quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Semus no combate a Hanseníase!

Por Agência São Luis


A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou na manhã desta quarta-feira (28) na Praça Deodoro, ações de conscientização para o controle da hanseníase. As atividades, desenvolvidas por técnicos da Semus, incluíram palestras, consultas e exames para diagnosticar a doença. Durante a mobilização, que marcou a programação da Semus pelo Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase, foram feitos mais de 200 atendimentos. Na administração do prefeito Edivaldo, a secretaria tem intensificado as ações de combate a doença, com a implantação do Programa de prevenção à Hanseníase nas Unidades Básicas de Saúde.

A hanseníase é uma doença causada por bactéria e atinge especialmente a pele e os nervos. Pode ocorrer em homens e mulheres e até em jovens. A coordenadora do Programa de Controle da Hanseníase da Semus, Delma Brito, destacou que a prevenção ainda é a melhor forma de evitar a doença. "Trata-se de uma enfermidade grave, porém com tratamento disponível na rede pública da cidade. É muito importante que o cidadão se previna e, a qualquer possível sinal da doença, procure o posto de saúde para os procedimentos clínicos", disse.Entre os sintomas mais comuns da doença está o aparecimento de manchas na pele e perda da sensibilidade. O auxiliar de Serviços Gerais, Dionísio Barbosa, morador do bairro Coroadinho, esteve na Praça Deodoro e se submeteu ao exame para saber se tem hanseníase. "Há alguns meses, começou a aparecer uma mancha na minha perna. Agora está nascendo outra. Como estava aqui no Centro, decidi parar para saber se tenho a doença", disse.

Dados da Semus apontam que ano passado foram diagnosticados na capital maranhense 482 casos de hanseníase, índice inferior ao registrado em 2013, quando 569 casos foram confirmados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário