abordagens diferentes quando se trata de vacinar mulheres durante a gravidez.

Alguns, como o Reino Unido, estão oferecendo recomendações semelhantes à OMS.

"Embora os dados disponíveis não indiquem qualquer preocupação com a segurança ou dano à gravidez, não há evidências suficientes para recomendar o uso rotineiro das vacinas contra a covid-19 durante a gravidez", afirma o Royal College of Obstetricians and Gynecologists (RCOG).

"Se uma mulher grávida atende à definição de ser clinicamente extremamente vulnerável, ela deve discutir as opções de vacinação contra a covid-19 com seu obstetra e/ou médico. Isso ocorre porque sua condição subjacente pode colocá-la em um risco muito alto de sofrer complicações graves da covid-19", acrescenta a instituição.

Quando se trata de mulheres que estão amamentando, o RCOG afirma que "não há risco conhecido", ao mesmo tempo que acrescenta que as mulheres devem ser informadas sobre a falta de dados disponíveis.

Outros países, como Israel, estão incluindo mulheres grávidas com fatores de risco de alta morbidade entre aquelas que têm acesso prioritário às vacinas contra covid-19, não vendo nenhum risco para elas ou seus fetos.

Em contraste, a Índia anunciou que mulheres grávidas e lactantes não devem receber as injeções até estudos adicionais.

Quando os dados provavelmente estarão disponíveis?

Os dados de ensaios clínicos que envolvem mulheres grávidas "podem demorar meses ou anos", diz Huma Farid, que é obstetra e ginecologista no Centro Médico Beth Israel Deaconess e instrutora na Escola de Medicina de Harvard, nos EUA.

Há também um punhado de mulheres que engravidaram no meio do estudo e serão monitoradas durante a gravidez.

No entanto, dados preliminares sobre como o coronavírus pode afetar mulheres grávidas oferecem informações divergentes.

Nos EUA, os Centros de Controle de Doenças (CDC) afirmam que pacientes grávidas correm maior risco de doenças graves e morte se contraírem a covid-19.

"Os dados sugerem que a infecção materna está associada a uma maior probabilidade de nascimento prematuro", acrescenta Carleigh Krubiner.

Em contraste, as evidências atuais do Reino Unido sugerem que as mulheres grávidas não correm maior risco de adoecer gravemente do que outros adultos saudáveis se desenvolverem coronavírus. A maioria das mulheres grávidas apresenta apenas sintomas leves ou moderados.

E o que as mulheres grávidas devem fazer?

Para muitos médicos, a mera sugestão de uma infecção grave é preocupante.

"Sabemos que há um risco aumentado para nossas pacientes grávidas que têm covid-19 e também sabemos que, em geral, as vacinas são seguras", diz Huma Farid.

Ela se refere especificamente às vacinas de mRNA da Moderna e da Pfizer (nenhuma delas já disponível no Brasil), que usam um minúsculo fragmento do código genético do vírus.

Isso induz uma resposta do nosso sistema imunológico, que desenvolve anticorpos para enfrentar o patógeno.

"A vacina contra o coronavírus não é uma vacina viva, que é o único tipo de vacina contra-indicada na gravidez porque tem um vírus atenuado (mas vivo como parte da vacina), como é o caso das vacinas contra poliomielite ou varicela."

Por isso, Farid encoraja pacientes grávidas que trabalham na linha de frente nos Estados Unidos, e com risco máximo de contrair o vírus, a considerar a possibilidade de tomar a vacina.

"Esta é uma decisão individual para cada paciente, mas tento discutir com elas suas preocupações sobre o vírus, bem como sobre a vacina e discutir o risco-benefício com cada uma delas", diz a médica.

Farid recomenda que cada paciente grávida discuta esses aspectos com seu médico e, independentemente do resultado, siga todas as precauções de distanciamento físico juntamente com a higiene das mãos e uso de máscara.

Carleigh Krubiner destaca o papel das condições médicas subjacentes no processo de tomada de decisão.

"Aquelas com condições pré-existentes que aumentam o risco de covid-19 grave podem avaliar essa decisão de forma diferente, sabendo que, se permanecerem desprotegidas, pode haver consequências graves da infecção para elas e seus bebês."

Como Farid, ela recomenda considerar pelo menos três aspectos principais: o risco de exposição, o risco de doença grave e o benefício da vacina em comparação com outras medidas preventivas.

E as mães que estão amamentando?

Há um consenso geral entre os especialistas de que não há razão para mulheres que amamentam não serem vacinadas contra a covid-19.

"Tenho encorajado as pacientes que estão amamentando a tomar a vacina porque quaisquer anticorpos que elas produzam contra o vírus provavelmente passarão para o leite materno e ajudarão seus bebês a oferecer alguma proteção contra Sars-CoV-2", diz Huma Farid.

Estudos recentes sugerem que anticorpos contra a covid-19 podem atravessar a placenta, protegendo o bebê dos efeitos adversos da doença.

De acordo com a OMS, não há, ainda, nenhuma evidência de que mulheres lactantes ou seus bebês correm risco elevado de covid-19 grave. A entidade recomenda que, se a mulher que amamenta fizer parte de um grupo prioritário recomendado para vacinação, "a vacinação pode ser oferecida".

E a vacina afeta a fertilidade?

Quando se trata de mulheres que estão tentando engravidar, os especialistas analisaram as evidências iniciais e disseram que não há necessidade de evitar a gravidez após a vacinação.

"Não há evidências que indiquem que as vacinas contra a covid-19 afetem a fertilidade, nem qualquer mecanismo biologicamente plausível de como essas vacinas podem afetar a fertilidade", diz Carleigh Krubiner.

"Na verdade, embora os testes para vacinas atualmente autorizados não tenham incluído grávidas, várias mulheres engravidaram durante o curso dos estudos - o que não é incomum nesse tipo de experimento em grande escala envolvendo mulheres com potencial reprodutivo".

"As mulheres podem ficar despreocupadas. Essas vacinas não representam risco para suas chances futuras de conceber ou reter uma gravidez".

Os especialistas esperam obter mais informações com o tempo.

"À medida que os estudos sobre gravidez começarem e mais mulheres grávidas na linha de frente receberem a vacina, seremos capazes de obter melhores evidências", diz Carleigh Krubiner.

"Para que, no futuro, todas as mulheres grávidas que receberem as vacinas contra covid-19 possam fazer escolhas mais capacitadas e informadas", conclui.

Fonte: BBC Brasil.

sábado, 30 de janeiro de 2021

Respeito à diversidade

Em mais de duas décadas na vida pública, a aceitação de maneira efetiva à diversidade tem sido uma constante na trajetória politica do vereador Astro de Ogum PCdoB). Neste sábado (30), o respeito à diferença foi exercitado com primazia durante um almoço na Comunidade Alto Bonito, no Maracanã, que serviu para reunir lideranças religiosas. No encontro, além do próprio parlamentar, que também é pai de santo e representou as religiões de matriz africana, estiveram presentes também líderes evangélicos e católicos que atuam na zona rural da grande São Luís, entre eles, a freira Margarida, o padre Luís Carlos, o pastor Paulo, a missionária Idnar e vários outros.

Antes do almoço ser servido, na pauta da reunião, as lideranças debateram melhorias para a área, umas das maiores da Grande Ilha, porém, ainda com poucos investimentos e benefícios. “As pessoas precisam entender que não é a nossa religião que nos define, já que Deus habita o coração de cada um, mas, sim, a vontade de ajudar ao próximo. Oportuno ressaltar, ainda, que todos aqui presentes assim pensam, por isso respeitam as escolhas, sejam pessoais ou religiosas um dos outros”, enfatizou Astro.



quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Suspeito: Márcio Jerry não demite funcionário que agrediu mulher

Informações exclusivas que chegaram ao Blog Bafafá Notícias dão conta que o chefão do PCdoB no Maranhão, o deputado licenciado Márcio Jerry, não demitiu o agressor de mulher da Secretaria das Cidade. 


Seria mais um caso de corporativismo político? De velha política Jerry entende!

Nomes como Rommeo Amim e do ex-vereador Marcelo Poeta, bons gestores e políticos fiéis ao PCdoB, são esquecidos e deixados de lado por Jerry, que tapa os olhos com peneira para não enxergar o erro que é manter um homem de má reputação e má conduta numa posição de chefia e política a qual está promovendo. Vale lembrar que os citados, Rommeo e Poeta, tiveram expressiva votação nas eleições municipais de São Luís, mostrando grande força entre o eleitorado.

Esquerda: Jerry e Rommeo Amim | Direita: Jerry e Poeta 


Além de errar ao apoiar um agressor, Mário Jerry erra ao não reconhecer e não valorizar a fidelidade de seus compadres de partido.

Será que o Governo ESTADO defende a tese "quem bate esquece e bola pra frente"? Abra o olho Dino, pois quem apanha nunca esquece, o povo tá ligado!

E o movimento de mulheres, por onde anda? Por que esse silêncio ensurdecedor? As notinhas de repúdio só servem se for para a direita? Teriam esses movimentos seus políticos de estimação?

Fonte: Blog Bafafá

Márcio Barbosa, pivô da "Máfia das Emendas" discute nova estratégia com advogada


Nos últimos dias, o projetista Márcio Berredo Barbosa, um dos alvos na Operação Faz de Conta, realizada em novembro de 2019, conjuntamente pela Policia Civil e Ministério Público Estadual, através do Grupo de Combate do Crime Organizado-Gaeco, tem usado parte do seu tempo para fazer uma espécie de ”turismo jurídico”. 

Nos últimos dias, o projetista Marcio Berredo Barbosa, um dos alvos na Operação Faz de Conta, realizada em novembro de 2019, conjuntamente pela Policia Civil e Ministério Público Estadual, através do Grupo de Combate do Crime Organizado-Gaeco, tem usado parte do seu tempo para fazer uma espécie de ”turismo jurídico”. 

Fonte: Meu Torrão

Prefeitura de São Luís da exemplo de organização com o Centro de Vacinação

Ao contrário do que certos blogueiros palacianos andam difundindo sobre o Centro de Vacinação da Prefeitura de São Luís, (pois segundo eles, o prefeito Eduardo Braide está promovendo aglomeração), o titular deste blog esteve hoje no local e pôde constatar que é tudo falácia e intriga da oposição.


Totalmente diferente do que os aliados de Flávio Dino soltam por aí, o Centro de Vacinação da Prefeitura de São Luís nos dá um grande exemplo de organização e respeito aos protocolos de segurança. Ficou claro que as declarações errôneas dos blogueiros palacianos são puramente de viés político, e o próprio blog fez filmagens mostrando como a equipe da SEMUS, na liderança do secretário de saúde Dr. Joel Nunes, tem trabalhado brilhantemente para alcançar o objetivo de imunização da população. 

 

Cadeiras respeitando o distanciamento, aproveitando o grande espaço do local.

Fica comprovado que os aliados do governo do estado estão tentando denegrir a imagem do prefeito e do secretário de saúde numa ação premeditada de grupos que foram derrotados nas eleições, e de blogueiros que perderam a “boquinha” que tinham na prefeitura, fazendo ataques na tentativa de “forçarem” acordos que não terão. 

A prefeitura e sua equipe da SEMUS estão mostrando grande responsabilidade com a população, nesse momento tão importante para todos nós, é gratificante comprovar de perto e saber que podemos contar com o profissionalismo competente de toda a equipe do Centro de Vacinação da Prefeitura de São Luís.


Veja os vídeos do local de imunização no Multi Center Sebrae:




Fonte: Ilharebelde.com

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Homem que era conduzido à delegacia pela PM morre ao cair de viatura


O que deveria ser uma simples condução à delegacia, se transformou numa tragédia, no último sábado(16), na MA – 201, rodovia estadual que liga São Luís aos municípios de Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, a ocorrência policial envolveu a viatura da Polícia Militar, de placa PTF/2081, quando o veículo transportava Fabrício de Brito Lima, do município de São José de Ribamar para o Plantão da Polícia Civil, no Maiobão, em Paço do Lumiar.

Conforme consta no termo de declação prestado pela enteada da vítima identificada por Rayssa Silva de Pinto, residente na Rua 02, nº 15, Residencial Sarmanbir, no município ribamarense, o padrasto caiu da viatura nas proximidades do supermercado Meneses, na MA-201 (Estrada de Ribamar), no Maiobão, momento em que fora socorrido por uma ambulância do SAMU e encaminhado ao Socorrão II, na Cidade Operária, em São Luís indo a óbito por volta das 22:00hs na unidade de saúde, tendo sido atestado como causa mortis traumatismo craniano.

“Quando estávamos passando nas proximidades do supermercado Meneses, no bairro do Maiobão, escutei dois barulhos fortes, que acredito terem sido chutes de Fabrício no porta malas, sendo que o último barulho foi mais intenso, inclusive nesse momento um dos policiais olhou para trás e deu um alarde que o porta malas tinha sido aberto, e que de imediato a viatura parou e um dos policiais desceu do veículo e saiu correndo em direção ao local que o padrasto Fabrício estava caído no solo, e que um dos policiais ligou para o SAMU, depois de alguns minutos a ambulância chegou ao local, realizou os primeiros atendimentos e, em seguida, encaminhou à vítima para o hospital Clementino Moura”, disse Rayssa.

Fabrício, que vivia em união estável com Raimunda Nonata Silva Pinto, mãe de Rayssa, estava sendo conduzido pela PM depois de ter sido denunciado pela enteada. Ainda em depoimento, a jovem que mora ao lado da casa da mãe, narrou que o padrasto chegou em casa embriagado por volta das 17:00hs e precisou intervir em uma discussão dele com a companheira Raimunda Nonata, mãe da declarante.

“Depois que desapartei a briga, sentei-me na porta em companhia das minhas vizinhas Bruna e Valéria, e o mesmo puxou uma cadeira e começou insultar a mim e a minha mãe. Disse a ele que iria chamar a polícia, e ele mandou que fizesse. Levantei-me e fui ao batalhão da PM, que pediu que ligasse para o 190 e assim eu fiz. Quando retornava para casa, ele (padrasto) já estava arrumando confusão com outros vizinhos, quando então passava a viatura que parou e acabou fazendo a condução da vítima”, finalizou a jovem.

Ao informar a confusão, a jovem tentou fazer com que um dos familiares deixasse o padrasto para passar a noite na casa de um deles, já que para casa ele não poderia voltar, pois havia tentando agredir a companheira, mas não foi possível pois uma irmã que mora perto estava em uma festa de casamento. Ainda segundo Rayssa, a vítima não fazia uso de algema no momento do fatídico e nem na viatura existia gaiola para o transporte de preso.


terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Descoberto suposto desvio de recursos do combate ao Covid-19 em Pindaré Mirim

O Blog Jamys Gualhardo anunciou na última semana que traria a tona um suposto esquema que deveria ser apreciado com mais carinho pelos órgãos de controle.

Entenda o caso:

O município de Pindaré Mirim no interior do Maranhão, passou por uma exposição desnecessária na última gestão , tudo por conta de suposto esquema de rachadinhas da pseudo-controladora do município, a Srª Leyde Viana, na gestão de Henrique Salgado (ex- prefeito), onde coincidentemente descobrimos até uma funcionária locada na prefeitura municipal de Pindaré-Mirim que ganhava “honorários” também pelo município de Rosário-ma (mais isso é objeto pra outra matéria).

Leyde Viana mais uma vez ataca, agora, foi na possível usurpação de verbas federais destinadas emergencialmente para o controle e prevenção do COVID-19 no município de Pindaré-Mirim, onde a gestão torrou nada mais nada menos que R$ 1.729.325,00 para compra de EPI’s e teste de covid de empresas com características fantasmas com processos possivelmente forjados na DISPENSA de licitação nº 0319-SEMUS-Pindaré-Mirim, em abril de 2020, onde a empresa ABAGTA COMERCIO E SERVIÇOS EIRELI (29.438.621/0001-33), a qual forjou até a foto da sua fachada, além de outros tantos documentos com por exemplo, as cotações das outras participantes do esquema, as empresas SOUSA SLZ COMERCIO E SERVIÇOS LTDA (23.740.183/0001-87) e T DOS SANTOS EMPREENDIMENTOS (36.671.736/0001-39), sendo esta última, com sua data de abertura de março de 2020, pensada estrategicamente para dar coberturas nos esquemas milionários de desvio de verbas.

O mais interessante é que não vimos e soubemos desses EPI’s em nenhum local da cidade, muito menos os testes de COVID-19, onde não temos histórico suficiente de pacientes testados no período mais crítico da pandemia.

Vamos bater palmas para Marcio Ribeiro de Jesus Sousa, o proprietário da empresa SOUSA SLZ COMERCIO E SERVIÇOS LTDA, concorrente da licitação, que também é proprietário da empresa OFF ROAD SLZ COMERCIO E SERVIÇOS LTDA, onde forneceu um atestado de capacidade técnica para a empresa ABAGTA COMERCIO E SERVIÇOS EIRELI, sua concorrente e vencedora do certame de dispensa de licitação nº 0319-SEMUS-Pindaré-Mirim.

OLHEM BEM ISSO

A empresa que estava concorrendo o certame é do mesmo proprietário a dar o atestado de capacidade técnica para sua concorrente, estranho ?

Só nos resta a acreditar que as empresas citadas são do mesmo grupo econômico. Onde estava o censo de julgamento do setor jurídico de Pindaré-Mirim, ao despachar parecer favorável a essa falta de Isonomia? Ou foi feito vista grossa?

Nas próximas matérias vamos trazer todos os possíveis indícios de fraude no processo.

Como não conseguimos contato com as pessoas citadas na matéria, abrimos o espaço para que possam contestar. Afinal , quem sabe eles tenham a explicação do que houve.

Enviamos a matéria aos órgãos de fiscalização e controle para que possam acompanhar de mais perto e com olhar carinhoso sobre a lisura deste processo, que teve DISPENSA.

Fonte: Blog do Jamys Gualhardo.

Começa a vacinação contra a Covid-19 em São Luís

Começa a tão “sonhada” campanha de vacinação contra a Covid-19 em São Luís, e como o prefeito Braide falou, “Estamos prontos”.

O prefeito Eduardo Braide sendo entrevistado.

Na manhã de hoje, o secretário municipal de saúde, Dr. Joel Nunes, concedeu entrevista exclusiva ao Blog Ilha Rebelde, onde relata ser um momento importante para a população, e ao mesmo tempo, nos trás uma importante recomendação para vencermos de vez a pandemia do novo coronavírus.

Dr. Joel, qual é o sentimento de começar a primeira vacinação da Covid-19 em São Luís?

Os sentimentos se misturam nesse momento, de gratidão, de esperança, de muita fé acima de tudo, de que as coisas realmente agora vão começar a melhorar, e a gente fica muito feliz de poder participar de tudo isso de maneira tão ativa, e ser testemunha ocular da história.

Qual é o total de doses que serão aplicadas inicialmente?

Nós recebemos do governo do estado via ministério da saúde, o quantitativo de 13.286 doses, então com isso, conseguiremos imunizar 13.286 pessoas, já com a garantia da segunda dose para daqui há 21 dias.

Surgiu entre a blogosfera, a dúvida de qual foi o critério que o governo do estado utilizou para fazer essa divisão. Foi proporcional? São Luís ficou com mais doses, ou menos doses? Como foi isso?

Não tivemos acesso a essa informação, mas imaginamos que pela estimativa, foi por cálculo proporcional de população.

Qual foi o total que o governo do estado recebeu?

Salvo engano cento e vinte e três mil e alguma coisa.

Qual a recomendação que o senhor dá, apesar de ter chegado a vacina? Há um sentimento de tranquilidade nas pessoas, mas qual é a mensagem que o senhor passa à população para continuar se protegendo?

Talvez essa seja a pergunta mais importante e a resposta mais importante nesse momento! A vacina chegou, mas ela não resolve as coisas da noite pro dia. Nós teremos meses em que precisaremos ter todos os cuidados que estamos tendo, uso de máscara, lavagem das mãos, o uso do álcool em gel, isso é fundamental para que possamos, ao fim de alguns meses, aí sim, está tranquilo e livre da Covid-19.

Técnica de Enfermagem, Domingas Ramos Alves, 49 anos, homenageando a todos os profissionais de Saúde que atuam na linha de frente da pandemia.

Em São Luís, a primeira pessoa a ser vacinada e dar o pontapé inicial no Socorrão I. foi a Técnica de Enfermagem, Domingas Ramos Alves, 49 anos, homenageando a todos os profissionais de Saúde que atuam na linha de frente da pandemia. O Centro Municipal de Vacinação começa a funcionar logo mais, às 14 horas, no Multicenter Sebrae.

Assista ao vídeo do momento da vacinação de uma das primeiras pessoas:




Fonte: Blog Ilha Rebelde.

domingo, 17 de janeiro de 2021

Prefeito de Turiaçu, Edésio Cavalcanti, reuniu com secretário de esporte do estado Rogério Cafeteira

Na última quinta (14), o prefeito de Turiaçu Edesio Cavalcanti, o seu vice pastor Branco, o secretario municipal de esporte Adeilson Melo e os seus assessores se reuniram com o secretario de esporte do estado Rogério Cafeteira. O encontro, que ocorreu no edifício João Goulart, no centro de São Luís, teve como objetivo buscar apoio para o setor esportivo da cidade do interior maranhense.

Diferentes assuntos ligados ao esporte turiense foram abordados, entre eles a paixão que os moradores do município têm por esporte e a falta de materiais necessários, porém o foco principal foi dado ao estádio municipal Francisco Farias Rabelo, ou seja, o estádio da cidade e que é conhecido popularmente como Rabelão, que enfrenta sérios problemas de infraestrutura, como a falta de paredes e arquibancadas e a ausência de refletores.

Durante a reunião, o secretario do estado pediu para que fossem listados os principais materiais esportivos que fazem falta, para que eles sejam providenciados. Rogério Cafeteira se mostrou decidido a visitar a cidade de Turiaçu no dia 30 de janeiro, para ter uma melhor noção do estado atual do Rabelão e do esporte em geral. A idéia é que o estádio já se encontre em boas condições para servir de palco para o torneio do município, que está sendo elaborado para ocorrer entre os meses de agosto e setembro e que possui como uma das expectativas contar com aproximadamente 50 equipes.

A conversa entre Edesio Cavalcanti e Rogério Cafeteira é visto como um marco, uma vez que essa foi a primeira vez que o prefeito de Turiaçu se encontra com o secretario de esporte do estado para alcançar melhores condições em relação aos eventos esportivos da sua cidade.