quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Bolsonaro volta a prestigiar Sarney, desta vez em almoço com presidente da Argentina

Sarney ocupou a mesma mesa em que sentaram Bolsonaro e o vice-presidente da república, General Mourão
Na pauta do encontro entre Bolsonaro e Macri, as negociações para acordos bilaterais, além de medidas de flexibilização do Mercosul (bloco que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, uma vez que a Venezuela está suspensa momentaneamente) e a crise na Venezuela.
Também foram abordados temas como combate ao crime organizado, defesa, ciência e tecnologia, energia nuclear e dinamização do comércio.
Sarney participou do brinde presidencial que reafirmou a relação amistosa entre Brasil e Argentina
Integraram a delegação oficial da Argentina os ministros das Relações Exteriores, da Produção, da Defesa, da Fazenda, de Segurança e Justiça e dos Direitos Humanos.
Blocos
A discussão sobre o futuro do Mercosul deve incluir a alternativa da adoção de regras que permitam acordos bilaterais entre membros do grupo, outros blocos e países, sem obrigatoriamente passar pela chancela do Mercosul.
Os dois líderes devem conversar também medidas para avançar as negociações do bloco que já estavam em curso até o fim de 2018, como é o caso com a União Europeia, além de propor uma agenda interna que inclua a simplificação da estrutura tarifária, a convergência regulatória e a diminuição de barreiras internas entre países membros.
Poe Daniel Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário