domingo, 30 de setembro de 2018

Sarney Filho recebe apoio da Juventude Guerreira em Caxias, Codó e Timbiras

O sábado (29) foi de extensa agenda para o candidato ao Senado, Sarney Filho, que participou de atos onde recebeu apoio durante a manhã em Caxias e à tarde nas cidades dê Timbiras de Codó. Há uma semana do pleito, a campanha se consolida como vitoriosa em todo o estado.
“Estou cada vez mais confiante de que o povo do Maranhão está reconhecendo o trabalho que já desempenhei durante toda minha vida pública e ainda confia em mim, que sou ficha limpa, para ser seu senador, depositando em meu nome um dos seus dois votos”, explicou Sarney Filho.
Em Caxias, o candidato ao Senado participou de uma caminhada pelas ruas, seguida de um comício ao lado de candidatos a deputados estaduais e federais, a exemplo de Paulo Marinho Júnior, que é a principal referência naquela cidade.
Também estiveram no ato lideranças locais e apoiadores do também candidato Zé Gentil, que concorre a uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão este ano, sendo também um dos candidatos referência naquela cidade.
No segundo município a ser visitado no dia, Timbiras, Sarney Filho recebeu apoio de dois grandes grupos políticos locais – um liderado pelo Dr. Robson Antonio, ex-prefeito da cidade, e outro liderado pelo também ex-prefeito Chico da Foto.
“Todos sabem que nós sempre tivemos o apoio de Sarney Filho quando precisamos. No Senado, ele nos representará ainda mais, além de ajudar a governadora do Estado a fazer um mandato que beneficie todos os maranhenses sem exceção”, pontuou o Dr. Robson.
As agendas do dia finalizaram com um ato no município de Codó, onde Filho participou de uma grande caminhada nas ruas da cidade comandada pelo ex-prefeito Biné Figueiredo, também candidato a deputado estadual, encerrando com um comício, movimentado outras lideranças locais para apoiar o candidato ao Senado e companheiros de chapa. No município, Sarney Filho ainda visitou o aliado e candidato a deputado federal, Chiquinho Saae.

A conquista da democracia


Por José Sarney
Quando Tancredo Neves morreu, deixou-me com a difícil e quase impossível tarefa da transição democrática: sair do regime autoritário militar para o estado civil de direito.
Só eu sei e guardo o quanto foi difícil. O país estava dividido. Na área militar a maioria, a linha dura, era contra a abertura iniciada por Geisel e continuada por Figueiredo. Do lado civil a paisagem não era nada animadora: divisão completa entre grupos que iam da extrema esquerda, passando pelos agitadores, pelos moderados até aos adeptos da volta dos militares.
A Constituinte, por mim convocada, virou uma festa e a bacia das almas, cheia de candidatos a presidência querendo depor-me. Não foi feita com os olhos no futuro. Dela saiu a Constituição que tornou o país ingovernável, como se vê agora. Parlamentarista e presidencialista, capitalista e socialista.
Por duas vezes tive que sustenta-la: uma, quando tentou retirar das atribuições das Forças Armadas a de assegurar a ordem interna. Estivemos à beira do retrocesso. Outra, quando quiseram submeter a propriedade privada a controle social. Depois foi paralisada pela impossibilidade de se aceitar que a Comissão de Sistematização impusesse um projeto aprovado por 47 votos, que só poderia ser modificado por dois terços dos 559 constituintes. Era um golpe da esquerda radical contra a maioria. Ajudei Ulysses a superar o impasse e concluir a Constituição de 88, com o apoio de patrióticas lideranças do Congresso. Caso contrário iríamos seguir o caminho das constituintes de 1823, dissolvida, ou de 1934, que deu no Estado Novo do Getúlio.
Enfrentei 12.000 greves movidas por desestabilizar o governo e algumas vezes estivemos à beira da anarquia. Enfrentei-as democraticamente e com muita paciência.
Terminamos com o país redemocratizado
Os militares voltaram aos quartéis e integraram-se ao poder civil, síntese de todos os poderes. Pacifiquei a nação, tive eleições todos os anos, normalmente e sem traumas. Obra de engenharia política que, sob minha liderança, construiu um novo Brasil, voltado para o social, com oportunidades para todos, em que um operário, Lula, foi candidato em 89 e chegou a ser Presidente da República em 2002. Os partidos de esquerda, como o PC do B, que viviam sempre na clandestinidade, foram legalizados por mim. João Amazonas, seu fundador, transformou-se em meu amigo. O Brasil cresceu uma Argentina, 5% ao ano, 25% no período. O Brasil passou para o 6º lugar na economia mundial. Deixamos as instituições consolidadas e um país pacificado.

Fui o presidente que fez a transição democrática
O brasilianista Ronald M. Schneider, autor do clássico Latin American History: Patterns & Personalities, disse ter sido ela “a mais exitosa do mundo”, com grandes elogios a minha atuação. Tenho orgulho de ter prestado esse serviço ao meu país e a sua História. A democracia agonizante não morreu em minhas mãos, ao contrário, ressuscitou. Meu temperamento de paciência, de diálogo, de prudência e de espírito de conciliação salvou o país.
Sabe Deus o que passei. Mas, hoje, 30 anos depois, eis mais uma eleição. As instituições recriadas resistem a tudo. E os cidadãos que participam lembram-se de quem, modestamente, abriu o poço.

sábado, 29 de setembro de 2018

Justiça eleitoral confirma: Flávio Dino mentiu sobre Iema e hospitais…

Ao determinar que comunista retire do ar propaganda em que se declara autor de obras que foram feitas, na verdade, por Roseana Sarney, TRE confirma as informações já divulgadas nesta página


OBRA DE ROSEANA. Imagem já publicada neste blog confirma obra do Iema por parte de Roseana
A Justiça Eleitoral determinou ao comunista Flávio Dino (PCdoB) que retire duas propagandas do seu horário eleitoral.
A primeira trata dos Institutos de Educação, os chamados Iemas, que o comunista diz ser obra sua, mas vinha sendo questionado, inclusive por este blog. (Relembre aqui)
O TRE-MA entendeu que a informação de Flávio Dino era uma fake news; e mandou retirá-la da propagada.
– Quando o representado [Flávio Dino] afirma que a candidata representante durante toda sua gestão não fez nenhum IEMA (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão–IEMA), quer levar a crer que não foi construído por ela nenhum centro estadual de capacitação tecnológica. O que se constata que é uma inverdade, uma vez que funcionavam 13 (treze) Centros de Capacitação Tecnológica do Maranhão (CETECMAs) e 6 estavam prestes a funcionar – disse o juiz Alexandre Lopes de Abreu, em seu despacho.
A Justiça Eleitoral entendeu também ser uma notícia falsa de Flávio Dino a informação de sua propaganda, que diz que ele construiu oito hospitais macrorregionais.
Esta fake news também já havia sido desmascarada por este blog. (Releia aqui)
OBRA DE ROSEANA. O Hospital de Imperatriz também oi construído por Roseana; Flávio pintou e entregou, apenas
Em sua decisão, o juiz Alexandre Lopes de Abreu confirmou o que disse o blog e cancelou também esta propaganda comunista.
– É de conhecimento geral que os hospitais mencionados na propaganda contestada tiveram sua edificação iniciada ainda no governo anterior[por Roseana Sarney], alguns dos quais foram entregues à nova gestão em fase avançada de construção e próximos à conclusão, sendo despicienda a análise de quaisquer documentos para se alcançar esse entendimento – afirmou Alexandre Abreu.
Na propaganda de ontem, Flávio Dino continuou a usar as duas informações em sua propaganda eleitoral, descumprindo decisão judicial.
Mas deverá ser punido também por esta subversão…
Por Marco Aurélio D'Eça

Roseana arrasta multidão em Colinas

A dez dias das eleições, a candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, liderou mais um grande “Arrastão do 15”, desta vez no município de Colinas. Uma multidão caminhou e depois ouviu as propostas da ex-governadora e dos seus candidatos.
“Vou incentivar projetos para gerar empregos, retomar os programas sociais, recuperar a saúde que está  abandonada. Vou fazer o que for preciso em defesa do povo sofrido e perseguido do meu estado”, afirmou Roseana, ao lado do candidato ao Senado, Edison Lobão.
Lideranças políticas de peso de Colinas e da região do Sertão Maranhense subiram nocaminhão-palanque para confirmar apoio e engajamento na campanha da candidata da coligação “Maranhão quer mais”. Entre elas, o ex-prefeito Antônio Carlos Oliveira, os vereadores Filomeno Claiton, Gonçalo Neto, Stênio Madeira, Sâmia Madeira e Cícero Carteiro; a deputada estadual Nina Melo e os candidatos Arnaldo Melo, Edilazio Júnior, Bárbara Soeiro e Aluisio Mendes.
“Para o Maranhão sair do atoleiro. Vamos lutar por cada voto até a vitória de Roseana. Somente ela pode retirar esse governo comunista que só sabe perseguir”, disse o ex-prefeito  Antônio Carlos.
O “Arrastão do 15” teve início por volta das 17h com concentração no Baixão Caema, onde centenas de pessoas formaram um cordão humano até a rua Macedo Filho. De lá a multidão caminhou com Roseana até o local do comício.
Antes de chegarem a Colinas, Roseana e comitiva visitaram o Hospital Maternidade Humberto Coutinho, que foi inaugurado com recursos deixados por sua gestão. “Só vieram inaugurar, mas quem deixou o projeto e o dinheiro foi Roseana”, informou o vereador Gonçalo Neto. “Vou fazer com que essa maternidade funcione para todos”, concluiu Roseana.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

PACTO PELA UFMA: A Universidade que temos e a que queremos ser!

Na tarde de ontem (27), professores, estudantes e técnicos administrativos reuniram na sala de projetos especiais da Vice-Reitoria com a presença do Vice-Reitor, Prof. Dr. Fernando Carvalho e do e do ilustre ex-reitor da Ufma, Prof. Dr. Natalino Salgado, onde apresentaram uma proposta de criação do movimento "Pacto pela UFMA".

Trata-se de um movimento de iniciativa da comunidade acadêmica e de entidades da sociedade civil que objetiva realizar debates e discussões sobre a Universidade para os próximos anos. Na oportunidade estiveram presentes representantes de diversos setores da instituição tanto da Capital, como do Continente, além de representantes de sindicatos de servidores docentes e técnicos administrativos, que com um tom de insatisfação, revelaram muitos problemas que estão enfrentando na UFMA nos dias atuais, a exemplo do sucateamento da estrutura física, falta de insumos para laboratórios, além de outras questões que estão impactando a qualidade das atividades acadêmicas.

Entre outros aspectos debatidos, ficou decidida a realização de um evento de lançamento do “Pacto pela UFMA” para o final do mês de outubro, com o objetivo de congregar a comunidade acadêmica e a sociedade em geral em torno deste movimento. Além disso, o “Pacto pela UFMA” percorrerá os campi do continente no mês de novembro, com o intuito de debater o projeto "A Universidade que temos e a Universidade que queremos ser".

Saiba +


O “Pacto pela UFMA” congrega diversas instituições como sindicatos, organizações não governamentais, associações da Universidade e de bairros do entorno, além de representantes da sociedade civil organizada no Maranhão. Ele está estruturado em 8 eixos de discussão, com destaque para Internacionalização; Graduação; Pesquisa, Pós-graduação e Inovação; Extensão; Relações Institucionais; Infraestrutura; e Gestão e modernização. A ideia é que a comunidade acadêmica se mobilize e ingresse nos Grupos de Trabalhos relacionados com cada eixo temático e democratize a discussão em torno de uma UFMA para o futuro.

Por Pacto Pela UFMA

Flávio Dino menospreza Imperatriz, diz prefeito Assis Ramos

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (MDB), denunciou o descaso do governador Flávio Dino (PCdoB) em relação ao município. Dentre os exemplos da negligência do comunista para com a segunda maior cidade do Maranhão, ele cita a não construção de um centro de hemodiálise para atender pacientes renais crônicos, apesar de a sua antecessora, Roseana Sarney, ter deixado dinheiro em caixa para a execução da obra.
Outra prova do menosprezo de Flávio Dino a Imperatriz, segundo o prefeito, foi a não indicação de um político da região para compor como vice na chapa governista, ao contrário do que fez Roseana, que tem como companheiro de chapa o empresário imperatrizense Ribinha. “Flávio Dino obteve 87% do total de votos em Imperatriz, em 2017. Ainda assim, age com desprezo para com a cidade”, queixou-se Assis Ramos.
Assista ao vídeo:

Roseana abraçada pelo povo em Grajaú

Uma multidão acompanhou a candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, no início da noite desta quinta-feira (27), no município de Grajaú, em mais um “Arrastão do 15”. Uma verdadeira festa democrática com a participação de jovens, idosos, casais, comunidades indígenas que, juntos com lideranças políticas locais, pediam o retorno da ex-governadora ao Palácio dos Leões.
Com bandeiras, cantando a música da guerreira, os participantes promoveram um legítimo “carnaval democrático” em Grajaú. Roseana recebia o carinho dos populares e retribuía com acenos, beijos e abraços. Ela foi, literalmente, abraçada pelo povo e levada até o grande comício.
“Quero ser eleita para ver esse povo feliz de novo, sem perseguição, tendo orgulho de ser maranhense. Está chegando o momento  do Maranhão voltar a crescer”, afirmou Roseana, ao lado do candidato a vice-governador, Ribinha Cunha.
O candidato ao Senado da coligação “Maranhão quer mais”, Edison Lobão; o prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, e o ex-prefeito Milton Gomes; os candidatos a deputados Marcial Lima, Arnaldo Melo, Victor Mendes, João Marcelo também marcaram presença no palanque montado na rua Tiradentes, depois de participarem com Roseana de uma caminhada que teve início na praça Antônio Feitosa.
“Obrigado a todos que atenderam o nosso convite para fazer esta grande festa para Roseana, que trouxe vários benefícios para Grajaú e Região. Vamos à vitória com ela”, enfatizou Mercial Arruda. “Com Roseana resgataremos nossos programas para desenvolver mais uma vez o nosso estado”, acrescentou Milton Gomes.
Também marcaram presença na caminhada e comício vários representantes de comunidades indígenas. “Roseana fez e lutou pelos índios maranhenses. Sempre visitava nossas lideranças. Volta Roseana”, disse Assis Guajajaras, da Aldeia Ipu.

Weverton Rocha recebeu R$6 milhões para deixar de apoiar Ciro Gomes

A revista IstoÉ desta semana, revela um esquema milionário envolvendo o deputado “mensaleiro” Waldemar da Costa Neto (PR) e o candidato ao Senado, Weverton Rocha (PDT). De acordo com a reportagem, o presidente do PDT no Maranhão recebeu R$6 milhões para deixar de apoiar a candidatura de Ciro Gomes (PDT) e fortalecer o nome de Fernando Haddad (PT), na disputa presidencial no Maranhão.
Ainda estiveram envolvidos na operação, o deputado José Guimarães (PT), que teve um assessor preso com dólares na cueca e o o ex-ministro Maurício Quintella, considerado como operador de Waldemar da Costa Neto e o também ex-ministro Gilberto Carvalho.
Eles foram responsáveis, de acordo a revista IstoÉ por garantir a transferência de R$6 milhões para a campanha de Weverton Rocha ao Senado Federal. “Faça chegar dinheiro à campanha de Weverton Rocha”, disse Gilberto Carvalho a Waldemar da Costa Neto. O deputado mensaleiro, conforme informações colhidas por Lula da prisão, precisava de R$ 6 milhões para deslanchar sua campanha.
Conforme apurou ISTOÉ, um avião experimental Cirrus, da Vokan Seguros, a serviço da empreiteira CLC (Construtora Luiz Carlos), foi quem cuidou do transporte do dinheiro do Ceará com destino a São Luis. A CLC faz um trecho da BR-222, na região de Sobral (CE), uma obra do Ministério dos Transportes. No trajeto, percorrido no dia 14 de setembro, uma quase-tragédia: o avião acabou caindo com o dinheiro a bordo na cidade de Boa Viagem. Os recursos eram escoltados por um policial. Com o acidente, outros agentes foram ao local imaginando que a aeronave pudesse transportar drogas. Coube ao policial a bordo do Cirrus a tarefa de tranquilizar os colegas, dizendo-lhes que não se preocupassem com a ocorrência, pois ninguém havia ficado ferido. O dinheiro, contudo, chegou ao destinatário final, cumprindo os desígnios de Lula: a campanha do pedetista Weverton – convertido a empedernido cabo eleitoral de Haddad.
Na campanha eleitoral do Maranhão, Weverton Rocha utiliza Fernando Haddad na sua propaganda eleitoral na Tv e no rádio, assim como o material gráfico.
Por Diego Emir

Lula quer Haddad com Roseana Sarney…

Entre os bilhetes – manuscritos e não digitados – divulgados pela revista IstoÉ, que está nas bancas, há um recado direto do ex-presidente, dizendo que quer a família da ex-governadora Roseana no apoio ao seu candidato



COM TODOS NO MARANHÃO. a capa de IstoÉ com a ilustração dos recados a Dino e aos Sarney: projeto Haddad
Reportagem da revista IstoÉ, que começa a circular nesta sexta-feira, 28, traz uma série de bilhetes manuscritos do ex-presidente Lula, com recados para a arregimentação da campanha do petista Fernando Haddad.
Entre outras coisas, os bilhetes confirmam abordagem deste blog e reforça a suspeita de que a suposta carta assinada por Lula em favor de Flávio Dino (PCdoB) – digitada e não manuscrita – é, de fato, forjada pelos comunistas. (Entenda aqui)
Um dos bilhetes – manuscrito e não digitado – tem um recado direto para o grupo da ex-governadora Roseana Sarney.
– Quero a família Sarney na campanha de Haddad – determina Lula, segundo a IstoÉ.
Outro trecho da reportagem mostra um Lula chateado com o apoio do governador Flávio Dino a Ciro Gomes, com um recado direto ao comunista:“Dino tem que deixar de apoiar Ciro”.

REFORÇANDO A CAMPANHA. Lula pede aos seus mensageiros que encaminhem recursos à campanha de Weverton Rocha, principal nome do PDT
Até mesmo o deputado pedetista Weverton Rocha foi lembrado pelo ex-presidente, que, segundo a revista,  encaminhou recursos para a campanha dele ao Senado.
Em troca, Rocha também passaria a apoiar Haddad.
De acordo com a revista IstoÉ, o objetivo de Lula é reforçar as posições de Haddad no Nordeste, com apoio das principais lideranças da região, a fim de contrapor o potencial dos adversários no Sul do país.
A revista IstoÉ está nas bancas desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira…
Por Marco Aurélio D'Eça

Sarney Filho é alvo de fake news!

Marco Aurélio de Oliveira é proprietário do Maranhão da Gente. Nomenclatura no sistema da SJ/DF foi utilizada para desinformar eleitores sobre o candidato ao Senado pelo PV


O deputado federal Sarney Filho (PV), candidato ao Senado apontado pela Ibope e RealTime BigData como eleito em uma das duas vagas a que o Maranhão tem direito neste pleito, virou alvo de fake news, as chamadas notícias falsas, criada com a intenção clara de desequilibrar a corrida eleitoral.
Após usar o tempo de rádio e televisão para orientar o eleitor a pesquisar sobre a vida dos políticos na internet e votar para o Senado Federal em quem é ficha limpa e que não seja réu em casos envolvendo corrupção, o parlamentar foi transformado em réu, no sentido de pessoa que efetivamente responde a uma denúncia já aceita pela Justiça, em notícia publicada originalmente no blog do jornalista Raimundo Garrone, e replicada em diversos sites editorialmente ligados ao Palácio dos Leões.
Um desses sites é o Maranhão da Gente, que já teve como proprietária a ex-assessora especial do governador Flávio Dino, Aline Louise, mas que atualmente está registrado no nome do secretário-adjunto de Marketing da Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, Marco Aurélio Pereira de Oliveira — figura conhecida nas redes sociais por, durante a campanha eleitoral anterior para o governo estadual, utilizar um perfil apócrifo no Twitter para vilipendiar adversários do governador Flávio Dino (PCdoB) e promover o comunista.
A confirmação de que a notícia sobre Sarney Filho trata-se de desonestidade intelectual foi feita pelo ATUAL7 em checagem no site da Seção Judiciária do Distrito Federal no Tribunal Regional Federal (TRF) da 1.ª Região, utilizado pelo autor e replicadores da fake news como fonte de informação. Num dos sites, registrado como Marrapá, foi inserido até mesmo uma nova desinformação, e bronca, que não consta na publicação de Garrone: de que o autor da ação popular seria o Ministério Público Federal (MPF).
Segundo a notícia falsa, Sarney Filho seria réu, no sentido apontado numa das fake news como “velho político profissional corrupto”, numa ação popular pela simples razão do sistema processual da SJ/DF assim o indicar nas partes do processo. Apenas esse trecho, segundo todas as publicações, foi utilizado como fonte para a desinformação.
Ocorre que o próprio sistema processual da Justiça Federal do Distrito Federal, na mesma consulta à ação popular em questão, mostra na abas Movimentação, Publicações e Inteiro Teor trechos de descrições, despachos, ato ordinário e decisão que certificam que a licitação questionada sequer ocorreu, e ainda que o pedido liminar sequer foi apreciado.
Como houve perda do objeto da ação em razão da revogação do pregão, segundo informa a Advocacia-Geral da União (AGU) em manifestação em que pede a extinção da ação popular, embora o processo ainda não tenha sido encerrado, Sarney Filho figura na ação popular apenas como requerido, já que não chegou a ser denunciado e por isso não pode figurar como réu no sentido de quem já teve a ação aceita como procedente, e que por isso irá suportar os efeitos oriundos de eventual sentença.

Para efeito de maior esclarecimento, o ATUAL7 levantou no sistema processual do Ministério Público do Maranhão e do Tribunal de Justiça do Maranhão a ação popular n.º 0829280-34.2017.8.10.0001, mesmo tipo de ato processual do que Sarney Filho é alvo, em que o governador Flávio Dino também é demandado como réu.
No caso, se opositores quisessem agir na mesma desonestidade intelectual, o mesmo tipo de desinformação também poderia ser utilizada contra o comunista, utilizando o processo que corre na Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, por suposta violação à probidade administrativa.
A fake news, porém, também seria derrubada após checagem do ATUAL7 ou outro site de jornalismo profissional, inclusive utilizando como base principal o fato de que, assim como Sarney Filho, Flávio Dino possui em suas certidões apresentadas à Justiça Eleitoral, para efeito de registro de candidatura, a informação de nada consta.
Por Atual7

Lobão tem orgulho em ser maranhense!


O senador Edison Lobão participou, ao lado de Roseana e Sarney Filho, de caminhadas seguidas de comícios. E recebem apoio de lideranças locais em dois municípios, conhecidos por suas riquezas naturais e culturais no Maranhão, nesta quarta (26).
Em Pirapemas, cidade berço dos escritores famosos Viriato Corrêa e João Francisco Lisboa. Já em Morros, município conhecido pela boa “juçara” e um dos bumba-bois de destaque no Estado. Lobão relembrou a importância da cultura maranhense no cenário nacional, e que sente orgulho de ser maranhense.
“Estar ao lado do povo, em cidades tão importantes culturalmente falando para o nosso Estado, é um imenso prazer. Eu tenho orgulho em ser maranhense e a cultura maranhense é uma das mais bonitas do Brasil. E Roseana tem que voltar ao governo para continuar investindo em nossa cultura, que ficou esquecida nos últimos anos. Porque a cultura é a história e os costumes do povo. E a causa do povo é a minha também”, declarou Lobão em seu discurso, emocionado.
Lobão agradeceu a todos que estão acompanhando sua jornada durante esta campanha, às lideranças locais e a toda a população que os receberam com tanta alegria num momento importante e decisivo para o futuro de todos os maranhenses.
Por Caio Hostílio

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Flávio Dino pinta com suas cores os prédios e se apropria de obras de Roseana…


Então, pintar os prédios públicos com as suas cores lhe dá o direito de se apropriar de obras alheias? Então, mudar os nomes dos órgãos lhe dá o direito de se apropriar de feitos alheios?
Mesmo se apropriando dos feitos da ex-gestão, Flávio Dino não explica os porquês que levou a fechar os hospitais de 20 leitos, tirarem a complexidade de vários outros hospitais, não terminar os Centros de Hemodiálises mesmo com a verba alocada.
Aí diz que não excluiu os programas sociais, tais como o Viva Luz, Viva água, o primeiro emprego e o programa do leite… E quem de sua gestão excluiu esses programas sem sua autorização?
Fala que construiu 8 unidades hospitalares… Quais? Todos sabem que quem construiu os hospitais foi Roseana e deixou em caixa os recursos suficientes para terminar os demais…
Aí fala dos lemas, porém só mudou o nome dos antigos Cetectmas, cuja ex-gestão deixou 19 prontinhos.
Mas cadê as obras estruturantes do governo Flávio Dino? NENHUMA!!!
O que Flávio Dino fez por conta de sua gestão foi aumentar e muito a dívida do Estado, com empréstimos mirabolantes, fechar pequenos e médios empreendimentos com sua perversa alíquota do ICMS, que só favoreceu o Mateus, que se tornou um monopólio, e tomou muita moto e veículos.
Viver no mundo da fantasia e da mentira é para a Ilha da Fantasia…
Por Caio Hostílio

Receio de 2º turno faz Dino sacar foto com o Papa e carta digitada de Lula

Receio de 2º turno faz Dino sacar foto com o Papa e carta digitada de Lula
Apesar de comemorar em peças de campanha a possibilidade de vitória nas urnas logo no 1.º turno, inclusive com gráfico confirmado pela Justiça Eleitoral como distorcido, o governador Flávio Dino (PCdoB) deu demonstração nos últimos dias que teme que a eleição para o comando do Palácio dos Leões acabe sendo decidida mesmo somente no 2.º turno.
Segundo a pesquisa RealTime BigData MA-04462/018, se esse cenário se confirmar, a tendência é que a disputa seja entre ele e Roseana Sarney (MDB).
Desde a semana passada, Dino passou a veicular na propaganda na televisão uma imagem em que ele aparece ao lado do Papa Francisco, líder da Igreja Católica Apostólica Romana. A imagem foi registrada em 2013, durante a Jornada Mundial da Juventude, num encontro com o Santo Padre, quando o comunista ocupou a presidência da Embratur sob a benção de José Sarney — atualmente, por conveniência política, seu principal adversário e de seu partido, que até já foi da base de Roseana.
No trecho do vídeo em que a foto aparece, a imagem do Papa é utilizada para fazer um separação entre políticos corruptos e políticos decentes — sendo Dino, segundo a peça, esse último tipo, embora logo depois seja utilizada uma fake news.
Curiosamente, inclusive, a imagem de São Francisco de Assis, feita por Hélio Petrus, artista mineiro, e utilizada por Dino para se aproximar do Papa, alegando a entrega da obra sacra, não aparece na propaganda eleitoral. Ainda não há confirmação se o Vaticano autorizou o uso eleitoral da imagem do Santo Padre para a tentativa de promoção pessoal do comunista.
Já nas redes sociais, nessa quarta-feira 26, Flávio Dino publicou uma suposta carta de apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Diferentemente de cartas divulgadas pelo próprio petista em suas redes sociais, sempre feitas de próprio punho, as declarações que estão sendo atribuídas como dele aparecem digitadas e imprensas — o que já aponta que, por Lula, não houve escrita. Há apenas, no final do documento, um pequeno manuscrito de despedida, com o que seria a assinatura digital do ex-presidente.
Por Atual7

Lobão visitará 10 municípios nos próximos três dias


Lobão em gesto de carinho com Roseana em palanque durante comício em Imperatriz

O senador Edison Lobão (MDB) visitará 10 municípios nos próximos três dias, em mais uma etapa da sua campanha à reeleição. O candidato, que vem demonstrando impressionante disposição e popularidade incontestável, segue firme na corrida rumo à renovação de mais um mandato.
Nessa quinta-feira (27), Lobão visitará as cidades de Santa Luzia, Arame e Grajaú. Sexta-feira, ele será recepcionado em São João dos Patos, Colinas e São Domingos. Sábado (29), ele participará de atos políticos nos municípios de Presidente Dutra, Caxias, Timbiras e Codó.
Confira a agenda completa de Lobão de amanhã até sábado:

Roseana recebe apoio de lideranças em Morros

Na reta final de campanha do primeiro turno, a candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, recebeu nesta quarta-feira (26) importantes apoios de ex-prefeitos e lideranças políticas em Morros. Durante o encontro, na praça São Bernardo, a ex-governadora falou de suas propostas de governo acompanhada dos candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, depois de ser recepcionada por um grande número de pessoas a pé, de motos e carros.
“Estou muito feliz por este apoio dos ex-prefeitos e lideranças da Região do Munim, neste momento da campanha. Vamos em frente juntos com vocês até a vitória”, disse a candidata a governadora pela coligação “Maranhão quer mais”.
Os ex-prefeitos de Morros Ribamar Lopes, César Roberto Araújo, Silvana Malheiros e Zé Neves reforçaram o compromisso e o empenho de trabalhar para levar Roseana à vitória no dia 7 de Outubro. “Foi a única governadora que trabalhou pelo nosso município”, destacou César Araújo. “Aqui em Morros Roseana construiu hospital, estrada, o Cras, trouxe os programas sociais. Morros deve o nosso voto à guerreira”, afirmou a ex-prefeita Silvana Malheiros.
Outras lideranças comunitárias e políticas falaram da falta que faz Roseana no Governo do Maranhão. Entre eles, o ex-prefeito Fabiano Lopes, a prefeita de Rosário, Irlair  Moraes, e os líderes Agnaldo, Wilson Henrique, Adriano Marques, Carlinho Neves, Elenilson e Hildemar Sousa.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Lobão e Sarney Filho são recebidos pela juventude

Em grande Plenária da Juventude, Sarney Filho e Lobão foram recebidos por jovens universitários, secundaristas e por lideranças comunitárias  

Presentes à uma grande plenária da juventude que reuniu estudantes universitários, secundaristas e lideranças comunitárias de várias regiões da Ilha do Maranhão, os senadores Edison Lobão Filho e o deputado federal Sarney Filho, explanaram suas ideias e propostas para os mais de 300 líderes presentes, o evento foi realizado pela Juventude Guerreira.

Sarney Filho que é candidato ao Senado, proferiu seus importantes projetos para a juventude beneficiando em ações efetivas quando esteve ministro de Meio Ambiente por duas vezes. Falou também da importância da prevenção ao meio ambiente e suas relações com o aquecimento global.


“Sinto-me muito feliz em reunir com a juventude de meu estado, não apenas para fazer propostas, mas, para falar o que muito já fiz aos maranhenses, quando da minha passagem por duas vezes como Ministro de Meio Ambiente”, afirmou Sarney Filho.


Ele falou também da importância de ter um Senador experiente no Senado Federal, que conheça os meandros de Brasília para garantir importantes investimentos ao Maranhão.

O Senador Edison Lobão Filho, falou para a plenária de jovens e disse que o seu sentimento sempre foi o de trazer investimentos ao estado, ele afirmou que no Senado os importantes projetos de desenvolvimento do estado sempre foram aprovados pelo seu pai, que garantiu o programa ‘Luz para Todos’ que levou luz para todas as famílias maranhenses, foi o criador de lei de apoio a reestruturação ao ajuste fiscal dos estados, criou mecanismos para compensar perdas de receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério - FUNDEF. 

Ele falou também da importância de garantir uma profissionalização aos jovens.

“Nós temos a oportunidade de mudar tudo o que está aí, de quem prometeu fazer uma revolução no Maranhão e trouxe desemprego, aumento na conta de energia, apreensão de veículos, que acabou com o ‘Primeiro Emprego’ o Viva Luz e muitos outros importantes programas sociais deixados por nós”, afirmou o Senador Edison Lobão Filho.

Os dois candidatos ao Senado disseram que recebem com muita alegria a demonstração de entusiasmo da juventude em torno de suas candidaturas.

Por Filipe Mota