terça-feira, 1 de outubro de 2019

UFMA: Restaurante Universitário serve comida estragada a alunos e funcionários, conforme denúncia


Recebemos a denúncia do Diretor de Assuntos Estudantis do Centro Acadêmico de Pedagogia Maria Firmina – Gestão Pedagogia em Ação da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Maxsuel Silva, de que a empresa privada que ganhou a licitação e assumiu a gestão do Restaurante Universitário da UFMA serviu arroz azedo na hora do almoço.



Interpelada pelo estudante, uma das responsáveis disse que não estava estragado, insistindo, colocou a bandeja para que ela sentisse o cheiro desagradável de estragado, e a mesma continuando a negar e fez “cara feia” após sentir o odor putefro.

A empresa Caleche assumiu o R.U. UFMA desde agosto de 2019 e já foi alvo de várias reclamações, desde servir carne praticamente crua, a pasmem, ser encontrada uma barata em uma das refeições, conforme amplamente divulgado em um perfil do Instagram (https://www.instagram.com/p/B2PM_40DyLq/?igshid=18k7k9bom6y7e) (https://www.instagram.com/p/B2AwtYyjpbS/?igshid=15622rfwalqcr)


Desde que a Reitora Nair Portela e o Pró Reitor João de Deus privatizaram o restaurante universitário, que pra muitos estudantes é o único lugar que oferece a refeição mais digna nesses dias corridos de trabalho e estudos acadêmicos, a qualidade da comida decaiu consideravelmente, revelando o compromisso que Nair e João de Deus tem com o desmonte da universidade!

Um comentário: