segunda-feira, 8 de julho de 2019

Gestão comunista atrapalha Flávio Dino, diz Isto É…

Revista fala sobre projeto de candidatura do governador maranhense à presidência da República, ma aponta obstáculos dentro da esquerda e, sobretudo, no PT, do ex-presidente Lula


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), teria um obstáculo político e outro administrativo para viabilizar seu projeto de candidatura presidencial em 2022.
A avaliação é da revista IstoÉ, que traz nota sobre a candidatura na edição que começou a circular no fim de semana.
O político é a resistência de setores do PT ao projeto dinista, mesmo com todos os seus gesto de reaproximação do ex-presidente Lula.
Sob a orientação lulista, os petistas preferem manter o nome do ex-prefeito Fernando Haddad.
Além da dificuldade de atrair o PT, Dino enfrenta desgaste na gestão.
Para a revista, seus cinco anos de governo não apresentaram nenhum projeto estruturante e de peso que pudesse mudar a realidade do Maranhão.
Ainda assim a revista destaca que o comunista é hoje o principal contraponto da esquerda ao governo Jair Bolsonaro (PSL).
E é no desgaste do atual presidente que o maranhense aposta nos próximos quatro anos…
Por Marco Aurelio DEça

Nenhum comentário:

Postar um comentário