terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

BALSAS EM ESTADO DE CALAMIDADE!


Vergonha de gestão pública na Cidade de Balsas-MA,a desculpa do prefeito era que o antigo governo nao o apoiava nas suas ações e assim não tinha verba pra fazer os projetos no qual havia pensado pra sua tão querida cidade.

Se aos que ele ama ele da esse tratamento, imagine aos que ele despreza?!!!

"Moradores ficam sem água, pedem ajuda para SAAE e eles resolvem o problema da falta de água, mas, deixam buraco na Rua e entregam obra a população dessa forma."


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

PREPARADOS PARA O CARNAVAL? A SEMUS SIM!

Prefeitura garante atendimento de urgência e emergência no Carnaval

Da Redação
Agência São Luis

A Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado firmaram uma parceria para garantir o atendimento de urgência e emergência à população, durante o Carnaval. Como resultado da parceria será montado, pelas secretarias estadual e municipal de Saúde, um hospital de campanha que vai funcionar na Passarela do Samba, no Anel Viário, a partir desta quinta-feira (12), para atender às ocorrências do Circuito da Folia.
A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe diz que as estatísticas de anos anteriores mostram que durante as festas de Momo o número de atendimentos duplica e, por isso, é indispensável reforçar as escalas de plantão e aumentar o número de profissionais. "O Prefeito Edivaldo determinou que toda a estrutura seja reforçada para assegurar que as pessoas que necessitarem de atendimento de urgência e emergência durante o Carnaval possam contar com os serviços da rede municipal. Estamos trabalhando de forma articulada", disse.
O hospital de campanha da Passarela vai realizar o primeiro atendimento de todas as ocorrências e, de acordo com a gravidade, o paciente será referenciado imediatamente para outras unidades. Os Socorrões serão referências para os casos graves, de média e alta complexidade. As ocorrências de menor relevância clínica serão encaminhadas para as UPAs, Unidades Mistas e Prontos Socorros. Para assegurar o atendimento pré-hospitalar e a remoção de pacientes, a população vai contar com o Samu, que terá uma frota de 15 ambulâncias funcionando regularmente.
A Superintendente de Assistência à Rede da Secretaria Municipal de Saúde, Sabrina Furtado Cunha, explica que o hospital de campanha está totalmente equipado e vai contar com equipes multiprofissionais, além do suporte da rede de urgência e emergência, que estará de plantão 24 horas.
"Toda a estrutura foi bem planejada e vai funcionar tendo como base o sistema de classificação de risco de paciente, para garantir o atendimento de toda a demanda com eficiência, agilidade e de forma humanizada", disse.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Prefeitura intensifica fiscalização em estabelecimentos farmacêuticos.


O trabalho, que ocorrerá até a próxima sexta-feira (13), visa coibir os abusos e irregularidades cometidos por esses estabelecimentos
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), e com o apoio da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon) e do Conselho Regional de Farmácia, está intensificando as fiscalizações a farmácias da capital maranhense. O trabalho, que ocorrerá até a próxima sexta-feira (13), visa coibir os abusos e irregularidades cometidos por esses estabelecimentos.
De acordo com a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a fiscalização reforça o trabalho da Prefeitura no zelo pela qualidade dos produtos comercializados em farmácias. "É uma determinação direta do prefeito Edivaldo que reforcemos as ações para garantir o efetivo controle sanitário dos medicamentos que a população consome, minimizando os riscos à saúde", disse.
Nesta terça-feira, dez farmácias foram vistoriadas no que se refere a aspectos como a estrutura física, a qualidade dos produtos e as condições gerais de funcionamento dos estabelecimentos. Entre as irregularidades encontradas pela fiscalização estavam a falta de alvará sanitário atualizado (documento, renovado anualmente, que comprova que o estabelecimento segue aos padrões de higiene e limpeza) e a comercialização de medicamentos fracionados. As irregularidades vão desde notificação até interdição da farmácia.
Os proprietários de farmácias e drogarias que estejam irregulares junto ao poder público devem procurar a sede da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, localizada na Avenida dos Franceses, bairro Alemanha (em frente ao Hospital da Criança). "Nestes casos, os gestores da Vigilância vão orientar estes donos de estabelecimentos para que se adequem às normas legais o quanto antes", disse.
A dona-de-casa Maria Aparecida Souza, de 35 anos, que ia adquirir medicamento em um dos locais fiscalizados elogiou a ação do Município e entidades parceiras. "É importante que as autoridades tenham essa preocupação, porque a gente se sente mais segura, ao comprar um medicamento", afirmou.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

COMPARTILHE...“Está ao nosso alcance”

Por Fundação do Câncer

O Dia Mundial Contra o Câncer, celebrado pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC) em 4 de fevereiro, será lembrado ao longo de uma semana na rede social da Fundação do Câncer. Desde o dia 28 de janeiro, a Fundação divulga o tema da campanha em 2015 - “Está ao nosso alcance” - para levar a seus mais de 165 mil seguidores no Facebook uma abordagem positiva e proativa da luta contra a doença. 
“A proposta da campanha este ano é ressaltar que existem soluções para o controle do câncer, e que elas estão ao nosso alcance. Estamos compartilhando informações nos quatro eixos de abordagem sugeridos pela UICC, que visam à conscientização para a escolha de uma vida saudável, à detecção precoce e ao tratamento efetivos para todos, e à melhoria da qualidade de vida”, explica Claudia Gomes, gerente de Marketing e Captação da Fundação do Câncer. 
Fundada em 1933 e com sede em Genebra, na Suíça, a UICC é a maior organização de luta contra o câncer, com mais de 760 organizações participantes em 155 países. A Fundação do Câncer é membro da UICC desde 2008. O objetivo dessa rede de cooperação internacional é promover ações que resultem na queda da incidência do câncer no mundo. 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

E lá vamos nós....Quanta hipocrisia!

MARANHÃO GOVERNABILIDADE:  SECRETARIA DE JUVENTUDE EXISTE SÓ NO PAPEL

Por: Ilha Rebelde

ANB Online


 Secretária fantasma?


 Nas estatísticas que apontam o Maranhão e a Grande São Luís como como violentos e de alta periculosidade a presença da Juventude chama atenção pelos crimes que vem protagonizando em meio a total ausência de políticas públicas por parte do Governo.

Em sua maioria adolescentes ou jovens com até 30 anos,  a participação reincidente de pessoas com o perfil ainda em formação é gritante nos registros de ocorrências diárias das cidades maranhenses. Na Região Metropolitana, uma quase-regra.

Tatiana com Flávio: 'heroísmo' que ainda não contemplou a Juventude do Maranhão
A triste realidade denuncia a inércia e a inoperância da Secretaria de Juventude do Governo do Maranhão que, a bem da verdade, sempre existiu só no papel. Nas administrações passadas e na atual. Até hoje, a titular da Pasta, Tatiana Pereira ainda não mostrou a que veio.

A acomodação com a falta de funcionalidade da Pasta é histórica. Vista como cabide de empregos e no organograma administrativo somente ali para constar, a Secretaria de Juventude é um elefante branco que vem custando caro ao bolso do contribuinte e  aos cofres públicos sem, contudo,  apresentar a contrapartida desejada.

Funcionando com a lógica de fóruns e eventos pífios na sua esfera interna, os integrantes da Pasta, incluindo sua titular, ainda não se deram conta da estrutural missão que tem pela frente. Ou, como afirmam fontes ligadas a Tatiana Pereira, estão perdidos sem saber o que fazer ou por onde começar.

NADA APRESENTAR A secretária de Juventude do Estado,Tatiana Pereira segue o metier das gestões passadas; Juventude maranhense está cada dia mais abandonada
O fato é que no centro da questão preocupante, os jovens maranhenses estão cada vez mais vulneráveis e cooptados pelas organizações criminosas no velho jargão  ‘onde o Estado se omite  o crime domina’. Mas não se trata só de omissão.  A postura da Secretaria aponta para a falta de compromisso com o Setor. Indica que já lhe basta a inserção dos créditos no portal do Governo do Estado.  Assim, sem se sentir na obrigação de nada fazer.

Nos municípios e pelas ruas dos bairros de São Luís, a paisagem de descaso e abandono da Juventude salta aos olhos. Não se veem projetos, medidas ou programas sociais anunciados pela Pasta que segue engessada mesmo recebendo milhões mensais para investir no Seguimento.

Por outro lado a defesa de certo ‘heroísmo’ de secretários do governador suplanta toda e qualquer intenção de se  usar a pragmática e a realidade para cair em campo e reverter o quadro assombroso que vem se perpetuando. Numa situação cômoda, a titular da Juventude e auxiliares seguem os frios protocolos de sempre na repetição de seus antecessores. Enquanto isso, a Juventude do Estado sobrevive cada vez mais desamparada, na ociosidade e sem oportunidades. 

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Farra nos cargos públicos do Governo Flavio Dino, até envolvida em escândalos tem seu lugar garantido!


Por: Atual7
A farra de distribuição de cargos públicos no governo Flávio Dino privilegiou uma das investigadas na Operação Geist da Polícia Federal por participação no esquema fraudulento denunciado pelo programa Fantástico, da Rede Globo, no quadro 'Cadê o dinheiro que estava aqui?'.

Trata-se da ex-secretária de Assistência Social de Tuntum, Daniella Jadão Meneses Cunha, esposa do prefeito do município, Cleomar Tema, um dos 104 presos pela PF, em 2007, na Operação Rapina, uma das maiores operações no país contra desvio de dinheiro público.

Emplacada no governo comunista como diretora geral do Hospital de Urgência e Emergência de Presidente Dutra, Daniella Jadão manteve contratos, durante sua passagem na administração do esposo, com a empresa de fachada A4 Serviços e Entretenimento Ltda, denunciada no Fantástico pelo desvio de milhões dos cofres públicos em dezenas de prefeituras do Maranhão, por meio de contratos para alugueis de carros e máquinas.

De acordo investigações da PF, Controladoria Geral da União (CGU), Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público (MP), a A4 era usada pelos gestores municipais para o fornecimento de notas fiscais frias.

Além de recursos federais, a empresa contratada por Daniella Jadão desviou ainda verba do Tesouro estadual e dos municípios participantes do esquema criminoso.
Enquanto isso, Flávio Dino brinca de governar e enche o palácio dos leões com ratos. Aqueles que como ratos que roubam as panelas abertas eles roubam o tesouro do estado!