sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

UFMA lança novos serviços tecnológicos


SÃO LUÍS – “Estamos cumprindo as normas das boas práticas do serviço público, usando ferramentas existentes, desenvolvidas pelos nossos novos talentos para melhor aplicar os recursos, principalmente em relação à Assistência Estudantil”. Assim o reitor Natalino Salgado definiu o novo portal de gestão da assistência estudantil e os novos serviços tecnológicos da UFMA, cujo lançamento ocorreu nesta sexta, 6, no auditório Sérgio Ferretti. Os novos recursos, além de fortalecer a transparência da Universidade, contribuem para  melhorar os indicadores de ensino por meio da tecnologia. A iniciativa é fruto de parceria envolvendo a Pró-Reitoria de Assistência Estudantil, a Superintendência de Informação, Sistemas e Tecnologia e a Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Transparência.
Portal de Gestão e Transparência da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proaes) utilizou o que existe de mais moderno no mundo em termo de tecnologia e segurança da informação. Trata-se de uma iniciativa pioneira para a Assistência Estudantil no Brasil. Contará com seis módulos: o primeiro dedicado ao monitoramento de execução de bolsas; o segundo voltado para o monitoramento do Restaurante Universitário, com análise qualitativa dos Restaurantes da Cidade Universidade e dos Câmpus do Continente; o terceiro módulo é dirigido à saúde dos estudantes, com a possibilidade de agendamento dos serviços oferecidos; o quarto, o módulo da Residência Estudantil, onde serão acompanhados os resultados dos seletivos para a Casa do Estudante; o quinto, módulo de geoprocessamento, permitirá análises espaciais das unidades acadêmicas; e o módulo de esporte e lazer, com o objetivo de facilitar o acesso à agenda dos equipamentos esportivos da Universidade.
De acordo com o Pró-reitor de Assistência Estudantil, Leonardo Silva Soares, este é mais um passo inovador que a Universidade deu. “O sistema permitirá a agilidade na elaboração de relatórios, prestação de contas, processos seletivos e desburocratização dos demais serviços do setor. Já está integrado com outros bancos de dados da UFMA, como o SIGAA, o que se configura como um grande mecanismo para acompanhamento e avaliação do PNAES. Reduzirá o tempo dos fluxos de processos da PROAES, liberando a equipe para usar sua criatividade e desenhar novos projetos estratégicos para os estudantes”.
O superintendente de Informação, Sistemas e Tecnologia, Anilton Bezerra Maia, apresentou, durante o evento, os novos produtos tecnológicos desenvolvidos pela Superintendência. “Teremos uma plataforma de atendimento ao usuário, tanto para servidores quanto para alunos e professores, para que haja um ponto único de acesso com a área de tecnologia da informação. Haverá também uma plataforma de documentação, em que todos os processos da instituição serão documentados em forma de livros e estarão virtualmente disponíveis para que os usuários tenham acesso à última plataforma, e a implantação dos serviços em nuvem para a instituição, tanto do Google For Education, como acesso ilimitado para armazenamento de arquivos; e a outra é o pacote Office 365 do tipo A1, em que serão ofertados quase quarenta mil licenças para professores, servidores e alunos”, explicou.
O pró-reitor de Planejamento, Gestão e Transparência, Walber Lins Pontes, informou que, com o lançamento do Portal de Transparência, está sendo efetivado um compromisso da gestão em facilitar o acesso a dados e informações. “Nós temos como uma das metas da nova gestão, a transparência: abastecer a sociedade com informações confiáveis, que devem ser usadas, também, para a tomada de decisões. Então, o portal identificará onde a alocação de recursos está acontecendo e os resultados que ela está trazendo para os alunos, e estes poderão saber onde os recursos serão utilizados, com qual finalidade e o que ele trará de benefício”.
A estudante Kelle Dias, do 3º período de Comunicação Social, falou da importância do lançamento dessas plataformas. “A expectativa para esse serviço inovador aqui na Universidade é das melhores, principalmente porque o Portal de Transparência permitirá aos bolsistas terem acesso a informações sobre a alocação de recursos, e eu sei que os estudantes receberão muito bem esses novos recursos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário