quinta-feira, 9 de julho de 2020

Idosa recebe alta após 90 dias na UTI COVID do HU-UFMA

SÃO LUÍS - A manhã desta quinta-feira, 9, foi marcada por muita emoção e gratidão para os profissionais da Unidade de Terapia Intensiva exclusivo para pacientes com COVID-19 do Hospital Universitário da UFMA. Foi celebrada a alta da senhora Luzia Angelita Costa Almeida, 73 anos, após um longo período de internação, com a superação de um quadro gravíssimo de saúde.
A paciente foi a segunda admissão no serviço e seu período de internação, que durou 90 dias, é até agora o mais longo registrado na unidade. Foi um tratamento que exigiu esforços incansáveis da equipe multiprofissional de saúde, além de muita força e superação da paciente para vencer as dificuldades.
Idosa e diabética, Luiza evoluiu para um quadro gravíssimo da doença, chegando a ser reanimada após nove minutos de parada cardiorrespiratória. O que, para muitos profissionais de saúde, foi considerado um milagre de Deus. Luiza agradeceu a todos pelo tratamento recebido. “Vou levar todos os profissionais em meus pensamentos e orações. Não vou esquecer nenhum de vocês que foram maravilhosos comigo. Quero agradecer de coração.” 
Com seu grande exemplo de vitória e superação, a alta foi festejada pela equipe de saúde que acompanhou de perto a emoção de familiares e amigos no esperado reencontro.  O momento também foi marcado pela alta de Luiz Raimundo Souza, 48 anos, que também saiu vitorioso da batalha contra a COVID-19 após 44 dias internados na UTI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário