domingo, 24 de fevereiro de 2019

Adriano Sarney critica loteamento do governo Flávio Dino

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) fez duras críticas ao loteamento de cargos no novo governo Flávio Dino (PCdoB).
Na reforma administrativa que concluiu na semana passada, o comunista entregou várias alas do Executivo a partidos aliados.
O parlamentar acredita que as mudanças são o pagamento de compromissos de campanha.
“Flávio Dino está honrando a conta pelo massivo apoio partidário que teve nas eleições passadas. Um acordo que a população é quem vai realmente pagar. Lotear a maioria dos órgãos públicos do Maranhão faz parte da operação dos comunistas em se perpetuarem no poder utilizando a força dos Leões, assim como foi o despejo de dinheiro público durante as eleições”, declarou.
Para ele, no caso específico da eleição de São Luís, por exemplo, a chegada de Rubens Júnior (PCdoB) à Secid pode ser o passo inicial para a viabilização da candidatura do deputado federal em 2020.
“A sinalização dos comunistas é viabilizar Rubens Júnior como candidato, usando a Secretaria das Cidades para tentar derrotar o PDT em São Luís. Uma batalha que poderá acarretar o primeiro rompimento do já inchado governo do PCdoB”, completou.
Por Gilberto Léda

Nenhum comentário:

Postar um comentário