sexta-feira, 31 de julho de 2020

Câmara aprova aporte de R$ 12 bi para socorrer micro e pequenas empresas

Medida provisória concede linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem salários; texto foi enviado para sanção presidencial


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) emendas do Senado à Medida Provisória 944/20, que concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem sua folha de salários durante o estado de calamidade pública decorrente do novo coronavírus. Trata-se do Programa Emergencial de Suporte aos Empregos, que agora segue para sanção do presidente da República.


O relator, deputado Zé Vitor (PL-MG), argumentou que as mudanças do Senado “propõem avanços e aprimoramentos para a redação final”. Segundo ele, o texto reserva R$ 17 bilhões para a folha e novo aporte de R$ 12 bilhões para o crédito a micro e pequenas empresas.

Foram aprovadas: inclusão de organizações religiosas no rol de beneficiados pela linha de crédito; criação de um sistema de garantias que facilite o acesso ao crédito; aumento da participação da União em R$ 12 bilhões para a concessão de garantias a empréstimos do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe); redução, de R$ 34 bilhões para R$ 17 bilhões, do valor a ser injetado pelo governo federal no 
BNDES para custeio da linha de crédito.

O programa prevê a participação de instituições financeiras privadas na concessão do empréstimo, que entrarão com 15% dos recursos emprestados ao tomador final. Os outros 85% virão desse valor colocado no BNDES, que repassará aos bancos e receberá os reembolsos das parcelas ou cobranças, devolvendo os recursos à União.


Outras mudanças

Os deputados também aprovaram a devolução, ao governo federal, de até 50% dos recursos não repassados pelos bancos a partir de 30 de setembro de 2020; e o fim da proibição de uso da linha de crédito para quitação de dívidas trabalhistas por órgãos da administração pública direta e indireta a organismos internacionais, instituições financeiras e sociedades de crédito.



Programa

O Programa Emergencial de Suporte aos Empregos oferece empréstimos para financiar os salários e verbas trabalhistas por quatro meses e também para quitar dívidas trabalhistas judiciais.


Serão beneficiados: empresários, sociedades empresariais e sociedades cooperativas, exceto as de crédito. Poderão recorrer ainda ao empréstimo as sociedades simples, as organizações da sociedade civil, as organizações religiosas e os empregadores rurais (pessoas físicas ou jurídicas).

O contrato deverá especificar as obrigações da empresa, entre as quais a de não demitir, sem justa causa, os empregados durante o período da contratação e por até 60 dias após a liberação da última parcela da linha de crédito.


Fonte: Agência Câmara de Notícias

Os vices

Ponto de interrogação (?): Significado, origem, outro ...
Após já estarem praticamente fechadas as alianças para as eleições municipais em São Luís, os debates se voltam para a composição da chapa majoritária. As especulações sobre nomes de vices vão pautar o debate da disputa eleitoral até próximo às convenções partidárias, que terão início no fim de agosto.
Um dos postos de vice mais disputados é ao lado de Neto Evangelista. O democrata já indicava que teria um membro do PDT como companheiro de chapa. No entanto, a decisão nacional do PSL de compor com ele tirou a certeza dos pedetistas. Segundo o presidente estadual do DEM, Juscelino Filho, a decisão sobre a composição da chapa virá um pouco antes das convenções.
O democrata, claro, ainda aguarda fechar as conversas com o MDB, que pode também entrar na briga pela vaga.
Já o pré-candidato Rubens Júnior (PCdoB) já tem como certo o nome do PT para sua chapa. Entre os petistas, o postulante a vice mais forte é o vereador Honorato Fernandes. O PP, de André Fufuca, até tentou ensaiar uma pressão para ter o espaço, mas não avançou nas conversas.
O Podemos, de Eduardo Braide, pode deixar os partidos de lado e buscar um nome de dentro da Assembleia de Deus. O espaço, que já foi buscado pelo PSDB, PSL e PL, é tratado como segredo por Braide.
Duarte Júnior (Republicanos), que já havia dado o espaço para o PSL, mas perdeu o partido, sem muita possibilidade de aliança partidária, deve buscar lideranças de destaque em comunidades ou igrejas para compor a chapa majoritária.
Ainda não! – Entre os partidos que vão sentar para definir o nome do vice do pré-candidato a prefeito de São Luís Neto Evangelista, está o PTB.
O partido já estava sendo visto como um aliado certo. No entanto, à coluna, Juscelino Filho disse que ainda aguarda posição do partido.
Oficial somente será quando o deputado Pedro Lucas Fernandes anunciar o apoio a Evangelista.
Estado Maior

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Covid-19: Brasil chega a 2,6 milhões de casos e 91,2 mil mortes


Um funcionário do laboratório Hermes Pardini trabalha no teste da doença do coronavírus (COVID-19) com amplificação por PCR, em Vespasiano, perto de Belo Horizonte, Brasil, em 23 de julho de 2020. Foto tirada em 23 de julho de 2020. REUTERS /

O Brasil chegou a 2.610.102 casos acumulados de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 57.837 pessoas infectadas. Ontem (29), o sistema trazia 2.552.265 casos desde o início da pandemia. Os dados são da atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada no início da noite desta quinta-feira (30).
Também conforme o balanço do órgão, foram 91.263 vidas perdidas desde o início da pandemia. O painel recebeu 1.129 novos registros nas últimas 24 horas. Ainda há 3.591 óbitos em investigação. Ontem, o sistema marcava 90.134 falecimentos em função da doença.
Ainda de acordo com a atualização diária do Ministério da Saúde, há 694.744 pacientes em acompanhamento. Outras 1.824.095 pessoas já se recuperaram da covid-19.
A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3.5%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 43,4. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1.242.

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil

Rubens Júnior estreia série de vídeos para responder a comentários de internautas

Materiais serão veiculados nas redes sociais do pré-candidato a prefeito de São Luís


Depois de estrear uma série bem-humorada para contar história dos bairros da capital maranhense, o deputado federal licenciado e ex-secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), pré-candidato à Prefeitura de São Luís, segue inovando e investindo em seu marketing digital para chegar ao eleitorado ludovicense nesse período de pandemia. 

Desde a última segunda-feira (28), prefeiturável do PCdoB divulga em suas redes sociais – Facebook, Instagram e Twitter – uma série de vídeos respondendo a comentários de internautas.

Os materiais, produzidos pela equipe de marketing e comunicação, também serão veiculados no canal doYouTube e site do pré-candidato no endereço eletrônico: https://rubenspereirajr.com.br/.

O objetivo da série é interagir com cidadãos, esclarecer eventuais questionamentos e responder a provocações de uma forma bem humorada. No primeiro vídeo de pouco mais de 2 minutos, Rubens leu alguns comentários da galera da web.

Ficou curioso para saber as respostas? Dê um play no vídeo e assista:

Michelle Bolsonaro testa positivo para Covid-19

Michelle Bolsonaro testa positivo para o coronavírus | VEJA
A primeira-dama Michelle Bolsonaro, mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), testou positivo para o novo coronavírus nesta quinta-feira (30).
Segundo a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, ela "apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos". A primeira-dama está sendo acompanhada pela equipe médica da Presidência da República, diz a nota do órgão.
No sábado (25), o presidente disse que testou negativo para a doença. "RT-PCR para Sars-Cov 2: negativo", escreveu no Twitter. Foi o quarto teste feito por ele desde a confirmação de que contraiu a Covid-19, no dia 7 de julho. Nos exames anteriores, o resultado havia dado positivo. Bolsonaro retornou a atividades nessa segunda-feira (27).
No dia 11 de julho, Michelle afirmou no Instagram que ela e suas filhas, Letícia e Laura haviam testado negativo para o novo coronavírus. As três fizeram o exame PCR, que coleta secreções do nariz, depois que Jair Bolsonaro contraiu a doença.
Michelle e Jair Bolsonaro participaram ontem de um evento no Palácio do Planalto, o lançamento da campanha "Mulheres rurais, mulheres com direitos", ao qual chegaram de mãos dadas.
Após discursar no encerramento da solenidade, o presidente abraçou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Em meio à pandemia do novo coronavírus, os órgãos de saúde recomendam que se mantenha o distanciamento social.
Também participaram do evento a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o representante da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) no Brasil, Rafael Zavala, e o representante das Mulheres Rurais, Sueli Martins.
Segundo o colunista Igor Gadelha, Damares Alves e Tereza Cristina vão realizar exame para a Covid-19, após terem tido contato com a primeira-dama no Planalto. Aos 66 anos de idade, a titular da Agricultura, inclusive, cancelou toda sua agenda prevista para esta quinta-feira.
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, por sua vez, decidiu cancelar viagem que faria ao estado do Pará nesta sexta-feira (31). A agenda de Damares previa a ida dela para a cidade de Marajó, onde entregaria cestas básicas e kits de higiene doados por empresários.
Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Governo e CEF dialogam para agilizar entrega dos apartamentos no Residencial José Chagas, na Ilhinha.


O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Raimundo Reis; o superintendente de governo da Caixa Econômica Federal (CEF), Nairton Silva, e comissão de moradores do Residencial José Chagas estiveram em reunião, nesta terça-feira (28), na sede da Gerencia de Desenvolvimento Urbano da CEF, em São Luis.

Por iniciativa da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), o objetivo do encontro foi discutir com a CEF alternativas para a entrega antecipada dos apartamentos do residencial José Chagas às famílias beneficiadas com a política habitacional.

O secretário Raimundo Reis enfatizou que o governo vem empreendendo esforços e articulações para resolver a questão o mais rápido possível. Agradeceu à CEF em atender à solicitação e buscar tratativas compartilhadas e coerentes para juntos darem celeridade à entrega dos empreendimentos.

“Secretaria das Cidades, Caixa Econômica Federal e moradores juntos, discutindo, dialogando e buscando superar algumas etapas jurídicas e burocráticas para resolver a questão da entrega dos apartamentos mais breve possível. Com determinação, estamos avançando e tão logo as famílias estarão em sua moradia”, ressalta o gestor.

O superintendente de governo da Caixa Econômica Federal, Nairton Silva, falou que a entrega antecipada dos apartamentos necessita de dois importantes documentos. “Um é um relatório, emitido pelo Cartório do 1º Ofício de Imóveis com a reserva das matrículas individualizadas, com os respectivos nomes do proprietário e dados de localização dos apartamentos; o outro é um relatório expedido pela construtora que vai demostrar a situação da Certidão Negativa de Débito(CND)”. Segundo o superintendente, essa documentação será enviada ao Ministério de Desenvolvimento Regional para análise e apreciação, e até sexta-feira será apresentada uma posição.

Já o membro da comissão dos moradores, José Borges, reconhece o empenho do Governo, por meio da Secid, e agradece o esforço de todos em discutir juntos, de forma compartilhada, a questão da moradia de centenas de famílias. 

O Governo do Estado tem reunido todos os esforços no sentido de auxiliar as centenas de famílias para que possam ser beneficiadas pelo programa de habitação. Diante da negativa da justiça, representantes da Secid reuniram com gestores da construtora e comissão de moradores a fim de discutir a questão e tentar uma alternativa.

José Chagas
Localizado no bairro da Ilhinha, o Residencial José Chagas é composto por 256 apartamentos. O empreendimento é uma obra complementar ao Programa Pac 2 e integra o Programa Minha Casa Minha Vida. A construção do residencial foi finalizada dia 20 de junho deste ano, com emissão de certificação de regularidade do imóvel pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh).

Para a realização da entrega das unidades às famílias, é necessário o cumprimento de etapas burocráticas/cartoriais, que incluem a abertura de matrículas individualizadas, assinatura dos contratos e registro destes contratos na nova matrícula.

O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Raimundo Reis; o superintendente de governo da Caixa Econômica Federal (CEF), Nairton Silva, e comissão de moradores estiveram em reunião, nesta terça-feira (28), na sede da Gerencia de Desenvolvimento Urbano da CEF, em São Luis.

Por iniciativa da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), o objetivo do encontro foi discutir com a CEF alternativas para a entrega antecipada dos apartamentos do residencial José Chagas às famílias beneficiadas com a política habitacional.

O secretário Raimundo Reis enfatizou que o governo vem empreendendo esforços e articulações para resolver a questão o mais rápido possível. Agradeceu à CEF em atender à solicitação e buscar tratativas compartilhadas e coerentes para juntos darem celeridade à entrega dos empreendimentos.

“Secretaria das Cidades, Caixa Econômica Federal e moradores juntos, discutindo, dialogando e buscando superar algumas etapas jurídicas e burocráticas para resolver a questão da entrega dos apartamentos mais breve possível. Com determinação, estamos avançando e tão logo as famílias estarão em sua moradia”, ressalta o gestor.

O superintendente de governo da Caixa Econômica Federal, Nairton Silva, falou que a entrega antecipada dos apartamentos necessita de dois importantes documentos. “Um é um relatório, emitido pelo Cartório do 1º Ofício de Imóveis com a reserva das matrículas individualizadas, com os respectivos nomes do proprietário e dados de localização dos apartamentos; o outro é um relatório expedido pela construtora que vai demostrar a situação da Certidão Negativa de Débito(CND)”. Segundo o superintendente, essa documentação será enviada ao Ministério de Desenvolvimento Regional para análise e apreciação, e até sexta-feira será apresentada uma posição.

Já o membro da comissão dos moradores, José Borges, reconhece o empenho do Governo, por meio da Secid, e agradece o esforço de todos em discutir juntos, de forma compartilhada, a questão da moradia de centenas de famílias. 

O Governo do Estado tem reunido todos os esforços no sentido de auxiliar as centenas de famílias para que possam ser beneficiadas pelo programa de habitação. Diante da negativa da justiça, representantes da Secid reuniram com gestores da construtora e comissão de moradores a fim de discutir a questão e tentar uma alternativa.

José Chagas

Localizado no bairro da Ilhinha, o Residencial José Chagas é composto por 256 apartamentos. O empreendimento é uma obra complementar ao Programa Pac 2 e integra o Programa Minha Casa Minha Vida. A construção do residencial foi finalizada dia 20 de junho deste ano, com emissão de certificação de regularidade do imóvel pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh).

Para a realização da entrega das unidades às famílias, é necessário o cumprimento de etapas burocráticas/cartoriais, que incluem a abertura de matrículas individualizadas, assinatura dos contratos e registro destes contratos na nova matrícula.

Covid-19 é capaz de obstruir vasos sanguíneos, diz pesquisadora da USP

Aterosclerose | Entrevista | Drauzio Varella - Drauzio Varella
Avança no Brasil pesquisas da USP de Ribeirão Preto e São Paulo que buscam entender a relação do novo coronavírus com doenças no sangue que podem obstruir vasos sanguíneos. Segundo a cardiologista da USP Ludhmila Hajjar, que participa da pesquisa que vem sendo conduzida em São Paulo, a Covid-19 afeta o sistema circulatório.
“O vírus tem capacidade de gerar uma doença que obstrui os vasos sanguíneos. Isso pode causar embolia no pulmão, uma trombose na cabeça e até mesmo obstruir os vasos do coração e causar um infarto”, explica Ludhmila.
Ela explica que, no momento, o grande desafio dos pesquisadores é desenvolver um método para detectar o que eles chamam de micro-trombos, pequenas obstruções dos vasos sanguíneos que podem deteriorar a situação do paciente da Covid-19.
“Trombos grandes são detectados por ultrassom. O que os pesquisadores estão pesquisando são métodos de identificar micro-trombos. Descobrir isso pode mudar a história de muitos pacientes pois o médico poderá introduz a medicação adequada de maneira precoce no tratamento,” diz Ludhmila.
“Estamos buscando um método de exame mais sensível que pode fazer diagnóstico mais rápido.”
A pesquisadora destaca que, ao entender os mecanismos da doença, a medicina conseguirá ser mais eficaz nos tratamentos.
Cardiologista Ludhmila Hajjar, em entrevista para a CNN (28.jul.2020)
Da CNN, em São Paulo

terça-feira, 28 de julho de 2020

Bolsonaro reage com ironia a "pacto pelo emprego" sugerido por Flávio Dino


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reagiu hoje com ironia à proposta do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), de construção de um "pacto pelo emprego" a fim de amenizar os danos provocados pela pandemia do novo coronavírus.
Na visão do mandatário, a sugestão apresentada ontem é contraditória em relação à postura que Dino vem adotando em seu estado.
"Tem governador agora que quer que eu faça um pacto pelo emprego. Mas ele continua com o estado dele fechado", disse o Bolsonaro durante conversa com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência.
Dino apresentou a ideia por meio de uma carta enviada a Bolsonaro. Desafeto político e cotado para enfrentar o atual mandatário em uma provável tentativa de reeleição daqui a dois anos, o governador propõe que seja realizada uma reunião com os presidentes das confederações empresariais e centrais sindicais para costura do que chamou de "Pacto Nacional Pelo Emprego".
"Considerando este cenário desafiador, gostaria de sugerir uma reunião liderada por V. Exa. com os governadores e os presidentes das confederações empresariais e centrais sindicais para que possamos construir um 'Pacto Nacional pelo Emprego', com medidas emergenciais de geração de emprego e renda", escreve o governador no ofício.
Em postagem no Twitter, Flávio Dino rebateu Bolsonaro e disse que o assunto não é para ser tratado com ironia. "Espero que o presidente leve a sério a urgência de ações efetivas. É impossível tratar do tema no "cercadinho" do Alvorada. Por isso, insisto na ideia do Pacto Nacional pelo Emprego", escreveu.

Rubens Jr celebra adesão do Maranhão à Independência do Brasil e faz homenagem ao avô nas redes sociais


Hoje, dia 28 de julho, é comemorado a adesão do Maranhão à Independência do Brasil. Nas redes sociais, o deputado federal licenciado Rubens Júnior, pré-candidato do PCdoB à Prefeitura de São Luís, celebrou a data destacando, inclusive, o Dia dos Avós celebrado no último dia 26 de julho, onde aproveitou para homenagear seu avô paterno,  Alcino Pereira, o Lula Pereira  que foi prefeito de Matões em 1983. 

─ Maranhão, Terra de Heróis. Neste 28 de julho, comemoramos a adesão do nosso estado à independência do Brasil. Dia de celebrarmos o orgulho de sermos brasileiros e maranhenses. Dia de lembrarmos de referências de nosso estado ─, destacou o prefeiturável do PCdoB. 

Rubens destacou que a homenagem ao seu avô, após folhear alguns álbuns  de fotografias da família onde seu ancestral aparece em imagens com o ex-governador Jackson Lago, que também foi prefeito de São Luís; e com o atual governador Flávio Dino. 

─ Pelo Dia dos Avós, domingo, estive revirando algumas fotos e achei estas de meu vô Lula. Uma com o melhor governador do Brasil, meu amigo Flávio Dino. Outra, com o melhor prefeito que São Luís já teve, grande doutor Jackson ─, completou. 

Antes de concluir sua postagem, ele ainda fez uma alusão às duas datas usando trechos da letra do hino do estado. 
─ É como diz a letra do hino: "Por divisa, tens a glória/Por nume, nossos avós" ─ concluiu.

segunda-feira, 27 de julho de 2020

UFMA: Estudantes receberão tablets e chips para ensino remoto


SÃO LUÍS – Com a aprovação do calendário acadêmico em formato de ensino emergencial remoto (para os cursos que optarem somente pelo ensino remoto) e híbrido (para algumas áreas que necessitam de parte das aulas presenciais e outra parte podem ser remotas), a Universidade Federal do Maranhão, por meio da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil, buscou parcerias com instituições a fim de viabilizar soluções de acesso àqueles estudantes que não dispõem de dispositivos móveis e acesso à internet, e inclui-los digitalmente para que não haja prejuízo no ensino.
Os editais, um de empréstimo de tablets (que já dão acesso à internet) e o outro somente pacote de dados para acesso à internet, que pode ser utilizado em aparelhos celulares, foram lançados nesta segunda-feira, 27, pelo reitor Natalino Salgado e contou com a presença de pró-reitores, diretores de centro e de câmpus, professores e estudantes.

Os equipamentos são destinados a discentes regulamente matriculados nos cursos de graduação presenciais da UFMA, com a finalidade de proporcionar aos estudantes condições de acesso aos meios tecnológicos (equipamentos) e técnicos (internet), para a realização das atividades remotas do calendário acadêmico. Há duas modalidades.
Os discentes contemplados pelo edital modalidade plena (empréstimo de tablets) receberão o auxílio de inclusão digital enquanto durar o período letivo no ano de 2020.
Para inscrição, o discente deverá atualizar os dados pessoais no Portal do Discente, na opção “Meus dados pessoais", localizada na seção da foto do aluno. É necessário atualizar a renda familiar, quantidade de membros do grupo familiar e número de telefone. Se não tiver telefone celular, o discente deve deixar a informação em branco.
O edital modalidade pacote de dados, para acesso à internet, em consonância com o cronograma da contratação emergencial de pacote de dados móveis do Serviço Móvel Pessoal, é voltado para os estudantes em condição de vulnerabilidade socioeconômica de universidades públicas federais (IFES) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).
Para solicitar o auxílio, os estudantes que estiverem de acordo com as normas dos editais, terão até o dia 9 de agosto, para acessar o SIGAA, no menu Bolsas/Voluntariado e aderir ao cadastro único, preencher as informações e aceitar as condições de participação.
Após aderir ao cadastro único, é necessário clicar em “Solicitação de Bolsa”, selecionar o auxílio desejado (Auxílio Inclusão Digital I – Pacote de Dados para Acesso à Internet ou Auxílio Inclusão Digital II – Empréstimo de Tablet) e clicar em aceitar os termos para participação na seleção.
Ao se inscrever, o discente deve declarar que não dispõe de acesso à internet compatível com as necessidades e não possui equipamento para acompanhar e desenvolver as atividades acadêmicas remotas.
O pró-reitor de assistência estudantil, Leonardo Soares, fala da satisfação em ver, pela primeira vez, uma sala virtual 100% preenchida, com 250 participantes, em um evento que diz respeito à comunidade acadêmica, mostrando o estilo da gestão, que é transparente, democrática e que dialoga com os estudantes, o conselho, os professores e técnicos. “O lançamento dos editais em caráter emergencial é fruto da consolidação de um trabalho que teve início logo após a suspensão do calendário acadêmico e que vem há mais de 120 dias trabalhando em várias ações, contando com o empenho da reitoria, dos pró-reitores, estudantes e professores. O reitor Natalino Salgado não tem medido esforços para que as dificuldades acadêmicas sejam superadas. A vida é combate, e a UFMA é combate”, disse.
A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), por iniciativa do MEC/SESU, vai contratar o pacote de dados móveis do Serviço Móvel Pessoal (SMP), para os estudantes em condição de vulnerabilidade socioeconômica, de Instituições Federais de Ensino Superior, para o desenvolvimento e continuidade de suas atividades acadêmicas remotas, fora do câmpus de sua instituição de ensino, de forma emergencial, em adaptação e inclusão segura, no contexto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O reitor Natalino Salgado fez uma breve apresentação das ações que Universidade vem desenvolvendo, a fim de garantir o acesso de todos os estudantes às plataformas digitais. “Agradeço o empenho de todos que se dedicaram na construção e elaboração desses editais. Diante das incertezas que estamos vivenciando, por conta da pandemia do novo coronavírus, nosso compromisso não se encerra aqui. Muitas ações virão. Estamos trabalhando para ampliar a assistencia estudantil, de modo que o aluno estude com qualidade. Esse novo calendário, que tem início em setembro, é flexível, permite que os alunos e professores criem alternativas, com base na fragilidade que cada um vivencia. Nenhum aluno será afastado das suas atividades acadêmicas por não conseguir o acesso ao ensino remoto nem será prejudicado. Os meios que hoje utilizamos são para facilitar a vida tanto do professor quanto do aluno”, afirmou. 
O presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Marcony Silva, elogiou a iniciativa e destacou que essa era uma demanda do corpo estudantil, ainda mais no contexto da pandemia. “A acessibilidade aos dados móveis e aos tablets vai servir para diminuir as desigualdades, para quem não tem esses equipamentos, nem celular, nem internet. Acreditamos que em tempos de pandemia, essa ação vai favorecer muitos estudantes carentes que não tem acesso à tecnologia. É fundamental essa parceria do corpo discente com o docente”, declarou. Já o presidente da Atlética Guará, David Boaventura, cumprimentou a gestão superior e fez elogios à proximidade da atual gestão com as atividades esportivas promovidas pelas atléticas.
"O lançamentos dos editais é de extrema necessidade para o alunado da Universidade Federal do Maranhão, tendo em vista a desigualdade socoeconômica dos estudantes da Universidade. Iniciativas como essas, por meio da Pró Reitoria de Assistência Estudantil, é de grande valor para os estudantes nesse momento de Crise Sanitaria Mundial, pois terão suporte e garantia da participação no ensino remoto, podendo, assim, evoluir nos seus cursos e recuperar parte do tempo em que estiveram parados por conta da pandemia da Covid-19", enfatizou David.
Para obter mais informações, acesse os editais:
Saiba +
A RNP é responsável pela execução do Programa Interministerial para o Desenvolvimento e Manutenção da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (PRO-RNP) de redes para educação e pesquisa, com gestão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), da Educação (MEC), da Saúde (MS) e da Defesa (MD), além da Secretaria Especial da Cultura, recentemente vinculada ao Ministério do Turismo (SC-MTur).

Características pessoais e familiares de Rubens estão sendo decisivas na construção do projeto eleitoral em São Luís

Rubens Pereira Jr 🇧🇷 (@rubenspereirajr) | Twitter

Aos 36 anos, dos quais 14 deles no exercício de cargo eletivo, o jovem advogado e mestre em direito constitucional- Rubens Pereira Júnior(PCdoB), deputado federal licenciado e pré-candidato a prefeito de São Luis- tem algumas características que precisam ser valoradas, pois estão sendo decisivas na construção do projeto que tem como alvo a sucessão municipal em 2020. Além do exímio conhecimento jurídico, a determinação, o respeito e trato com a classe política e, ainda, a personalidade apaziguadora tem sido fatores importantes na busca da construção de um cenário positivo.

Somado às aptidões pessoais, outro fator positivo e quem não pode ser maquiado, já que não representa demérito, é o fato de Rubens Jr contar com a experiência, a habilidade de articulação e o respeito adquirido junto a classe política em mais de três décadas pelo pai, o ex deputado e ex-prefeito- Rubens Pereira. Esse mister de atributos estão sendo responsáveis pela solidez de um projeto que para muitos, até então, era considerado natimorto.

O tempo passou e o que era, apenas, um sonho, transformou- se em realidade. Para isso, travou-se uma batalha no campo político, com intuito de montar um grupo sólido e competitivo. Hoje, Rubens Jr tem o maior número de adeptos dentre todos os pré-candidatos a prefeito de São Luís, formado até o momento por cinco partidos(PCdoB, PP, DC, PMB e CIDADANIA) e mais de 200 pré candidatos a vereador, mas com chances reais desse número aumentar crescer ainda mais.

CRESCIMENTO GRADATIVO


Nos últimos dias, em um curto interregno de tempo, a divulgação de duas pesquisas de intenções de voto evidenciam o crescimento de Rubens. Na corrida para o Palácio La Ravardière, o atual deputado federal, segundo o JPesquisa, aparece com 4% das intenções de voto, empatado com outros pré-candidatos conhecidos do público, como o deputado federal Bira do Pindaré (PSB) e o deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Esse resultado confirma o crescimento apontado por outro instituto, o DataIlha, que apontou Rubens com 3,5%. Assim como na pesquisa DataIlha divulgada pelo blog do Jorge Vieira na semana passada, Rubens aparece empatado com os pré-candidatos Bira do Pindaré (PSB) e o deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Na pesquisa DataIlha, Rubens aparecia empatado, no limite, também com o pré-candidato do DEM, Neto Evangelista. Na JPesquisa, aparece empatado, no limite, com Wellington do Curso (PSDB).

Covid-19: China registra maior aumento diário de infecções locais desde março

Pessoas com máscaras de proteção caminham em rua de Wuhan, na China

A China registrou 57 casos de infecção local do novo coronavírus no domingo (26), o maior número que o país já viu desde que controlou a disseminação do vírus em março, segundo dados divulgados pela Comissão Nacional de Saúde na segunda-feira.

Entre os casos transmitidos localmente, 41 foram encontrados na região oeste de Xinjiang, onde o coronavírus ressurgiu em 15 de julho, após quase cinco meses sem novos casos.
Os casos restantes foram descobertos no nordeste do país, incluindo 14 na província de Liaoning e dois na província de Jilin.
O número de domingo é o maior número de infecções locais que o país registrou desde 6 de março, superando os picos diários durante um surto de coronavírus em Pequim no mês passado.
No domingo, a China também registrou quatro casos importados e 44 infecções assintomáticas. O país não inclui casos assintomáticos em sua lista geral de infecções confirmadas.
Na segunda-feira, a China registrou um total de 83.981 casos confirmados, incluindo 4.634 mortes, segundo o NHC.
Por Isaac Yee, da CNN

domingo, 26 de julho de 2020

Vacina do Instituto Butantan deve chegar no começo de 2021

Pesquisadores do Butantan combinam técnicas de biotecnologia para ...
Com as notícias de que as pesquisas sobre as vacinas contra o novo coronavírus estão avançando, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse à CNN esperar que a Coronavac - vacina em desenvolvimento pelo laboratório chinês Sinovac com parceria com o órgão brasileiro -- comece a ser aplicada na população no início de 2021.
"Estamos trabalhando para que o Brasil seja um dos primeiros países a ter acesso a essa vacina via SUS. A Coronavac tem grande vantagem em relação às outras vacinas que estão em desenvolvimento por usar uma tecnologia já conhecida. Então, temos a cadeia de suprimentos, fornecedores e equipamentos prontos para a aplicação em larga escala."
Dimas Covas ressaltou que a vacina sendo desenvolvida no Butantan usa tecnologia já utilizada em outras aplicações, que consiste em utilizar um vírus inativo para treinar o sistema imunológico, e que isso é um sinal de que o medicamento poderá ser mais barato e produzido em maior escala.
"Como é uma tecnologia já dominada, teremos uma vacina mais barata e sem tantos componentes desconhecidos. Além disso, é uma tecnologia que possivelmente trará menos problemas regulatórios, menos riscos associados, o que gera maior otimismo", afirmou.
A vacina da Universidade de Oxford desenvolvida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz usa a tecnologia inédita de colocar um trecho do material genético da Sars-Cov-2 em um outro vírus para forçar a criação da proteína que causa a doença, a fim de forçar o organismo a criar um mecanismo de defesa contra a enfermidade.
Da CNN, em São Paulo