terça-feira, 8 de dezembro de 2020

A Lenda da Direita Maranhense

Vou escrever algo sobre a história da trajetória política de um grande líder da Direita no Maranhão. Estou falando do médico paraense e professor de Medicina da UFMA, radicado maranhense, Allan Quadros Garcês.

Sua vida política começou em 2011, quando ele reuniu na Praça Deodoro cerca de 500 manifestantes, entre estudantes, professores e profissionais da área da Saúde para uma caminhada em protesto das condições de saúde ofertadas nos hospitais municipais e estaduais. A caminhada terminou com um abraço simbólico nos hospitais Socorrão 1, Maternidade Benedito Leite e Hospital Infantil Juvêncio Matos. Na época, após esta mobilização o Movimento NasRuas o convidaram para integrar em suas fileiras.

Outra ação política que sucedeu esta caminhada, foi um protesto emblemático realizado pelo médico na Praça dos Pescadores na Av. Litorânea, onde Allan Garcês criou um cenário de cemitério no local. Na época, São Luís completava 399 anos, o médico fixou 399 cruzes ao redor do monumento dos pescadores e espalhou alguns caixões pelo local, simbolizando cada cruz um ano de falência de uma Saúde precária. Estes dois movimentos realizados chamaram a atenção, tanto da Câmara Municipal, como da Assembleia Legislativa que o convidaram para debater sobre o assunto em uma audiência pública no auditório da Assembleia, evento este deixando o recinto completamente lotado com mais de 350 participantes.

Em 2012 recebeu o título de Cidadão Ludovicense e saiu candidato a vereador pela primeira vez na política, não conseguindo se eleger.

No ano de 2014, Garcês iniciou o movimento contra a corrupção, participando de vários protestos no combate a corrupção na saúde o que culminou na sua liderança local no movimento nacional do Impeachment da ex-presidente Dilma, atraindo para si a ira do Governador Flávio Dino, que passou a persegui-lo a ponto de demiti-lo dos plantões que realizava em Barreirinhas. Nascia neste momento sua identificação com a ideologia de Direita.

Em 2015 em uma das várias viagens a Brasília para participar dos eventos do Impeachment, entre eles, o acampamento histórico na frente do Congresso Nacional, conheceu o Deputado Federal Jair Bolsonaro. Iniciava neste momento uma amizade que culminaria futuramente na sua ida para Brasília.

Em São Luís vários eventos e caminhadas de protestos a favor do Impeachment foram liderados pelo médico, como as monumentais caminhadas na litorânea e a memorável exposição, na Praça Maria Aragão, do boneco inflável de 16 metros chamado Pixuleco, que representava o ex-presidente Lula, vestido com traje de presidiário. Tal coragem resultou neste dia, em ataque e agressão física do médico, por parte de alguns membros da esquerda (PT, PCdoB, CUT e MST) que passaram também a atacá-lo em suas redes sociais.

Em 2017 Allan idealizou e fundou juntamente com outros seguidores de Direita, a UDM-UNIÃO DA DIREITA MARANHENSE, a primeira organização oficialmente criada de Ideologia de Direita no Estado. A organização tinha como principal objetivo fomentar debates políticos ideológicos de Direita e apoiar candidatos às futuras eleições.

Ainda em 2017, Dr. Allan Garcês foi condecorado com a medalha do Mérito Patriota, na cidade de Curitiba em reconhecimento ao combate da corrupção. Neste ano o Deputado Estadual Edilazio Junior ofereceu o Título de Cidadão Maranhense pela Assembleia Legislativa, porém não sendo concedido em tempo hábil no ano legislativo.

Em 2018 o médico saiu candidato a Deputado Federal apoiado pela UDM e pelo então candidato a Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro. Com a eleição de Bolsonaro, Allan Garcês recebeu o convite para participar em Brasília do Governo de Transição em novembro de 2018, vindo assumir posteriormente importante cargo no 2° escalão do Ministério da Saúde e 3° escalão no Governo Federal. Mas o crescimento deste médico não terminou aí.

Em 2019, a Deputada Estadual Dra. Helena Dualibe, resgatou o título ora concedido de Cidadão Maranhense pelo Dep. Edilázio, afim de conceder oficialmente ao Dr. Allan, na ocasião, deputados governistas sob o comando do Governador Flávio Dino, realizaram uma nova votação e neste momento recusaram o título que já tinha até sido publicado no Diário da Assembleia, quando concedido pelo Deputado Edilázio. Neste mesmo ano, em 2019, Garcês é condecorado pela Câmara Federal do Congresso Nacional com a Medalha Patriota, concedida pela Deputada Federal Carla Zambelle.

Morando em Brasília, em virtude de ter assumido uma Diretoria na Secretaria Executiva do Ministério da Saúde, Allan Garcês implantou o Projeto Gestão Itinerante, o qual passou a visitar Estados e Municípios levando as principais ações que estavam sendo executadas pelo Ministério. O pioneirismo deste projeto, resultou-lhe em um reconhecimento nacional, fazendo com que o Governador do Estado de Roraima lhe fizesse uma visita em seu gabinete para lhe fazer um convite para ser o Secretário de Estado da Saúde de Roraima, cargo que ocupou com muita competência e responsabilidade.

Posteriormente foi novamente requisitado pelo Ministério da Saúde, agora para ocupar o cargo de Coordenador Geral de Gestão de Projetos da Saúde Digital, cargo este que ocupa até o momento.

Allan Garcês continua até hoje, mantendo sua forte participação política e liderança no Estado, trazendo investimentos na saúde e projetos no campo da Saúde Digital, através de um convênio entre Ministério da Saúde e UFMA. Em 2020 apoiou fortemente a candidatura do Dep. Fed. Eduardo Braide para Prefeito de São Luís.

Por sua nobre e notável trajetória e por ainda fomentar ativamente a Política de Direita no Maranhão e nunca ter esquecido do nosso Estado, que o médico Allan Garcês, merece todo nosso reconhecimento. Desta forma, faço aqui o registro histórico deste grande médico e professor universitário do estado do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário